5 dicas importantes para manter o controle de estoque

E-commerce brasileiro se mantém em alta e alcança 1,27 bilhão de acessos em agosto

Publicado em: • Última Atualização:

Segundo o Relatório Setores do E-commerce no Brasil setembro/2020, disponibilizado pela Conversion, no mês de agosto as lojas online no Brasil receberam 1,27 bilhão de acessos.

Com a reabertura gradual das lojas físicas, muitos esperavam uma queda grande no setor de e-commerce. Entretanto, a redução em agosto foi de apenas 1,8% quando comparado a julho. Isso nos mostra que o consumidor aprendeu a comprar online, gostou e continuará comprando mesmo após a pandemia. 

“O comércio eletrônico continua vivendo seus melhores meses e o segundo semestre deve registrar grandes recordes, especialmente em novembro, mês da Black Friday”, destaca Ivo, CEO da Conversion.

De fato, é esperado que o melhor ainda esteja por vir, a tão aguardada Black Friday 2020. O cenário é incerto, mas, sem dúvidas, essa será uma Black Friday que ficará marcada na história do e-commerce. 

Setores que mais cresceram no e-commerce

Como esperado, o setor que mais cresceu no e-commerce foi o de Casa e Móveis, segundo o mesmo estudo. 

Com maior parte do tempo — se não todo o tempo, em casa, os brasileiros começaram a investir mais em móveis, decoração e conforto. Visto que, boa parte desses consumidores passaram a trabalhar home office. 

Se comparado ao mês de fevereiro, o setor cresceu cerca de 63%

Em seguida, vemos os setores de Comidas e Bebidas, com crescimento de 62%. Logo atrás, o setor de itens para Pets, com alta de 60%. Seguido de Moda & Acessórios, setor que cresceu 58% no período. E por fim, o setor de Joias e Relógios registrou crescimento de 41%. 

O turismo está em processo de retomada? 

Certamente, o setor de turismo foi um dos mais afetados durante a pandemia, não só no e-commerce, mas também nas agências físicas. 

Afinal, se o isolamento social impedia o consumidor de sentar para lanchar em um estabelecimento no seu bairro, quem dirá viajar. 

Logo, o turismo teve uma queda drástica. 

Entretanto, ao que tudo indica, o setor tem se preparado para uma retomada gradual

Já no mês de agosto, o Turismo registrou crescimento de 25% em comparação ao mês de julho. Uma vez que, com a flexibilização gradual, os consumidores já estão de olho em viagens para o ano que vem. 

No mês de agosto, o setor registrou 49 milhões de acessos, em relação a 39 milhões quando comparado a julho. 

Fonte: Conversion.

O e-commerce deve manter o crescimento 

Contudo, mesmo com a reabertura das lojas físicas, o e-commerce deve continuar crescendo, pois, os clientes pretendem continuar comprando online

De fato, o e-commerce pós-pandemia deve desacelerar um pouco, mas com certeza, se manterá cada vez mais consolidado no mercado. Inclusive, sendo uma excelente opção para quem deseja abrir seu próprio negócio.

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

E-commerce brasileiro se mantém em alta e alcança 1,27 bilhão de acessos em agosto
Avalie esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *