Descrição de produto: o que é, e como fazer a melhor para impulsionar vendas

A descrição de produto é a parte mais importante da página do produto, pois apresenta informações importantes de forma detalhada para auxiliar o consumidor em sua decisão de compra, e também influencia diretamente em um bom posicionamento nos resultados do Google.

Quando um cliente em potencial chega ao seu site e está navegando pelos seus produtos, ele pode ter algumas dúvidas.

Se você é uma marca de roupas, um visitante pode querer saber o ajuste de uma camisa específica, por exemplo.

Sem uma descrição do produto — ou com uma descrição que não contenha muitas informações —, esse cliente provavelmente seguirá em frente e você perderá uma venda.

Para ajudar você a evitar situações como essa no seu e-commerce, preparamos este guia completo sobre descrição de produto.

O que é descrição de produto?

Antes de nos aprofundarmos na importância da descrição e como caprichar na sua, vamos focar na definição de uma descrição de produto em primeiro lugar.

Uma descrição do produto é simplesmente o conjunto de informações sobre os itens que estão na sua loja virtual.

Essas informações podem ser espirituosas e engraçadas ou sérias e diretas ao ponto. Podem até contar uma história para tornar o produto mais relacionável com a vida do cliente.

O mais importante é que a descrição funcione como um miniguia de compra voltado para cada produto específico da sua loja virtual.

Em suma, a descrição de produtos é a chance de informar ao cliente todas as informações relevantes sobre o produto, responder as principais dúvidas, e como o produto irá solucionar algum problema.

Como funciona na prática?

Imagine tentar vender um par de sapatos impermeáveis sem dizer que são impermeáveis ou tentar vender camisas ecologicamente corretas sem dizer que elas foram feitas com fibras têxteis sustentáveis.

No varejo tradicional, dificilmente isso acontece. Pois as lojas físicas têm funcionários disponíveis para fornecer ao cliente qualquer informação sobre os produtos.

Como comprador, você também pode interagir fisicamente com o produto e tirar todas as dúvidas na hora antes de decidir comprá-lo ou não.

Já no varejo digital, é diferente. As descrições dos produtos tentam substituir a experiência de interagir com os produtos da loja.

Quando bem-feitas, essas descrições de produtos para e-commerce eliminam dúvidas e suposições, e garantem que os clientes tenham mais confiança para finalizar a compra

Elas são extremamente importantes para quem vende qualquer tipo de produto

Qual a importância de boas descrições?

Há muitas razões que justificam boas descrições de produtos. Vejamos aqui as principais.

A descrição complementa as fotos do produto

A primeira razão que explica a importância das descrições é o conteúdo descritivo e informativo que ajuda os clientes a entenderem exatamente sobre o produto.

Recursos visuais como as fotos e os vídeos ilustrativos do produto chamam a atenção do visitante da loja melhor do que o texto — isso pode ser verdade —, mas esses recursos podem ficar confusos ou distorcidos online.

Quantas vezes um produto pareceu uma coisa na tela e outra na vida real? As fotos podem valer mais que mil palavras, mas também podem mentir.

Com uma descrição detalhada, você pode sanar qualquer dúvida e complementar o que o visitante está vendo.

A descrição aponta detalhes não capturados por uma imagem. Isso pode incluir os materiais dos quais o produto é feito, suas medidas e como uma pessoa poderá usá-lo.

e-comclass - como fazer fotos profissionais

Acelera a decisão de compra

Outra razão para usar boas descrições de produtos é que elas influenciam a decisão de compra na loja virtual.

De acordo com levantamento da NZN Intelligence sobre a jornada de compra digital no Brasil, 88% dos consumidores buscam informações dos produtos antes de comprar.

As fontes dos consumidores online envolvem as avaliações de outros usuários acerca do produto e as próprias descrições na loja virtual.

Há grande chance de uma coisa levar a outra: vendo a descrição pobre de um produto, o que resta aos usuários é buscar a avaliação de antigos compradores, ou ainda pior, buscar o produto em outros sites de vendas.

Se não há avaliações disponíveis facilmente, não resta outra saída para o consumidor além de buscar o produto em outra loja virtual.

Você não quer que isso aconteça! Então, peque pelo excesso, descreva o máximo de informações e detalhes possíveis sobre o produto.

A longo prazo, boas descrições de produtos economizam seu tempo. Se elas respondem a possíveis perguntas, os clientes não precisarão enviar um e-mail para tirar uma dúvida.

Além disso, há uma chance menor de os clientes se incomodarem com a falta de informações da loja e abandonarem o carrinho.

Carrinho abandonado: por que acontece e como recuperar as compras esquecidas pelos clientes?

Aumenta a confiança

O fato do seu cliente não poder ver e segurar o produto faz com que ele se sinta bem mais inseguro ao fazer o pedido.

É aí que entra um dos maiores benefícios de uma descrição: ela vai prover todas as informações possíveis e fazer com que essa pessoa sinta confiança de que a mercadoria é justamente o que ela precisa.

Ao ler o texto, o consumidor pode tirar todas aquelas dúvidas comuns que surgem durante a jornada de compra.

Gera desejo

Além de suprir aquelas carências típicas de uma compra online, a descrição sobre a utilidade e os detalhes do item tem o objetivo de despertar desejo e mexer com as emoções do consumidor.

Servindo de complemento para a foto. Para isso, é preciso conhecer estratégias para deixar o texto interessante. Sobre elas, falaremos um pouco mais para frente.

Faz o produto ser encontrado

A essa altura do campeonato, você já deve ter ouvido falar o quanto otimizar textos para mecanismos de buscas como o Google faz com que o site tenha boas posições na SERP e seja encontrado no meio de tanta concorrência, certo?

Na descrição de produtos, você pode usar palavras-chave adequadas, fazendo com que eles fiquem mais visados e os usuários os encontrem.

Desafoga canais de comunicação

Há alguns anos, ainda quando a internet estava começando a ser mais acessível a todos e algumas marcas começaram a anunciar seus serviços em sites, as empresas precisavam lidar com um grande número de chamadas telefônicas.

Eram consumidores querendo tirar dúvidas sobre a aquisição.

Com o tempo, o canal para diminuir incertezas passou a ser as redes sociais.

Imagine dezenas de pessoas mandando mensagens diariamente, perguntando exatamente a mesma coisa!

Deixar todas as informações relevantes no texto descritivo evita esse desgaste e faz com que a sua loja virtual possa focar em outras atividades estratégicas, gerando mais produtividade.

Evita que o usuário procure o concorrente

É comum acontecer de um consumidor entrar na loja virtual, visualizar os itens e não sentir tanta confiança assim na compra, já que não existe uma descrição suficientemente detalhada.

No entanto, ele não vai desistir de ir atrás do seu objeto de desejo. Ele vai procurar outro e-commerce que tenha produtos parecidos com os primeiros e que sejam mais descritivos.

Com isso, a falta de informações dá espaço para a concorrência ganhar mais um cliente.

Como a descrição influencia no aumento das vendas?

A descrição do produto é o seu discurso de vendas. Lembre-se de que ela deve informar o cliente assim como faria um vendedor em uma loja física.

Pense que seu potencial cliente não está na frente do produto, e a descrição é o principal guia de compra nesse momento.

Estratégia de branding

Como as descrições apresentam um relato do que você vende e os detalhes dos seus produtos, você poderá usar esse espaço para fortalecer a personalidade do seu negócio.

Em outras palavras, a descrição dos produtos pode ser usada como uma grande estratégia de branding.

Para isso, você deve buscar a combinação ideal entre linguagem técnica, frases de efeito e palavras-chave.

A ideia é imprimir a personalidade do seu negócio e aumentar a chance de o usuário comprar os produtos da sua loja virtual.

Dica de especialista: como criar conexões fortes com seu cliente através das estratégias de Branding.

Atrai tráfego orgânico dos mecanismos de busca

Quando as pessoas pesquisam produtos ou serviços específicos no Google, o mecanismo de busca pode ler as palavras-chave e outros dados de SEO do seu site para selecionar os conteúdos mais relevantes para os usuários.

SEO significa Search Engine Optimization (Otimização para Mecanismo de Busca), e é algo que você deve ter em mente quando for criar uma descrição de produto para e-commerce.

Descrições de produtos são estrategicamente escritas com palavras-chave que tornam mais fácil para os mecanismos de pesquisa encontrarem seus produtos.

Isso significa que a página de produto da sua loja virtual pode atrair tráfego orgânico quando possui uma descrição bem feita, e com aplicações de técnicas de SEO.

Clientes em potencial que buscam o produto no Google podem considerar comprar na sua loja quando a página está bem ranqueada.

Com mais pessoas encontrando seu site, você obterá mais visitantes e mais vendas.

Conversões mais altas sinalizam para o Google que você tem um bom site, e isso ajudará a ter uma classificação no ranking ainda mais alta.

Como fazer uma boa descrição de produto?

As descrições dos produtos no e-commerce são, muitas vezes, negligenciadas ou subutilizadas, e isso pode ser algo arriscado.

É fácil preencher essa área com informações pouco atraentes ou simplesmente copiar as especificações de fábrica do seu fornecedor. Isso deve ser evitado a todo custo.

Embora possa levar algum tempo, recomendamos que você tenha descrições de produtos bem escritas, pois consequentemente irá ajudar a aumentar as vendas e a receita do seu negócio.

Mas, para quem a palavra escrita não vem naturalmente, elaborar descrições de produtos de qualidade pode levar muito tempo.

Se você já ficou sentado vendo o cursor de texto piscando sem ideia nenhuma do que escrever, provavelmente já se perguntou: existe uma alternativa?

Bom, saiba que existe! Consulte as dicas que separamos abaixo para evitar o branco e escrever descrições de produtos impecáveis.

Conheça seu público

Conhecer o perfil de quem busca seus produtos é algo indispensável para criar uma boa descrição — se você ainda não criou uma persona, realmente deveria.

O perfil do seu cliente ideal pode ajudar, na verdade, em várias atividades da sua empresa.

Quando se trata de descrições de produtos, um bom perfil do cliente ideal ajudará você a perceber o que é realmente importante para o público.

Por exemplo, se você vende artigos esportivos voltados para natação, provavelmente tem um público diferente de alguém que vende artigos esportivos de futebol.

Conhecer a intenção e a motivação do seu cliente para comprar esses artigos esportivos definitivamente deve afetar a forma como você escreve sobre eles na loja virtual.

Se você trabalha em um nicho de mercado, talvez já saiba o quanto é importante focar no seu público e “falar a língua dele”.

No entanto, se o seu grupo-alvo não for muito de nicho, pode ser melhor evitar jargões técnicos ou específicos do setor.

Responda a perguntas importantes antes de escrever

É importante selecionar informações específicas que vão orientar as descrições dos produtos. Veja quais são as perguntas para buscar as respostas certas:

  • Como me dirijo aos clientes (o tom ideal): linguagem casual ou formal?
  • Quem é meu cliente típico (persona)?
  • Por que eles precisam do produto?
  • O que eles esperam do produto?
  • Onde eles vão usar o produto?
  • Que informações adicionais posso oferecer a eles para melhorar a experiência do cliente?

Essa lista é uma mistura de perguntas sobre produtos e perguntas do cliente.

De um lado, as perguntas sobre o produto são relativamente fáceis, especialmente no que diz respeito às especificações dele.

De outro, saber como você quer se dirigir ao seu público e que tipo de linguagem eles usam pode ser um trabalho mais complexo — depende da sua compreensão da persona —, embora seja algo essencial para a personalidade da sua loja virtual.

Responder a essas perguntas sobre o produto (e uso do produto) antes de começar a escrever tornará mais fácil saber quais recursos destacar na descrição.

Use técnicas de SEO

Embora SEO seja um assunto cheio de nuances, existem algumas regras básicas que colocarão sua loja virtual confortavelmente à frente daquelas que não usam SEO.

Algumas das regras são:

  • identifique palavras-chave promissoras: alto volume de pesquisa e baixa concorrência são ideais;
  • use palavras-chave naturalmente no corpo do texto, bem como no título e em meta-descrições;
  • use títulos e subtítulos em ordem;
  • Utilize Heading Tags para sinalizar ao Google qual a hierarquia de importância das informações

Como definir a ordem das palavras-chaves?

Outra ação importante é saber quais são os lugares ideais para cada palavra-chave ser inserida. Veja algumas dicas:

Título: ele aparece destacado nos resultados do Google. Ter a palavra-chave primária aqui aumenta as conversões.
URL: o endereço do link precisa estar otimizado, sem aquele aglomerado de letras que não significam muita coisa. O ideal é que seja curto e legível.
Texto: a descrição contará com as keywords primária e secundária definidas por você.
Tags: muitos sites aceitam tags. Se o seu for desses, não deixe de aproveitar a oportunidade.

Categorias e subcategorias: organizar categorias é bastante recomendado. Além de melhorar o layout da loja e fornecer boa experiência de compra, é mais um lugar para as palavras-chave serem encaixadas.

Descrição de produtos: Loja Nature Center

Como incluir informações técnicas na descrição?

Elas têm a ver com a aparência do produto, com suas funcionalidades, características, ou modo de usar, e na maioria das vezes, estão ligadas a uma decisão mais racional, já que o consumidor vai analisar os dados apresentados, a fim de prever se o item atende ao que ele próprio precisa.

Dessa maneira, seja conciso e objetivo nessa parte, ressaltando cada detalhe das características.

Além disso, deixe esse tipo de informação para o final, já que no início, o ideal é fisgar o consumidor pelo lado emocional, despertando sensações e o desejo de consumo.

Apesar da objetividade, também preze pela clareza. Por exemplo: o material da jaqueta é de couro autêntico ou sintético?

O primeiro agradaria um público que busca mais durabilidade e não se importa de pagar a mais por isso.

O segundo atrairia vegetarianos e veganos. Saber esse tipo de detalhe excluiria um desses grupos, mas não mencioná-lo poderia excluir os dois. Outra dica é fazer um benchmarking.

Navegue pelas lojas ou pelos perfis dos seus concorrentes no Mercado Livre e analise as perguntas feitas por lá.

Provavelmente são as mesmas dúvidas dos seus clientes. Anote-as e tente respondê-las durante a sua descrição.

Para deixar essa parte mais organizada, faça uso de bullet points, inserindo em cada um algum dado diferente, além de negrito, a fim de destacar a informação mais relevante.

Descrição de produtos: Loja Nature Center

Confira também: E-book gratuito: SEO para e-commerce — Sua loja no topo do Google!

Foque nas vantagens do produto

Uma boa descrição é aquela que foca naquilo que o produto vai agregar para o público.

Não se trata de apenas apresentar os recursos, como se estivesse escrevendo uma peça técnica. Falar das vantagens requer mais criatividade e saber usar a intenção do público.

Para capturar totalmente a atenção do seu cliente, você deve escrever uma descrição articulada e que responda às perguntas que seu cliente terá quando pensar em seu produto.

Como seu produto irá solucionar e resolver algum tipo de problema, ou como seu produto fará seus clientes se sentirem mais felizes ou mais produtivos?

Certifique-se de usar alguns adjetivos positivos e que chamem atenção.

Uma descrição que fala sobre o “design elegante” do produto é muito mais atraente do que uma descrição que fala sobre “o design vermelho” do produto.

A descrição do produto aborda tanto as características do produto quanto seus benefícios.

Todas essas informações ajudam a situar o potencial cliente e fazer com que a página do seu produto alcance um ranking mais alto nos resultados de pesquisa do Google.

Descrição de produtos: Loja Nature Center

Use o storytelling

Se você conhece o que o seu cliente típico está procurando nos produtos, já tem o que é preciso para tocar o seu lado emocional e aumentar as chances de vendas.

Como fazer storytelling na descrição de produto?

Uma maneira de ilustrar as funcionalidades do seu produto e ainda educar o seu cliente é contando pequenas histórias.

Em vez de descrever as vantagens do produto, você pode engajar o visitante em breves ações em que ele pode usar o produto.

Use verbos de ação para colocar o visitante no papel ativo de quem vai usar o produto.

Digamos que você é um cliente e encontra essa descrição para um par de botas:

Enfrente qualquer terreno. Vá a qualquer lugar. Faça o que quiser e pare de se preocupar com os seus sapatos.

As botas X ajudam a manter a água longe dos seus pés, permitem que eles respirem e dão flexibilidade para sua passada. Detalhes:

  • Proteja seus pés com cabedal impermeável;
  • Sinta-se bem com o couro feito com as melhores práticas de gerenciamento de água, energia e resíduos;
  • Mantenha-se seco e confortável em qualquer clima graças à textura impermeável.

Live: Aprenda como usar o storytelling para conquistar clientes!

Esteja por dentro das tendências

A partir do momento em que você sabe quais são as principais características da persona da sua loja, procure pelas tendências que possam interessar a esse perfil.

Para uma loja de camisetas que tenha como público pessoas jovens e divertidas, por exemplo, é importante identificar seriados e personagens mais adorados.

Saber quais são os festivais de música mais esperados e os filmes que estão para estrear. Na comunicação, pode dar certo conversar com eles por meio de memes e piadas.

Para um e-commerce esportivo, com foco no público masculino, provavelmente cairia bem comentar sobre as últimas lutas de UFC ou Premier League.

Já uma marca de moda feminina elegante e jovem pode ser estratégico acompanhar os passos de influenciadores de moda, por exemplo.

Você pode acompanhar as tendências e preferências por páginas no Facebook, Instagram, TikTok, Pinterest, pelo Trending Topic do Twitter e até pelo Google Trends.

Melhore a experiência de leitura

É extremamente importante deixar as descrições dos seus produtos com um padrão de formatação de texto que facilite a leitura do cliente.

Por exemplo, a maioria dos consumidores não quer ficar atolado em grandes parágrafos de texto. Isso pode deixar as informações visivelmente confusas para o leitor.

Então, opte por parágrafos curtos e rápidos sempre que explicar informações por extenso, como as maneiras que o cliente pode usar o produto.

Mas talvez a principal dica sobre como ter uma descrição agradável para leitura, é sempre manter um padrão de formatação de texto na vertical.

Ou seja, padronize uma formatação de texto para sua descrição de produto segmentando tópicos e texto logo abaixo, se atentando ao espaçamento entre linhas, e evitando parágrafos intermináveis.

Jamais copie descrições de produtos

Não é difícil imaginar que uma descrição de produto é encontrada em várias subpáginas de um site. Os clientes também podem encontrá-la em diferentes sites do segmento.

Como você pode prever, esse tipo de prática não parece atraente nem confiável.

Copiar textos tanto de outras lojas virtuais quanto de seu próprio site é percebido pelo algoritmo do Google como plágio.

Quando isso acontece, além de perder um pouco da credibilidade do visitante, você pode receber um alerta do próprio Google informando o ocorrido.

Outras consequências incluem a diminuição do tráfego orgânico, dificuldade de indexar novas páginas e o baixo ranqueamento nos resultados de busca.

Por essas razões, é tão importante criar descrições exclusivas para cada produto vendido na sua loja virtual.

Ferramentas que ajudam a criar descrições

A melhor descrição do produto não apenas convencerá os clientes de que eles querem seu produto, mas que precisam dele e não podem viver sem ele.

Mas nem sempre é fácil escrever uma descrição com esse poder. Nesses momentos, você pode contar com a ajuda de geradores de descrição.

Os geradores de descrição de produtos aproveitam o poder da inteligência artificial para produzir descrições de produtos de qualidade em questão de segundos.

Aqui estão dez exemplos de geradores de descrições:

  • Jarvis;
  • WriteSonic;
  • Rytr.me;
  • Copysmith;
  • Hypotenuse AI;
  • HotShp;
  • Ginnie;
  • Descrii Product Description Generator;
  • AdZi Product Description Generator;
  • Snazzy AI.

Claro, eles são bons, mas a tecnologia ainda não está tão avançada para se comparar com redatores profissionais.

Um redator pode mergulhar na mente do seu comprador ideal e criar uma descrição que agrada aos seus desejos mais sinceros.

A diferença dos geradores automáticos é que eles normalmente se concentram no produto. Essa diferença é sutil, mas pode ter um efeito profundo em suas taxas de conversão.

O problema é que produtos como anéis de noivado e pacotes de férias podem não gerar descrições automáticas de qualidade, já que envolvem um grande apelo emocional.

No geral, os geradores podem fazer um bom trabalho, desde que o resto do seu design de marketing e usabilidade da loja virtual estejam no ponto.

Então, caso você tenha uma certa habilidade para escrever e precise apenas de um norte, você pode também utilizar o SEO Writing Assistant do SemRush.

Esta é uma ótima ferramenta para te indicar as palavras chaves diretas e indiretas que aumentariam o potencial da sua descrição.

Basta você inserir essas palavras chaves enquanto escreve, e a própria ferramenta já irá mostrar uma pontuação aproximada, dizendo se o seu conteúdo está bom ou ruim.

Quais as consequências de não apostar em boas descrições?

Veja quais são os riscos que você passa quando não investe em descrições exclusivas, criativas e focadas nas necessidades do público.

Impacto negativo na fidelidade do cliente

Quando a descrição apresenta informações detalhadas e úteis do produto, há chances maiores de um cliente voltar para realizar outras compras.

Com descrições ruins, por outro lado, seus clientes pensarão duas vezes antes de comprar na sua loja, principalmente se um concorrente apresentar melhor o mesmo produto.

Menos pedidos

Descrições e imagens inadequadas transmitem insegurança ao visitante da loja, que pode acabar preferindo buscar o produto em outro site.

Se um cliente não tem certeza sobre os atributos de um produto, é menos provável que gastem seu dinheiro.

Quando isso acontece, qualquer chance de construir uma conexão positiva com esse cliente é perdida.

Devoluções frequentes

Quando os clientes não têm uma ideia clara do que vão receber devido à falta de especificações do produto, é mais provável que fiquem desapontados com a compra e solicitem a devolução dos pedidos.

Isso é particularmente desafiador em alguns segmentos, como em lojas de vestuário.

Cada produto devolvido custa caro à sua loja virtual, tanto em reabastecimento e acompanhamento de atendimento ao cliente quanto em perda de fidelidade.

Baixa visibilidade nos mecanismos de busca

O Google (o principal mecanismo de busca do mundo) exige descrições detalhadas dos produtos para classificar seu site em boas posições nos resultados de busca.

Descrições de produtos precisas e completas melhoram o seu ranqueamento nos mecanismos de pesquisa e, por sua vez, suas vendas.

Do contrário, descrições vagas ou incompletas diminuem as chances de alcançar uma alta taxa de tráfego orgânico para o seu site.

Erosão da marca

Se a sua marca busca criar uma sensação de transparência e segurança para se conectar aos clientes, eles podem se confundir ao se depararem com descrições ruins dos produtos.

O branding desenvolve um conjunto de expectativas sobre como você interage com os clientes. Logo, se o seu site não atender a essas expectativas nos mínimos detalhes, a reputação da sua marca será prejudicada à medida que os clientes perderem a confiança em você.

E a confiança perdida, meus amigos, é muito difícil de ser recuperada.

Por essa razão, as descrições devem projetar sua marca com precisão em seu tom e sua transparência ao falar sobre os produtos.

Insatisfação do cliente

Uma descrição escaneável e detalhada, que apresenta as informações técnicas e as principais maneiras de usar o produto, cria as condições para a satisfação do cliente.

Qualquer interrupção desse fluxo, como descrição copiada, pobre de informação ou inexistente, pode atrasar a compra.

Somente quando os clientes tiverem segurança em suas informações, eles se sentirão confiantes e se converterão em seguidores da marca.

As melhores descrições de produtos criam confiança com os usuários e fazem sua empresa parecer legítima.

Ao escrever a melhor descrição de produto, sua loja virtual poderá vender por conta própria e seus clientes poderão comprar com facilidade.

Como você pode perceber, a descrição de produto é algo muito sério e impacta diretamente nas vendas de um produto, por isso se atentar a cada detalhe é extremamente importante.

Não há comentários ainda. Seja o primeiro a escrever um.

Deixe seu comentário