Conheça as 7 principais estratégias de SEO para e-commerces!

Para os empreendedores de e-commerce, boas estratégias de SEO são indispensáveis para melhorar os resultados de vendas e alcançar mais potenciais clientes […]

Para os empreendedores de e-commerce, boas estratégias de SEO são indispensáveis para melhorar os resultados de vendas e alcançar mais potenciais clientes online. Contudo, essa pode não ser uma tarefa muito simples, já que existem diversas estratégias de otimização de motores de busca.

Logo, para você entender mais sobre o assunto e saber como aplicar algumas dessas estratégias, separamos 7 dicas para otimizar os resultados do seu e-commerce. Não deixe de conferir nas próximas linhas!

O que são estratégias de SEO?

Search Engine Optimization (SEO), ou otimização para motores de busca, é a maneira de otimizar os conteúdos, páginas e sites para que os principais buscadores, como o Google e o Bing, possam identificar o seu site ou e-commerce como o ideal para sanar as necessidades que um usuário tem ao realizar uma busca na internet.

Portanto, quando um usuário ou potencial cliente realizar uma pesquisa nessas ferramentas, o mecanismo de busca vai entender que as soluções que você oferece no seu site ou e-commerce é a resposta para aquele usuário. Isso faz com que a sua página seja encontrada mais fácil e rapidamente, e esteja entre as primeiras posições de resposta do Google, por exemplo.

Logo, um conjunto de técnicas que sejam coordenadas para melhorar e otimizar a página, blog ou e-commerce para um determinado buscador, com objetivos definidos é o que chamamos de estratégias de SEO.

Qual a importância das estratégias de SEO?

Uma boa estratégia de SEO ajuda o e-commerce a atingir os seus objetivos. Normalmente, o principal objetivo de uma loja virtual é alavancar vendas e converter potenciais clientes em consumidores efetivos e defensores da marca. Contudo, para ser feito da maneira correta, é preciso levar em consideração a jornada de compras da persona.

Nos primeiros momentos da jornada de compras, quando o potencial cliente ainda está na fase de descoberta, é preciso criar estratégias para o momento da descoberta. Com isso, é necessário realizar otimizações que façam com que o e-commerce apareça nas primeiras posições dos principais motores de busca, correto?

Os elementos que devem ser considerados para uma boa estratégia de SEO envolvem ações dentro e fora da página, otimizações relacionadas ao conteúdo e ações de programação. Esse conjunto de ações fará com que os mecanismos de busca indiquem o seu negócio quando houver uma pesquisa online relacionada às soluções que você oferece.

Confira a seguir algumas das principais estratégias para otimizar o seu e-commerce para os principais motores de busca. Vamos lá!

7 principais estratégias de SEO para e-commerce

Existem diversas estratégias de otimização para motores de busca que podem posicionar melhor um e-commerce. Cada negócio deve entender e realizar a que irá gerar os melhores resultados para a sua empresa. Contudo, separamos 7 principais que devem ser realizadas para otimizar os seus resultados. Confira!

1. Use boas URLS

Uma boa URL deve ser bem descritiva, atrair a atenção do usuário e ser bem relacionada com a palavra-chave que será utilizada. A nitidez dessa informação é essencial. Ou seja, a URL deve mostrar exatamente ao que se propõe. Utilizar o hífen para separar as palavras ajuda a manter a URL mais clean.

Essas ações ajudam a manter uma coordenação semântica, indicando diretamente do que se trata a página clicada. A relevância da página também acaba se beneficiando, conferindo um maior tráfego na linkagem.

2. Invista em link building

As linkagens internas ajudam o Google a entender que o seu conteúdo e a sua página são relevantes, conferindo uma autoridade ao seu domínio. Isso ocorre de duas maneiras: a linkagens internas e as externas.

As linkagens internas são aquelas que realizam uma conexão entre os seus conteúdos, fazendo com que o usuário passe mais tempo no seu site e navegue por diferentes palavras-chave no seu canal digital. Isso ajuda os motores de busca a entenderem a relevância dos seus conteúdos.

Já a linkagem externa acontece quando uma página de outra empresa ou site faz uma linkagem entre o conteúdo que eles publicaram com algum artigo ou produto do seu negócio. Quando empresas já renomadas linkam para o seu site, o motor de busca entende que a sua página merece um reconhecimento e tem autoridade.

3. Tenha páginas responsivas

Como boa parte das pesquisas realizadas online acontecem por meio de smartphones, ter páginas que performam bem no deskotp e no mobile é fundamental para conquistar boas posições.

Caso a página não seja adaptada para ambos os dispositivos, isso pode comprometer a navegação do usuário e ainda acarretar abandono de compra, já que recursos importantes para vendas não estão disponíveis no mobile.

4. Faça a descrição do produto e a meta description

A descrição dos produtos deve ser autêntica e única, ao contrário do que é feito por marcas que utilizam a descrição original dos produtos. Essa descrição irá ajudar o usuário e o mecanismo de busca a entenderem do que se trata o seu produto.

Já a meta descrição é o bloco de texto que aparece na busca e funcionam como um pequeno resumo sobre o que a página oferece. A meta description tem um limite de caracteres que pode ser utilizado. Portanto, é preciso ser objetivo e chamativo para atrair cliques.

5. Faça pesquisas de palavra-chave

As palavras-chave e o campo semântico utilizado devem estar bem alinhados ao objetivo e ao nicho de mercado do negócio. As palavras-chave devem ser pensadas para cada estágio do funil de vendas, da jornada de compras e do objetivo da estratégia nesse momento de maturidade do negócio.

6. Otimize as imagens

Para um e-commerce, oferecer boas imagens é indispensável para atrair os consumidores e realizar uma boa apresentação do produto. Contudo, é preciso pensar também nos mecanismos de busca. Nesse sentido, é preciso incluir a palavra-chave utilizada no “Texto Alternativo” para que o motor de busca, que identifica apenas informação em texto, saiba do que se trata.

7. Observe o tempo de carregamento

Os usuários não gostam quando uma página demora para carregar, nem os motores de busca. Portanto, redimensione as imagens utilizadas para que não fiquem muito pesadas e distribua os produtos por diferentes páginas, mantendo uma coerência na informação.

O e-commerce que não investe em boas estratégias de SEO pode estar deixando de ser encontrado, perdendo vendas ou deixando de realizar novas vendas. Então, saiba o que é e como funciona o SEO para que a sua página seja encontrada nas primeiras posições do Google. Linkagens internas, site responsivo, tempo de carregamento, imagens otimizadas, bom uso de palavras-chave e descrições de imagem são boas práticas para melhorar os seus resultados.

Que ter acesso a mais conteúdos que ajudem a melhorar os resultados do seu e-commerce? Siga-nos nas redes sociais: Facebook, Instagram, Youtube e Spotify!

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário