Vale a pena empreender em 2020?

Muitos acreditam que 2020 está perdido que esse foi o pior ano da história por conta da crise que estamos passando.  De […]

Muitos acreditam que 2020 está perdido que esse foi o pior ano da história por conta da crise que estamos passando. 

De fato, 2020 vem sendo um ano muito delicado. Entretanto, cabe a você decidir se ele já acabou ou não. Lembrando que nas piores crises, é onde mais as pessoas conseguem se reinventar e dar a volta por cima. 

Logo, se você possui esse perfil de empreendedor, ainda vale a pena começar a empreender este ano. 

Motivos para empreender em 2020 

Poucas pessoas vão se arriscar o neste cenário

Quantas pessoas que você conhece que decidiram empreender este ano? 

Exceto aquelas que foram forçadas a tentar algo novo devido a uma situação difícil, a maioria das pessoas optou por se manter dentro de sua zona de conforto por medo de arriscar. 

Certamente, os riscos são maiores. Entretanto, a concorrência em lançamentos neste momento está menor. Menos pessoas empreendendo, mais chances de seu produto ou serviço se destacar. 

Oferta x Demanda 

Tópico diretamente ligado com o anterior. 

Decerto, há muitos setores que reduziram sua oferta, mas não diminuíram a demanda. Isso aconteceu porque muitos empresários recuaram perante a crise, mas a demanda continuou. 

Os restaurantes são um bom exemplo. Em cidades pequenas, eram poucas opções disponíveis nos apps de comida. Depois do início do isolamento social, a oferta cresceu consideravelmente, especialmente de pequenos negócios criados durante a crise. 

Assim, opte por um nicho com demanda maior que a oferta.

Esteja preparado para a recuperação financeira do mercado

A economia já dá pequenos sinais de recuperação. 

Desta forma, quando tudo estiver em seu devido lugar e o “boom” econômico acontecer, você já estará com seu próprio negócio estruturado para entrar na onda de recuperação e continuar crescendo. 

Você com certeza faz muito bem alguma coisa

Isso é um fato. 

Todo ser humano é muito bom em alguma coisa e você deve usar isso a seu favor. Existem excelentes vendedores, pessoas que se comunicam verbalmente muito bem, outras que se comunicam muito bem de forma escrita. Pessoas que cozinham muito bem ou fazem drinks espetaculares. 

Ou seja, seja qual for o seu maior talento, tente encaixá-lo na ideia de um novo negócio. 

A seguir, alguns nichos de atuação para se inspirar. 

Nichos de atuação 

Loja virtual 

As lojas virtuais tiveram um crescimento exorbitante durante a pandemia. 

Entretanto, com a normalização gradual, o e-commerce não deve retroceder. Isso porque, mesmo depois que tudo volte ao “normal”, os clientes pretendem continuar comprando online. 

Dessa forma, você pode criar sua loja com um plano básico e iniciar suas vendas nos marketplaces. Não pense que é necessário ter um grande estoque ou uma grande operação para vender online.

Basta ter força de vontade, uma boa plataforma de e-commerce — preferencialmente, uma plataforma que já tenha integração direta com marketplaces. 

 

Além dos marketplaces, as redes sociais serão suas grandes aliadas para vender online. Através do catálogo de produtos, será possível vender no Facebook Ads e o Instagram Shopping, especialmente. 

 

Consultoria 

Você possui grande experiência em uma área específica e acredita que possa repassar esse conhecimento? 

A consultoria é um serviço muito procurado por pessoas que sabem o que querem, mas não sabem como chegar lá. Logo, você pode prestar esse serviço através de alguma rede social e, posteriormente, oferecer cursos. 

E o melhor: é possível fazer tudo isso online.

Todavia, é importante ter muita responsabilidade ao prestar consultoria. Uma vez que, uma pessoa está colocando muitas expectativas em seu trabalho. 

Marketing de afiliados

Logo, outra maneira de empreender em 2020 é através do marketing de afiliados. 

Desta forma, é possível entrar para um time de afiliados que comercializam produtos de outras pessoas. Seja em sua própria loja virtual ou por suas redes sociais. 

Neste caso, as vendas que forem feitas pela sua loja ou pelo seu link do produto/serviço, você ganhará uma porcentagem

Faça o que você sabe fazer de melhor

Mais uma vez vamos enfatizar isso. 

Se você possui o sonho de empreender, é importante começar por algo que você sabe fazer muito bem e que adora fazer. 

Atenção com estabelecimentos físicos

Todas as nossas indicações foram de comercialização online, seja produto, serviços, alimentos etc. 

Logo, muito cuidado ao abrir um estabelecimento físico. Além do investimento inicial ser muito maior e ser muito mais burocrático, o cenário ainda é incerto. Lojas físicas vezes abrem, vezes fecham. E nada disso depende do empreendedor, e sim de fatores externos. 

Planejamento estratégico e financeiro 

Planejamento é tudo! 

Dependendo do nicho de atuação que resolver entrar, o investimento inicial poderá ser muito baixo ou pelo contrário. Então, é importante ter tudo isso muito bem definido. 

Além disso, é essencial traçar antemão suas estratégias de marketing. Afinal, como seu cliente chegará até você? 

Empreendedores devem sempre estarem abertos a oportunidades, mas com o pé no freio. Não abandone, absolutamente do nada, sua renda fixa para empreender. Faça uma reserva e esteja preparado para realizar seu sonho. 

Curtiu o conteúdo? Então, assine nossa Newsletter e fique por dentro de todas as novidades da Escola de E-commerce.

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário