E-commerce fecha a Black Friday com faturamento de R$ 5,4 bilhões

Um levantamento realizado pela Neotrust, traz alguns números importantes sobre a edição da Black Friday 2021. Confira esses dados e o quanto a data foi um diferencial este ano. 

Não há dúvidas do quanto a Black Friday movimenta a última semana de novembro. Muito relevante para os lojistas e para o cliente, a data a cada ano que passa tem ganhado mais espaço na mente dos consumidores brasileiros.

Dessa forma, já temos o resultado dessa edição que pode ser considerada inédita por ser bem diferente das anteriores, veja o por quê. 

Faturamento fecha em R$ 5,4 bilhões

Nesta edição, o faturamento da promoção foi em média 5,8% maior em comparação com o mesmo período do ano passado.

Apesar de ter superado o ano de 2020, o valor ficou abaixo da expectativa, que estava entre 6% e 10%, apontam os especialistas.

Faturamento alcançado, não foi uma surpresa

O diretor de comunicação do T.Group e idealizador da pesquisa da Neotrust, Julio Pacheco, afirma não ter ficado surpreso com o resultado.

Revela que no meio do ano, havia sido projetado um aumento de 16%. Porém, à medida que a data foi se aproximando, ficou claro que devido a situação socioeconômica do Brasil, esse aumento não seria possível.

“Já sabíamos que não atingiríamos o esperado. A insegurança por causa do cenário econômico, a inflação e o endividamento deveriam ser levados em conta”, afirmou.

Portanto, com a percepção desses fatores a estimativa havia sido cortada para um crescimento entre 6% e 10%.

Confira também, nossa live com especialista e descubra como aumentar o faturamento do seu e-commerce usando táticas de retenção e upsell.

Aumento na compra de itens básicos

Neste ano, muitos consumidores brasileiros focaram em aproveitar as promoções de itens básicos como: alimentos e bebidas, por exemplo o que já havia sido apontado em algumas pesquisas.

O motivo para isso, é possivelmente a alta inflação, que aumentou muito o valor desses itens, motivando dessa forma, a compra desses produtos com preços mais acessíveis.

Número de pedidos

Ainda segundo o levantamento, as compras realizadas através do comércio eletrônico monitorado entre o primeiro minuto de quinta-feira (25) até às 23h59 de sexta-feira (26), por exemplo, foram de 7,6 milhões de pedidos. 

Ou seja, 0,5% inferior ao total registrado em 2020, uma leve queda.

Valor do ticket médio

Este ano, impulsionado também pelo aumento dos valores, o ticket médio foi 6,4% superior ao do ano passado. Ou seja, indo  para R$ 711,38.

Julio Pacheco destaca ainda, que o aumento de compras nesses segmentos como: alimentos, bebidas e moda, que não costumavam ter um grande destaque em anos anteriores, possuem um ticket médio menor, por exemplo.

Quando ocorreu o pico de vendas?

A head de Inteligência da Neotrust, Paulina Gonçalves Dias, afirmou que nesta Black Friday inédita, o pico de vendas ocorreu entre as 10h e 14h de sexta-feira”.

Cartão de crédito continuou como meio de pagamento favorito

Neste ano, o cartão de crédito manteve-se como a principal forma de pagamento escolhida pelo consumidor.

Já o boleto, apresentou uma queda de 4 pontos percentuais e o Pix, assim como as carteiras digitais ganharam espaço nesta Black Friday.

Entretanto, o Pix não performou da forma esperada. O que pode ter sido ocasionado, segundo Paulina, pela a data da promoção ocorrer no final de mês, o que não é favorável para o brasileiro pagar suas compras à vista.

 Produtos mais vendidos

Dentre as categorias mais vendidas, os principais produtos em destaques foram:

  • Fritadeiras e aspirador de pó, referente aos itens de eletroportáteis;
  • Calçados femininos foram os mais vendidos na categoria moda;
  • Já em beleza e perfumaria, o produto mais comprado foram itens para a linha corpo, por exemplo.

Não deixe de conferir nosso e-book gratuito: Produtos mais promissores para vender na internet em 2022!

Em resumo, a edição da Black Friday 2021 foi encerrada de forma positiva e surpreendeu em alguns resultados. Como foi a data em sua loja virtual? Nos conte nos comentários!

 

Não há comentários ainda. Seja o primeiro a escrever um.

Deixe seu comentário