O Design a favor do seu e-commerce: 4 dicas primordiais para o sucesso!

É bem fácil encontrar na internet diversas dicas de como trabalhar um bom design para seu e-commerce.  Diversos especialistas já deram suas […]

É bem fácil encontrar na internet diversas dicas de como trabalhar um bom design para seu e-commerce. 

Diversos especialistas já deram suas opiniões para usá-lo, obviamente, a favor do seu negócio. Inclusive, para que este não fosse apenas mais um desses artigos, eu mesmo li vários deles para tentar apresentar algo diferenciado. Então vou apresentar apenas 4 dicas que vejo como primordial para que seu e-commerce seja um sucesso.

1. A escolha da plataforma perfeita.

Você pode estar pensando: “mas o que a escolha de uma plataforma tem a ver com design?”. Muito, porque aqui não estamos falando apenas do design visual. Existem inúmeras plataformas de todos os tipos de segmentos e bolsos. Nessa hora é preciso falar do uso de UX, que é, literalmente, a experiência do usuário e que também é uma função do design não só no e-commerce, mas de tudo que envolve o mundo digital. 

Quando estamos falando em escolher uma plataforma pronta para o seu e-commerce, em sua grande maioria, o UX já está aplicado na estrutura da loja, isto porque é constantemente pensado pelos responsáveis que estão por trás dela e já entregam para você a melhor experiência para seu cliente, já que estão em constantes estudos para que isso seja feito. 

Por isso, na hora de escolher a sua plataforma, não pense apenas no dinheiro. É claro que, de início e ainda mais no momento em que estamos passando, é o ponto que mais pesa na escolha de muitos. Mas, avalie bem o que ela pode te proporcionar em questões de funcionalidades, busque por cases de sucesso daquela plataforma e verifique o que ela pode proporcionar em relação ao seu produto, se oferece um checkout rápido e claro para seu cliente. Enfim, tire todas as dúvidas na hora da escolha. 

Uma boa agência especialista no assunto poderá te ajudar com todas essas informações.

2. Template Pronto x Template Personalizado

Bom, o template nada mais é do que a cara do seu site. Podemos facilmente comparar com a preparação de uma loja física, onde pensamos nas cores das paredes, na organização dos produtos nas vitrines, pontos estratégicos para banners de promoção e o que será deixado em destaque. É muito importante que este ambiente seja bem limpo e claro para o cliente sentir-se à vontade, seguro e encontre o que procura de forma rápida e fácil. 

Muitas plataformas oferecem a praticidade do uso de templates prontos que possibilitam uma rápida implantação com custos mais baixos. Porém, mesmo que seja possível uma customização com a logo e as cores da sua identidade visual, existe a possibilidade de lojas similares a sua por estarem usando o mesmo tema. 

Já um template personalizado implica em um investimento um pouco mais alto. Entretanto, oferece um site exclusivo. Além disso, uma personalização pensada especialmente para sua loja, de acordo não só com sua identidade, mas também com seu produto. 

Na dúvida sobre qual escolher? Isso vai variar de acordo com seu orçamento. Nada impede de você começar com um template pronto e com a evolução do seu negócio, fazer um upgrade no template da sua loja. Mas, sugiro sempre tentar investir desde já em algo exclusivo. Assim, você já começa se destacando, investe uma vez só e ainda sai na frente.

3. Fotos dos Produtos

Depois que escolhemos a plataforma e optamos pelo template, é hora de pensarmos em outro ponto muito importante, aliás dois: as fotos dos seus produtos e os banners de promoções da sua loja. 

É de extrema importância pensar nas fotos dos seus produtos: como eles serão apresentados na sua vitrine. As fotos precisam ter uma boa qualidade e, se possível, apresentarem variações de ângulos e detalhes. Isso vai contribuir na tomada de decisão na hora da compra. 

Se as fotos não são agradáveis, certamente, o cliente vai em busca de outros sites onde ele consiga ter essa experiência e pode acabar finalizando a compra por lá mesmo. 

Caso você revenda produtos de outros fornecedores, entre em contato e solicite o banco de imagens dos itens. A maioria possui uma boa base de imagens. Se você é o próprio fabricante, vale um bom investimento em profissionais da área para conseguir as melhores imagens e valorizar ainda mais seu produto. 

Nada impede que, mesmo que você revenda produtos de outras marcas, esse investimento de tirar suas próprias fotos também seja um diferencial. Visto que, você consegue apresentar melhores experiências daquele produto.

4. Banners de Ofertas

Nesse contexto visual, também precisamos falar sobre os banners. Afinal, de nada adianta uma boa plataforma, um super template personalizado, fotos magníficas e banners sem vida ou sem nenhum contexto para oferecer seus produtos. 

Se você não possui o conhecimento necessário, procure bons profissionais. Agências ou profissionais especializadas podem te ajudar nesse quesito. Eles saberão como aplicar a sua identidade visual nos banners, com o objetivo de chamar a atenção do cliente para aquela campanha do momento, do produto em oferta ou daquele incrível lançamento.

Eles estão sempre de olho nas tendências do mercado e buscando inovações para entregar sempre os melhores resultados visuais, buscando o sucesso na conversão das suas vendas.

Espero que estas dicas possam ser úteis para você que está pensando em entrar no mundo do e-commerce ou, até mesmo, para você que já tem sua loja e está querendo mudar de plataforma, template ou até mesmo renovar o visual dos banners. 

A dica principal é: pesquise muito! E se ainda tiver dúvidas, procure profissionais da área para tirar suas dúvidas e apresentar as melhores opções para o seu negócio.