Black Friday: e-commerce deve movimentar cerca de R$ 6,38 bilhões em apenas 24 horas

Está chegando a data mais esperada pelo comércio — a Black Friday. E este ano, o dia 26 promete movimentar o país com grandes ofertas e consumidores dispostos a comprar online. Confira as principais previsões.

Um levantamento realizado pela ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico) é bastante positivo para os lojistas que se prepararam para a data, afinal são meses de planejamento para atingir metas e claro conquistar o consumidor.

E-commerce brasileiro deve movimentar R$ 6,38 bilhões 

Apesar da maioria das empresas já terem iniciado seu saldão Black Friday e divulgar algumas promoções  ao longo do mês de outubro, estamos ciente que alguns consumidores gostam da tradição, ou seja, deixam para comprar seus produtos favoritos no dia da promoção realmente. 

 

Como resultado, o levantamento afirma que a data comemorativa pode movimentar cerca de R$ 6,38 bilhões em apenas 24 horas, ou seja, uma grande oportunidade de vendas. 

Faturamento previsto é 25% maior em relação ao ano anterior

Várias pesquisas já vinham afirmando que a Black Friday deste ano seria diferente. Apesar de já ter apresentado um ótimo resultado em 2020, a edição deste ano está sendo bem mais aceita pelo consumidor, em parte devido à sua adaptação em comprar online.

No ano anterior, para se ter uma ideia, as vendas ficaram em torno de R$ 5,1 bilhões. Ou seja, muito acima do resultado que a data vinha apresentando desde quando foi adaptada para o Brasil no ano de 2010, por exemplo.

Pedidos online podem ultrapassar 10 milhões

Segundo a pesquisa, ao longo da Black Friday poderão ser realizados cerca de 10,28 milhões de pedidos, com um ticket médio de R$ 620.

As categorias: informática, eletrônicos, moda e acessórios, juntamente com casa e decoração deverão ser os destaques da promoção.

Até consumidores receosos à tecnologia aderiram a ideia de comprar online

Maurício Salvador, presidente da ABComm ressalta.“Mesmo com o avanço da vacinação e a retomada do varejo físico, até os consumidores mais reticentes ao digital já assimilaram a Black Friday como uma oportunidade de encontrar bons produtos com desconto vantajoso, por exemplo”, finaliza.

Em resumo, o consumidor está pronto para adquirir seus produtos favoritos na Black Friday deste ano! Seu e-commerce está pronto para vender?

Se você ainda possui dúvidas de como aplicar descontos atrativos na sua loja virtual, confira essa live imperdível com especialista: Planejamento de Ações de Desconto para Black Friday.

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário