Como vender na Amazon? Aprenda agora com este passo a passo
Correios Aumentam o Valor na Cobrança Adicional de Manuseio de Encomendas

Empreendedorismo digital: conheça os desafios desse mercado

Publicado em: • Última Atualização:

Você liga a televisão e só vê notícias sobre crise econômica e desemprego. Já em conversas com colegas de trabalho, os assuntos giram em torno dos baixos salários e da falta de valorização dos funcionários. A pergunta é: que sentimentos esse cenário provoca em você?

Em vez de compor o grande grupo de pessoas desanimadas com o sistema, que tal fazer parte da turma que tem criado oportunidade em meio à crise?

Neste artigo, vamos apresentar a você o empreendedorismo digital. Pesquisas mostram que ele tem crescido no Brasil, principalmente entre os jovens e aqueles que querem ter mais autonomia ao gerenciar o próprio negócio. Se você faz parte desse grupo, está no lugar certo para aprender mais sobre o tema.

Continue lendo e descubra as principais vantagens e desafios de montar uma empresa na internet e conheça o caminho para se tornar um empreendedor digital de sucesso. Ao final, esperamos que você se sinta confiante para dar os primeiros passos no mercado online — que, como vamos ver, é cheio de possibilidades.

O que é empreendedorismo digital?

Para começo de conversa, você sabe o que significa o conceito de empreender? Ao contrário do que muitos pensam, não se trata apenas de abrir um novo negócio. Muito mais do que isso, empreender é usar a criatividade e a inovação para vender ou aprimorar produtos ou serviços.

Você pode ter uma ideia revolucionária ou um produto original como centro do seu empreendimento. Mas também é possível trabalhar com algo já existente de forma que atraia o público.

Por exemplo, várias pessoas podem vender sapatos, porém, sua loja pode ter um diferencial. Que tal focar em um nicho de mercado específico, usar estratégias criativas para alcançar seu público-alvo, oferecer um atendimento personalizado que outros não dão ou até mesmo produzir calçados com materiais pouco tradicionais no mercado, que levem o selo de sustentáveis e cruelty free? Isso é empreender!

Pronto! Agora que você entendeu o que é empreender, é só unir o conceito ao digital. Ou seja, empreendedorismo digital significa empreender na internet.

Entendendo melhor o cenário

Você provavelmente já leu ou ouviu a frase “faça o que você pode, com o que você tem, onde você estiver”. Ela foi dita por Theodore Roosevelt, um ex-presidente americano, e é excelente para abordarmos o empreendedorismo digital. Afinal, a internet é um lugar possível e promissor para o seu negócio. Você está nela junto com outros milhões de pessoas que navegam, leem, compartilham informações e, mais do que nunca, compram!

Em 2017, uma pesquisa mostrou que pelo menos 89% dos internautas haviam feito uma compra online nos últimos 12 meses. Considerando que o Brasil tem mais de 116 milhões de pessoas conectadas à internet, segundo o IBGE, as possibilidades desse mercado são gigantescas.

Essa mudança nos hábitos de consumo dos brasileiros foi uma das vantagens que a evolução digital trouxe e é uma aliada dos novos empreendedores. Já começou a ver como o cenário tem boas perspectivas? Então, continue lendo, porque vamos listar mais vantagens.

Quais são suas vantagens?

Além do vasto público que é possível encontrar na internet, existem muitos outros benefícios de investir no empreendedorismo digital. Separamos os cinco principais para você.

Horários flexíveis

Acordar cedo, enfrentar o trânsito, bater ponto, tirar uma hora de almoço, participar de reuniões, esperar com ansiedade o fim do expediente, encarar novamente o trânsito para voltar para casa e recuperar as energias para, no dia seguinte, passar por tudo isso de novo.

Essa rotina é familiar para você? Sair desse ciclo exaustivo é um dos motivos centrais para grande parte das pessoas que optam por abrir um negócio online.

O home office não é mais um sonho distante para quem não se adapta às convenções do mercado tradicional e quer mais liberdade. Com a internet, não apenas os horários são flexíveis, como também os locais de onde se trabalha. Já imaginou gerenciar seu e-commerce à beira de uma linda praia no Nordeste?

Baixo custo

Até onde você acha que um computador conectado à internet pode te levar? Dependendo do seu modelo de negócio online, até muito longe. O baixo custo é um dos pontos mais atrativos do empreendedorismo digital.

Em vez do aluguel de uma loja, um site. A economia começa por aí. Corte também os gastos com a infraestrutura de um estabelecimento. Por vezes, nem um estoque físico é mais necessário.

É claro que alguns investimentos são necessários para a manutenção do seu empreendimento. Publicidade online, domínio de um site ou uma plataforma de e-commerce são alguns exemplos. Porém, o custo deles passa longe dos padrões do mercado tradicional.

Acesso ao público-alvo

Mais uma vantagem de empreender na internet é o fácil acesso ao público-alvo. Isso acontece principalmente porque já existem diversas ferramentas e estratégias que ajudam o empreendedor a identificar, atrair e direcionar seus produtos ou serviços a grupos específicos.

Mas e para aprender a usar essas ferramentas? Com essa pergunta, acabamos retornando à questão do baixo custo, pois há muito material gratuito disponível na rede para ensinar a otimizar os anúncios e, consequentemente, as vendas.

Alta lucratividade

Investimentos reduzidos e facilidade de se conectar com seu público com certeza vão levar a lucros mais altos do que você teria ao abrir um negócio físico.

Mas não se esqueça de que é fundamental oferecer produtos e serviços de qualidade e inovadores. Somente assim será possível se destacar entre os concorrentes no mercado digital e maximizar seus lucros.

Motivação pessoal

Sua motivação para acordar pela manhã todo dia e trabalhar é bem definida? Por vezes, quando se está em uma empresa, esse estímulo acaba se perdendo no meio do caminho — ou da rotina desgastante.

Quem resolve apostar as fichas no próprio negócio com certeza tem em mente seu propósito. Ele pode ser independência financeira, liberdade de horários, vontade de proporcionar uma vida melhor para a família, entre outros. Esses fatores vão encorajar, diariamente, a superação do empreendedor digital.

Quais são os desafios de iniciar nessa área?

Você já deve imaginar que, se for realmente entrar no ramo do empreendedorismo digital, não vai estar livre de desafios, não é mesmo? Estar consciente deles é fundamental para iniciar sua jornada sem equívocos e ilusões. Vamos conferir alguns?

Planejamento

Da noite para o dia, uma pessoa decide pedir demissão de seu emprego e, sem nenhuma reserva financeira, passa a importar produtos do exterior para revender em um site feito às pressas na internet. Quais são as chances de que esse negócio obtenha sucesso?

Se você respondeu que as chances não são lá muito altas, está no caminho certo, porque já reconhece a necessidade de planejamento.

Mesmo que seja grande o desejo de mudar de vida e ter logo seu empreendimento online, planeje com sabedoria e paciência sua trajetória, ouça e leia quem entende do assunto, poupe dinheiro, elabore estratégias e defina claramente suas metas. Assim, vai ser bem mais fácil alcançar seus objetivos.

Gerenciamento do tempo

Já na rotina de trabalho com uma empresa digital, exercitar suas capacidades de gerenciamento do tempo é imprescindível. Ao mesmo tempo em que traz muitas vantagens, o home office pode se tornar um vilão de quem não consegue ser organizado e focado.

Evite a procrastinação! Uma dica para organizar as tarefas é criar um quadro usando a técnica japonesa Kanban. Ela consiste, basicamente, em dividir os afazeres entre as categorias “pendente”, “em andamento” e “finalizado”.

Concorrência

Como falamos no início deste texto, muita gente tem investido em empreendedorismo digital para fugir da crise. Isso significa que você terá concorrentes de todo o país. Como também citamos, se destacar é a chave para o sucesso. Por isso, não abra mão da inovação e de trabalhar com bons produtos.

Outro segredo para estar à frente da concorrência é observar o mercado. Veja tendências e perceba também o que não está dando tão certo ou o que já é “mais do mesmo”, assim, você ganha vantagem e alavanca seu negócio.

Organização das finanças

Aprender a organizar ganhos e gastos é fundamental para qualquer um que quer ter êxito na vida financeira, mas para o microempreendedor é ainda mais primordial. Essa organização deve começar no planejamento, juntando um valor satisfatório em uma reserva de emergência.

Depois de começar a empreender, não deixe de controlar tudo que entra e sai da sua conta, criar metas de vendas mensais e definir quanto será usado para a compra de novos produtos e quanto você vai retirar para uso pessoal mensalmente.

Uma estratégia que consultores financeiros aconselham é que você se trate como um funcionário da sua empresa. Defina um salário fixo que dê conta de seus gastos pessoais e tudo que entrar a mais fica na conta da empresa.

Atualização

O mundo dos negócios está em constante mudança. Paralelamente, a internet é um meio onde sempre surgem novidades. Por isso, se você vai empreender na web, não pare no tempo ou pode acabar ficando para trás.

Use materiais disponíveis na rede para se atualizar periodicamente e aprenda mais sobre seu negócio e sobre melhorias que você pode trazer a ele.

Quais são os tipos de negócios e seus desafios?

Você já viu que é sim possível ganhar dinheiro com a internet. Mas talvez você ainda não saiba bem como pode fazer isso. Então, vamos falar sobre alguns modelos já consolidados que podem servir de inspiração.

E-commerce

Em geral, a primeira opção que vem à mente quando falamos de empreendedorismo digital é o e-commerce. Apesar de ele não ser o único ramo de negócio online, certamente é uma excelente escolha, tanto para quem já tem uma loja física quanto para quem quer começar do zero na venda de produtos pela internet.

Compras em lojas virtuais já fazem parte da nossa rotina e, para quem vende, os benefícios vão desde o alcance da marca até a possibilidade de se conectar com segmentos bem específicos.

Entre os desafios estão a escolha do que será vendido — uma boa estratégia é explorar os nichos — e o gerenciamento de um site de vendas. Entretanto, algumas plataformas, como a Tray, já fornecem uma infraestrutura responsiva que facilita a administração da loja.

Marketplaces

Para quem não quer criar a própria loja virtual mas quer vender produtos na internet, outra opção interessante são os marketplaces. Diferente do e-commerce, o marketplace é um local onde vários lojistas podem anunciar, tendo uma plataforma como mediadora.

Quer exemplos? No Brasil, já é possível anunciar nos marketplaces da Amazon, do Magazine Luiza, do Mercado Livre e da B2W (uma fusão entre as Lojas Americanas, Submarino e Shoptime). Você pagará uma taxa a cada venda concretizada, por isso, é importante analisar se será vantajoso.

Infoprodutos

Essa categoria está em alta no meio digital. Isso porque, além de usar a internet para comprar, muita gente tem aproveitado para adquirir conhecimento. Sendo assim, se você é especialista em alguma área, ter infoprodutos como centro do seu empreendimento digital pode ser uma ótima alternativa.

São classificados como infoprodutos os e-books, audiobooks, cursos em videoaula ou em PDF, ou seja, produtos que tenham suporte digital e, em geral, um conteúdo educativo.

Eles precisam estar hospedados em algum site e a divulgação acontece em redes sociais ou por meio de blogs e sites, usando estratégias de marketing de conteúdo — próximo item a ser abordado.

Blogs

Não, a era dos blogs não acabou. Muito pelo contrário: com novas técnicas, é sim possível atrair leitores e, melhor que isso, convertê-los em clientes para o seu negócio digital. Novamente, essa é uma boa opção para quem entende de algum assunto.

Seu blog pode se tornar referência e, quanto mais confiança o leitor tiver em você, mais fácil será vender algum produto, que pode ser um infoproduto ou mesmo itens de um e-commerce.

Também é possível faturar de forma mais tradicional, com anúncios no seu espaço online. É importante conhecer técnicas de marketing digital e SEO para ter sucesso nessa área.

Como ter sucesso no empreendedorismo digital?

Mesmo que seja sempre importante ter um planejamento que inclua a possibilidade de as coisas não darem certo, é óbvio que ninguém entra no campo do empreendedorismo digital para perder. Por isso, existem algumas perguntas que você pode se fazer antes de começar um negócio de sucesso:

  • Qual é minha ideia?
  • Existem outras ideias similares à minha?
  • Se sim, o que posso fazer para me destacar?
  • Se não, qual é o potencial dessa nova ideia?
  • Quem vai pagar pelo meu produto/serviço?
  • O que eu vou ganhar vai compensar meu esforço e investimento?

Pense bem e responda com cautela cada pergunta. Ao final, você estará confiante de que o caminho que você escolheu pode realmente levar ao sucesso.

Características do empreendedor de sucesso

Depois de pensar sobre o seu negócio, é hora de refletir sobre sua própria personalidade. Separamos algumas das principais características do empreendedor digital que você deve trabalhar para adquirir ou aprimorar. São elas:

  • criatividade à flor da pele;
  • sede por conhecimento;
  • envolvimento completo;
  • engajamento inabalável;
  • resiliência permanente;
  • ousadia;
  • visão macro.

E aí, seu perfil está alinhado com o dos grandes empreendedores do mundo online? Alcançar o sucesso em sua jornada vai depender tanto da sua estratégia de negócio quanto das características pessoais que vão influenciar seu desempenho.

Qual é a hora certa de largar meu emprego e começar?

Se você chegou até aqui, provavelmente tem um interesse genuíno no mercado digital e, quem sabe, quer deixar de uma vez por todas a rotina do emprego tradicional. É claro que entendemos seu desejo, afinal, são muitas as vantagens de empreender online. Então, qual será o momento ideal de dar esse passo?

A jornalista e especialista em finanças pessoais Nathalia Arcuri é um exemplo de alguém que “largou tudo” para empreender. Porém, como ela conta em seu canal no YouTube — que já passa dos 75 milhões de visualizações —, a decisão não foi tomada da noite para o dia. Foram anos de planejamento minucioso e, principalmente, de criação de uma reserva financeira que não a deixasse na mão em imprevistos.

Esse é um ótimo exemplo de case de sucesso que você pode seguir. Antes de largar seu emprego, junte dinheiro, planeje, faça testes com o negócio e estude o mercado. Aproveite para estudar e se inspirar com histórias de homens e mulheres empreendedoras.

Quais erros podem ser fatais?

O objetivo de colocarmos em detalhes as principais informações e desafios do mercado digital é desviar você de possíveis erros. Saiba que alguns deles podem ser fatais para o seu negócio, por isso, resolvemos destacar cada um, mostrando como você pode evitá-los.

Pouco estudo e pesquisa

Um dos principais erros de empreendedores digitais com certeza é a falta de pesquisa e estudo. Na ansiedade para começar logo a trabalhar, muitos não valorizam o tempo de aprendizado.

Como falamos, inúmeros materiais estão disponíveis na internet a um clique de distância, basta interesse e reconhecimento da necessidade de se especializar e adquirir conhecimento com quem entende do assunto.

Não cometa esse erro! Faça pesquisas de mercado, conheça a fundo seu produto e seu público-alvo e estude sobre empreendedorismo online, sobre vendas e sobre as ferramentas que você terá que usar. Enfim, prepare-se para ser um grande empreendedor de sucesso.

Falta de foco

Você já conheceu alguém que em um momento tinha uma grande ideia e estava extremamente empolgado, mas, alguns meses depois, já tinha deixado aquilo de lado e partido para outra aventura?

Pois é, por vezes, a falta de foco faz com que ótimas chances sejam jogadas no lixo. Confiar na sua ideia e em você é fundamental para manter o foco e continuar a caminhada mesmo com as dificuldades que vão aparecer — porque, acredite, eventualmente elas vão surgir.

Além disso, no dia a dia da sua empresa, não dê lugar à procrastinação e à falta de compromisso e organização. Você se tornará chefe e, com isso, responsável pelos resultados que produzir, sejam eles positivos, sejam negativos.

Para manter o foco e não se perder, saiba desde o início quais são seus objetivos e motivações. Que tal anotar tudo isso em um quadro ou em algum outro lugar que esteja sempre à vista?

Falta de planejamento

Já falamos muito dele por aqui, não é mesmo? É automático falarmos sobre planejamento a todo o tempo, porque ele é realmente uma das grandes chaves para o sucesso de um empreendimento digital.

Um planejamento inconsistente — ou pior, inexistente — pode condenar todo um projeto. Sem ele é muito mais difícil perceber a importância de estudar, saber para onde se está indo por meio dos objetivos e motivações, lidar com dinheiro e gerenciar o tempo.

Se você tomou a decisão de ser um homem ou uma mulher de negócios no meio digital, comece o planejamento hoje mesmo. Coloque no papel suas ideias, suas dúvidas e suas metas. Certamente você vai ver resultados positivos e dignos de comemoração no futuro.

Pronto para empreender no mercado digital?

Esperamos que a resposta seja “sim”! Como você viu, as possibilidades em torno do empreendedorismo digital são muitas. Pessoas de todo o Brasil têm investido nesse ramo e esperamos que, depois deste artigo, você integre esse grupo também.

Estamos chegando ao final do texto. Vamos finalizar repassando alguns conceitos importantes que compartilhamos aqui?

Primeiramente, empreendedorismo digital é oferecer produtos ou serviços na internet de forma criativa e inovadora. Esse mercado tem crescido no país e oferece muitas vantagens, como a flexibilidade, o baixo custo de investimento e a chance de trabalhar com algo que você realmente valoriza.

Desafios existem também, como o gerenciamento de tempo e das finanças, além da concorrência. Mas investindo em planejamento e aprendizado, você pode superar essas barreiras.

Agora, é só escolher seu modelo de negócio. Pode ser um e-commerce, um infoproduto ou mesmo um blog. Não se esqueça de buscar um bom nicho de mercado, de analisar bem o seu público-alvo e de buscar boas alternativas de divulgação online.

Como falamos, o empreendedorismo digital exige atualização constante. Se você está entrando nele ou já faz parte, temos muitos conteúdos que podem ajudá-lo a se aprimorar ainda mais. Por isso, queremos convidá-lo a assinar nossa newsletter e receber periodicamente artigos como este. Até a próxima!

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Empreendedorismo digital: conheça os desafios desse mercado
5 (100%) 3 votos

One thought on “Empreendedorismo digital: conheça os desafios desse mercado



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *