Dia das Crianças: 42% dos tutores pretendem comprar online

O Dia das Crianças está chegando e com certeza nenhuma delas vai abrir mão do presente por conta da crise pela qual […]

O Dia das Crianças está chegando e com certeza nenhuma delas vai abrir mão do presente por conta da crise pela qual estamos passando. 

Nesta época do ano, é comum que as vendas no e-commerce desacelerem, pois, os consumidores estão esperando a Black Friday. Entretanto, as crianças não pretendem esperar mais de um mês para ganhar seu presente — para essa informação, não é necessária nenhuma pesquisa para comprovar. 

Sendo assim, a expectativa para a data é alta, assim como 2019. 

Quem serão os presenteados no Dia das Crianças? 

Segundo uma pesquisa realizada pela Social Miner, a maioria dos entrevistados pretende presentear os sobrinhos, somando 48%. 

Logo em seguida, 42% presentearão os filhos, 12% irmãos, 10% os netos e 6% os enteados. Além disso,, 7% – por mais incrível que pareça, pretendem presentear a si mesmo. 

Nisso, podemos identificar uma oportunidade para os lojistas. Os consumidores não pretendem comprar apenas itens infantis, mas também, itens para adultos. Afinal, oportunidade de presentear a si mesmo não pode faltar! 

Confira o gráfico da Social Miner da pesquisa realizada com a Opinion Box. 

Quais as categorias de maior pretensão de compra? 

Inegavelmente, quando falamos em Dia das Crianças, logo associamos com a venda de brinquedos

De fato, a maior pretensão de compras é por brinquedos, somando 77%. Logo em seguidas, os pais, tutores, tios, irmãos e avós, somando 35% que pretendem investir em jogos para alegar a criançada. 

Itens de bebês também aparecem na lista com 14%. 

Confira a pesquisa completa abaixo. 

Onde os consumidores pretendem efetuar a compra? 

Será que esse ano será como o ano passado? Já que as crianças adoram ir em lojas físicas para escolherem seus presentes? 

Não é o que mostra a pesquisa da Social Miner.

Como podemos observar no gráfico abaixo, 42% pretendem comprar online e receber sem sair de casa. Seguido por 27% que pesquisarão os melhores preços e condições, finalizando a compra em uma loja online. Fora a parcela que pretende comprar por WhatsApp ou Instagram. 

Além disso, notamos um comportamento omnichannel que já é considerável e deve crescer muito nos próximos meses: comprar online e retirar em uma loja física.

Entretanto, nem tudo são flores. Boa parte dos consumidores relataram a possibilidade de desistir da compra caso haja preços abusivos, fretes inacreditáveis ou longos prazos de entrega. 

“Para se dar bem e otimizar suas estratégias, é essencial entender quem é o público do evento e o que ele espera das marcas”, relatou Ricardo Rodrigues, CEO da Social Miner.

Por esse motivo, é importante definir suas estratégias e criar ações que beneficiem tanto sua loja, como o público final. Datas sazonais são excelentes formas de fidelizar um público e você não pode perder essa oportunidade!

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário