Envio de e-mail marketing: como o e-commerce pode vender mais?

Desde que empregada da maneira correta, qualquer estratégia de marketing digital desenvolvida para o mercado e-commerce tem potencial para trazer grandes resultados. Saber escolher as ações de maior impacto para que se tornem grandes aliadas na conquista da confiança de leads e clientes é fundamental! Quer se adiantar e saber, no caso do envio de e-mail marketing, quais são as melhores práticas que podem potencializar os resultados e atrair um número cada vez maior de clientes para sua loja virtual? Então confira agora mesmo nosso post de hoje! Pronto para vender mais com o envio de e-mail marketing?

Captando leads qualificados

Uma boa estratégia de e-mail marketing começa logo na captação de leads, aquelas pessoas interessadas no que você tem a oferecer. Esse processo começa com a definição de uma isca, uma espécie de gatilho para que o internauta deixe seus dados de contato para que você possa iniciar um relacionamento. Tal gatilho pode ser a oferta de um cupom de desconto feita diretamente no site ou ainda de um conteúdo especializado (como um e-book), por meio de uma landing page. Com as informações dos internautas interessados em continuar dialogando com seu e-commerce em mãos, você pode começar a nutrição desses leads, dando continuidade ao relacionamento pelo e-mail marketing.

Nutrindo leads para as vendas

Nutrir leads é educá-los sobre seu setor de atuação, de modo que desenvolvam uma percepção mais apurada sobre os produtos e serviços de que precisam. Assim, se você tem um e-commerce de artigos colecionáveis, por exemplo, pode compartilhar todo o seu conhecimento a respeito desse universo para que leads e clientes também desenvolvam o mesmo amor que você tem por coleções. Esse conhecimento pode ser compartilhado a partir de imagens, vídeos, textos, blog posts, indicações de livros, feiras e eventos, dentre outras possibilidades. E tudo isso pode ser informado com um simples envio de e-mail marketing! Quando as pessoas chegarem ao ponto de saber exatamente do que precisam, estarão prontas para uma abordagem mais direta de vendas. Veja como chegar lá:

Promoções e ofertas

Com um potencial cliente bem informado, o que você precisa fazer é oferecer o produto certo no momento certo, concretizando assim a venda. Mais uma vez, o envio de e-mail marketing pode ajudar. Basta que crie uma promoção ou oferta personalizada, pensada para cada lead ou cliente que vem se relacionando com seu e-commerce. Para tanto, segmente sua base de contatos de acordo com características pessoais, demográficas, sociais e também comportamentais, levando em consideração todo o histórico de interações até o momento. Em seguida, pense em uma oferta irresistível, dê um desconto em um produto que estava sendo procurado há dias, ofereça um cupom de desconto para a próxima aquisição ou crie outros atrativos que levem o destinatário a concluir a compra.

Visibilidade para ações

Para vender mais, você precisa atingir um público cada vez mais amplo. E por mais que muitos e-commerces pensem somente nas redes sociais como potencializadoras da imagem, você pode criar mecanismos que façam com que as pessoas compartilhem suas ofertas via e-mail, aumentando assim sua capacidade de atingir um público seleto e qualificado para as compras. Ao enviar um e-mail marketing para sua base de leads, insira uma chamada para a ação infalível, persuadindo os leitores a compartilhar o conteúdo com seus amigos via e-mail. Para cada novo e-mail indicado, seu lead pode ganhar um brinde, uma pontuação extra no programa de fidelidade ou um desconto para a próxima compra. Assim, além de conquistar novos clientes, você ganhará mais vendas, pois os leads atuais também se sentirão motivados a continuar comprando do seu e-commerce.

Amplitude da imagem

Essa pode não ser a única forma de ampliar o conhecimento sobre sua marca, mas certamente é uma excelente estratégia de conquista de mercado. Sendo assim, insira em cada e-mail marketing enviado os ícones para compartilhamento do conteúdo nas redes sociais. Só se lembre de que, como existem muitas redes sociais, seu público pode não estar em todas elas. Faça, portanto, uma boa pesquisa a fim de montar suas personas para entender como seus potenciais clientes se comportam na internet e em quais plataformas interagem. A partir dessa análise ficará mais fácil criar seu posicionamento nos canais que realmente podem atrair mais vendas para sua loja virtual.

E-mail marketing responsivo

Também não podemos deixar de falar da importância de enviar e-mail marketing responsivo, que possa ser aberto, lido e clicado em qualquer dispositivo, móvel ou não. Como as pessoas estão em constante movimento, é natural que consultem o e-mail mais pelo celular do que pelo desktop, certo? Por isso, se você deseja alavancar as vendas da sua loja, é vital que seu e-mail marketing seja perfeitamente compreendido em qualquer suporte. Muitas plataformas de e-commerce já oferecem essa solução de maneira integrada à funcionalidade de automação de marketing, facilitando bastante a vida do gestor. Dessa forma, tem-se na mesma plataforma o e-commerce e a ferramenta de automação de marketing, totalmente flexível, para atender às necessidades dos leads e clientes onde quer que estejam.

Recuperando carrinhos abandonados

Por último, vale lembrar que o envio de e-mail marketing é uma das estratégias mais utilizadas na recuperação de carrinhos abandonados, juntamente com o remarketing. No momento em que o internauta deixa o site do seu e-commerce sem levar nada, você pode enviar um e-mail imediatamente. Se depois de alguns dias o carrinho continuar abandonado, você pode enviar mais um lembrete de que os produtos estão lá, aguardando por ele. Caso essa segunda tentativa não dê frutos, não desista! Faça mais uma ação para chegar à
conversão: ofereça um desconto, um brinde, um cupom para a próxima compra, uma vantagem que faça com que o cliente não perca a chance de levar os produtos que havia selecionado. A frequência de envios depende do seu ciclo de vendas. Quanto mais longo ele é, mais espaçados devem ser os e-mails de recuperação. E se nem com um incentivo o potencial cliente fecha a compra, retome a nutrição e procure um momento mais oportuno para fazer uma nova oferta.

Gostou do artigo, compartilhe suas ideias e experiências no campo de comentários abaixo.

Curtiu? Compartilhe!

Envio de e-mail marketing: como o e-commerce pode vender mais?
Avalie esse artigo!

Faça um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados