Mercado de moda online: o que é preciso para se destacar?
As Integrações Que Fizeram Toda A Diferença: Conheça A Netlab

Evolução digital: o que é e por que importa para o empreendedor?

Publicado em: • Última Atualização:

Não é de hoje que as empresas procuram usar a tecnologia para otimizar processos e, claro, obter melhores resultados. No Brasil de hoje, com a transformação digital e a popularidade da internet mudando hábitos de consumo, essa estratégia está ainda mais em voga.

Mas será que você sabe quanto exatamente sua empresa tem ganhado com a adoção de novas tecnologias? E se ela abraçasse novas oportunidades, investindo mais em TI? Para fazer esse tipo de análise, você precisa, antes de mais nada, saber qual o grau de evolução digital do seu negócio. Continue lendo para entender melhor!

A apresentação da tal da evolução digital

O conceito de evolução tecnológica foi criado para investigar países que conseguem desenvolver uma boa infraestrutura digital e, assim, melhorar as condições de atuação das empresas locais — sejam elas físicas ou virtuais.

A maior pesquisa sobre o tema é feita anualmente pela Mastercard em parceria com a Fletcher School da Universidade Tufts, nos Estados Unidos. O estudo leva em conta dados de mais de 60 países, considerando fatores como acesso da população à internet, demanda de tecnologia do público, investimentos em inovação e até o clima institucional — se há leis ou diretrizes que beneficiam ou prejudicam o avanço tecnológico nas corporações.

Com essas informações, os pesquisadores criam o Índice de Evolução Tecnológica, avaliando países de acordo com suas colocações. No estudo de 2017, o Brasil foi considerado emergente, já que não conta com infraestrutura tecnológica de ponta instalada, embora tenha enorme potencial de crescimento.

A evolução tecnológica e o mercado global

O estudo da evolução tecnológica baseado em índices (como feito pela Mastercard e Fletcher School) é importante para mostrar o grau de competitividade dos empreendedores locais em um mercado globalizado.

A pesquisa mostra, por exemplo, que os países da Europa Ocidental e dos EUA continuam na ponta da evolução digital, enquanto os asiáticos e latino-americanos despontam com enorme potencial de crescimento. Na prática, são muitos os países apostando na evolução digital, na potencialização do e-commerce e na popularização das transações via dispositivos móveis para melhorar a economia como um todo.

O Brasil em meio à evolução digital

Como já falamos, o Brasil foi considerado emergente em evolução digital. Isso significa, claro, que ele não está no grupo de destaques (que inclui Reino Unido e Japão), mas tampouco está entre aqueles com maiores problemas (como África do Sul, Peru e Egito). Todo esse potencial se deve ao aumento constante de consumidores conectados à internet, ao crescimento do mercado e-commerce e à presença de empresas focadas em tecnologia.

Por outro lado, são grandes os entraves ao crescimento. Aqui, a legislação ainda não é considerada avançada o suficiente, gerando situações de insegurança jurídica ou tornando o investimento em tecnologia custoso demais. Sem contar que a própria infraestrutura do país não faz juz a seu potencial, com problemas de disponibilidade e qualidade das redes móveis podendo ser encarados como obstáculos ao crescimento do mercado online.

A evolução tecnológica e seu negócio

Você já deve ter notado que a ideia de evolução digital está mais focada em um contexto amplo que em organizações específicas, certo? Mas algumas lições podem ser tiradas daí, especialmente quando se quer avaliar o grau de competitividade impulsionado pela tecnologia em uma organização.

Avalie o uso de tecnologia na empresa

O primeiro passo para avaliar o grau de evolução tecnológica de uma organização é dimensionar quais processos já foram digitalizados. Para isso, identifique os sistemas de gestão inteligente adotados, a contratação de internet móvel ou banda larga e o uso de ferramentas digitais, desde plataformas de e-commerce até celulares para videoconferência. Assim, é possível detectar tanto os processos que já saíram da fase analógica como aqueles que ainda dependem de ações tradicionais.

Entenda os ganhos gerados pela economia

Depois de identificar processos que já passaram pela transformação digital, é hora de conhecer os ganhos reais da mudança. Caso você tenha investido em uma ferramenta de gestão de relacionamento com clientes, por exemplo, confira os números de aumento de conversões de vendas. Nessa fase, é importante ser realista, reconhecendo o que deu certo e o que ainda precisa ser aperfeiçoado, sempre com base em números reais.

A pesquisa sobre evolução tecnológica que citamos, por exemplo, usa mais de 150 índices para chegar a suas conclusões. E a lição tirada daí é simples: é preciso ter métricas e índices de performance condizentes com seu negócio. Assim, você consegue traçar metas ao mesmo tempo ambiciosas e realistas, mantendo bons recursos de gestão para a tomada rápida de decisões estratégicas.

Identifique possíveis ameaças

A empresa também precisa ficar de olho em fatores que podem comprometer sua trajetória, sejam eles internos (como o uso de uma plataforma de e-commerce antiquada) ou externos (como o avanço da concorrência ou mesmo mudanças na legislação que possam impactar negativamente o seu negócio). Com as ameaças devidamente identificadas, é possível traçar planos a fim de contorná-las.

Enxergue e abrace as oportunidades

Se por um lado é preciso estar atento às ameaças, por outro, é necessário visualizar e abraçar oportunidades. As oportunidades também podem ser internas (como o desenvolvimento de um novo produto) ou externas (a chegada até um público consumidor estrangeiro, problemas dos concorrentes ou até mudanças positivas na legislação). Aqui, o foco deve estar na busca constante por inovações, de modo que as possibilidades se tornem vantagens concretas.

Mantenha os olhos no mercado

Por fim, vale ressaltar que a evolução digital não tem linha de chegada. Assim, quem está no topo hoje pode ser ultrapassado por concorrentes mais preparados a qualquer momento caso não continue apostando em inovação. Por isso, sua empresa deve estar atenta às ameaças e oportunidades, fazendo um acompanhamento ininterrupto do contexto de mercado.

Fique de olho nas mudanças de hábitos de consumo, pesquise sobre novas tecnologias que possam impactar a organização, participe de eventos corporativos da sua área de mercado e tenha uma estratégia que inclua investimentos constantes e planejados em inovação.

Quer receber mais informações para manter seu e-commerce em constante evolução digital? Então curta nossa página no Facebook e saiba das novidades do blog em primeira mão!

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Evolução digital: o que é e por que importa para o empreendedor?
Avalie esse artigo!

One thought on “Evolução digital: o que é e por que importa para o empreendedor?



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *