E-commerce deve crescer 18% neste fim de ano, aponta ABComm

O E-commerce deve trazer um novo impacto positivo nas tradicionais compras de fim de ano de 2021. É o que prevê a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico. E os números são positivos, confira a previsão dos especialistas, sobre valores, tíquete médio e categorias mais buscadas pelos consumidores.

Não é novidade pra ninguém que 2021 consolidou o E-commerce brasileiro e para quem acredita que depois da Black Friday as coisas se acalmaram no setor, está bastante enganado. 

A ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico), está otimista com a previsão e o impacto positivo que as festas de final de ano devem trazer ao setor.

Os principais dados da previsão da ABComm 

Movimento nas lojas virtuais em números

De acordo com as previsões da ABComm, as lojas virtuais devem movimentar entre os dias 15 de novembro até o dia 24 de dezembro R$ 16,6 bilhões de reais.

Movimento nas Lojas virtuais em pedidos

Ainda segundo a previsão da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), ao todo a soma de pedidos entre os dias 15 de novembro até a véspera do Natal deverá atingir um total de 37,5 milhões de pedidos.

Previsão do Tíquete médio e categorias mais buscadas

O tíquete médio deve ficar em torno de R$ 445,00 e segundo a responsável pela previsão, as categorias de “informática”, “celulares”, “eletrônicos”, “brinquedos” e “moda e acessórios”, serão as mais procuradas pelos consumidores brasileiros durante esse período. 

Viu só? O mercado online nunca esteve tão aquecido, por isso é hora de acelerar e buscar alternativas para vender muito nesse natal. 

Como vimos aqui também no blog da Escola de E-commerce, uma pesquisa divulgada pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), revelou que cerca de 45% dos consumidores afirmam que irão comprar seus produtos natalinos via internet. Em contrapartida, a mesma pesquisa revelou que 43% pretendem comprar em lojas de departamento. E o shopping center, por exemplo, aparece apenas em terceiro lugar com 40%.

Então? Como está sua preparação para o natal deste ano?  

Seja aumentando os canais de venda, otimizando as campanhas pagas ou até oferecendo um melhor atendimento ao cliente, ainda dá tempo de melhorar as estratégias do seu e-commerce para “surfar” nessa previsão positiva do setor. 

Precisa de ajuda para melhorar as vendas na sua loja virtual? Não deixe de conferir as melhores estratégias de marketing para aumentar as vendas do seu e-commerce. 

Não há comentários ainda. Seja o primeiro a escrever um.

Deixe seu comentário