Comércio eletrônico: 46% dos consumidores estão trocando lojas físicas por online

O relatório Consumer Trends Report 2021, afirma que o consumidor se adaptou à experiência de compra online. Ou seja, a facilidade de adquirir seus produtos do conforto da própria casa, está aos poucos substituindo a ida às lojas físicas. Confira quais são as principais vantagens do e-commerce.

O consumidor se adaptou ao comércio eletrônico

Não é segredo para ninguém, que no ano de 2020 tivemos um enorme salto na evolução do setor de e-commerce brasileiro. 

Dessa forma, muitos consumidores alguns que nem mesmo tiveram essa experiência de compra em um momento anterior, já estão adaptados à nova ideia. 

 

Ou seja, com a evolução das plataformas de vendas e do atendimento online, por exemplo, o relatório Consumer Trends Report 2021 nos revela que 46% dos brasileiros estão substituindo compras em lojas físicas por experiências online.

Pretende abrir uma loja online em 2022? Confira o nosso Kit para você criar uma loja virtual de sucesso.

Receio de sair de casa, contribui para essa nova realidade

Ainda segundo a pesquisa, 57% dos consumidores afirmam se sentir mais confortáveis fazendo seus pedidos de modo online. 

Como resultado, 54% dos entrevistados revelam ainda, que continuarão evitando ir às lojas ou supermercados, por exemplo. Mesmo com o fim das restrições impostas pela COVID-19. 

E todo esse cuidado, se daria ao fato de ainda existir uma preocupação muito grande com a possibilidade de contaminação. Ou seja, movido pela preservação da saúde.

Vender por e-commerce é mais vantajoso para o lojista

O especialista, Caio Cunha, presidente da WSI Master Brasil, acredita que o marketing digital hoje é a principal ferramenta de comunicação do mercado. 

E quando se fala a respeito de lucro, a vantagem também é muito maior em comparação com outros negócios.

“Trata-se de um caminho sem volta, que se tornou um imperativo não só para quem atua no varejo, mas também para todo o mercado B2B”, comenta.

“Através do investimento em marketing digital, quando bem gerido, você tem um custo de 10% a 20% e um retorno de 80%, 85% ou de até 90% do seu investimento, por exemplo.

Ou seja, o digital permite uma redução de custo de 50% para 20%. Garante Cunha, que possui vasta experiência em negócios digitais e já esteve à frente de grandes companhias.

Em resumo, o e-commerce veio para ficar e poderá ser sua fonte de renda lucrativa se trabalhado estrategicamente.

Para te ajudar nessa jornada, confira nosso E-book: Como escolher a melhor plataforma de e-commerce.

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário