Entenda o que é e-commerce visual e por que ele é uma tendência

Se você é um empreendedor digital com pouca experiência, pode ainda não ter ouvido falar em e-commerce visual, mas trata-se de uma […]

Se você é um empreendedor digital com pouca experiência, pode ainda não ter ouvido falar em e-commerce visual, mas trata-se de uma tendência. Então, quem pretende ter sucesso com suas vendas pela internet deve entender este conceito e como ele funciona.

Isso porque o volume de buscas pela internet e de compras online têm crescido exponencialmente. Com isso, as empresas precisam buscar formas de melhorar a experiência do consumidor com a marca, pois esse fator tem uma influência muito forte no processo de decisão de compra.

O objetivo desse tipo de estratégia é otimizar a taxa de conversão, pois ter um bom volume de vendas é essencial para manter seu negócio competitivo no mercado, principalmente se tratando de uma loja online.

Ficou curioso e quer saber mais sobre o e-commerce visual? Continue a leitura deste post!

O que é o e-commerce visual?

Quando falamos em e-commerce visual, na realidade, estamos falando de uma forma de busca, na qual os usuários usam uma foto de um produto ou um print para pesquisar na internet sobre algo que desejam comprar.

Então, um e-commerce visual é aquele que está preparado para atender a esta demanda. Esse fator é muito importante para as lojas virtuais, pois o consumidor moderno tem acesso a celulares com câmeras muito avançadas, o que facilita o uso do recurso de busca por imagem.

No entanto, a tecnologia utilizada para que um e-commerce seja encontrado por meio de uma busca visual é diferente da linguagem utilizada para que a loja seja encontrada por meio de palavras-chave.

Quais as vantagens do e-commerce visual?

Um dos principais benefícios de ter um e-commerce visual é a retenção. Com esse tipo de estratégia, as lojas virtuais conseguem reter a atenção dos consumidores que chegam ao seu site. Isso é fundamental para ajudar nas conversões, pois o que importa para o negócio é ter um bom volume de vendas.

Na realidade, a busca visual é uma forma criativa de atrair a atenção do consumidor. Ela é eficiente porque simplifica a jornada de compra já que, quando a pesquisa é feita por imagem, os resultados são mais precisos.

Vamos analisar um caso simples: se um usuário entra no Google procurando por vestido infantil vermelho, vão aparecer diversas lojas com vários modelos desse tipo de roupa. Mas, quando a pessoa joga uma imagem da roupa do modelo que ela quer, ela vai ter resultados de acordo com o que busca.

Imagine a praticidade de poder ir a uma loja física, fotografar um produto e simplesmente jogar a imagem na internet para fazer uma busca.

Outro ponto positivo é a possibilidade de mensuração. Com o código do Google Analyctis, a busca visual pode ser medida e otimizada para trazer melhores resultados para o negócio.

Dessa forma, é possível descobrir informações importantes sobre os resultados mais interessantes para os usuários, de acordo com as buscas realizados no Google e outros mecanismos de pesquisa.

Como o e-commerce visual funciona?

O e-commerce visual funciona como uma loja virtual comum. A única diferença é que o cadastro dos produtos e fotos das mercadorias são feitas pensando na busca visual.

Como acontece no marketing de conteúdo, as imagens da loja virtual devem ser otimizadas com técnicas de SEO. Em primeiro lugar, a imagem deve ser leve, pois, não adianta fazer o upload de uma imagem com megabytes e deixar o e-commerce lento.

A imagem deve conter uma descrição, tanto no título quanto no campo destinado a descrever suas principais características. A melhor forma de detalhar uma imagem é citando os itens do produto. Exemplo: blusa feminina modelo New York.

É necessário, ainda, fazer uma busca por palavras-chave, entender qual o volume de busca do termo escolhido, montar uma estratégia de SEO e na descrição do título da imagem usar palavras separadas por hífen. Quando possível, inserir um OUT-TEST dentro das imagens ou dentro da plataforma para ajudar os robôs do Google a lerem aquela imagem mais facilmente.

Tirar boas fotos também faz parte das boas práticas que ajudam a ranquear sia loja virtual. Por isso, é ideal tomar cuidado com o fundo das imagens. Em alguns casos, o fundo branco é ótimo para dar destaque ao produto; em outros, um cenário composto fica melhor.

Por que o e-commerce visual é uma tendência?

As redes sociais mais acessadas atualmente são aquelas com um forte apelo visual, como Instagram e Pinterest. Entre as duas mídias, o Pinterest se destaca pelo fato de que o usuário clica nas imagens que mais gostou para abrir catálogos de lojas digitais.

Esse fator pode ditar uma nova forma de busca para os consumidores online. Isso porque, de acordo com um estudo feito pelo Slyce, para cerca de 74% dos internautas, a busca por texto já não é tão eficiente. Então, em um futuro muito próximo, a busca visual tem grandes chances de ser a preferência dos usuários.

Então, as lojas virtuais podem usar isso a seu favor e implantar essa tática em seu negócio. Apesar de ser ainda novidade, o marketing digital sofre mudanças constantemente e, em questão de meses, esse recurso pode se tornar essencial, pois é bem-aceito pelos consumidores mais jovens.

Quais players já utilizam o e-commerce visual?

Como já citamos, por enquanto, o e-commerce visual não é uma realidade e grandes marketplaces ainda não utilizam esse tipo de estratégia. Mas existem grandes players no mercado que já utilizam a busca visual em suas lojas.

Isso porque implantar esse recurso no e-commerce vai gerar um custo extra para o lojista, que já tem que investir em estoque, estratégias de marketing, plataforma e outras diversas demandas que garantem o funcionamento da loja virtual.

Conheça os players que já investem nesse recurso!

Tommy Hilfiger

O Tommyland é o aplicativo criado pela marca permite que o usuário tire fotos de um look e encontre na página de compra dos modelos da marca os produtos que o consumidor deseja.

Alibaba

Em 2014, o Alibaba lançou o aplicativo para busca visual chamado Pailitao, que é especializado em busca visual. Ele é integrado ao Taobao, site utilizado para realizar as vendas do site. O aplicativo é simples de usar, basta que o usuário tire uma foto do produto e envie para o app, que mostra os resultados relacionados à imagem.

Dafiti

A empresa criou o aplicativo Busca Look para procura visual. Ele é compatível com grande parte dos smartphones. Para o usuário fazer a busca, basta tirar uma foto de um produto que, imediatamente, ele recebe um retorno sobre produtos idênticos ou similares da Dafiti.

Como você viu, o e-commerce visual ainda não é muito popular entre as grandes lojas brasileiras, mas é apenas uma questão de tempo para que essa estratégia se torne uma tendência. Então, caso você queira implantar a busca visual como uma vantagem competitiva, seu negócio só tem a ganhar.

Agora que você já sabe o que é um e-commerce visual e seus benefícios, que tal aprender um pouco mais sobre como otimizar a logística de sua loja virtual?

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário