Cyber Monday: o que é, quando ocorre e como se preparar para a data?

A Cyber Monday é um evento semelhante à Black Friday, porém, ele ocorre após essa data. Criada nos Estados Unidos, a data comercial foi criada para estender as vendas do mês de novembro e continuar oferecendo boas condições aos clientes dispostos a aproveitarem as promoções de final de ano.

A Cyber Monday é uma data comercial muito benéfica para o e-commerce, porque é totalmente voltada para o comércio eletrônico.

Ela veio como uma forma de potencializar as vendas da Black Friday e, justamente por isso, ocorre poucos dias depois.

Já é uma data que ganha cada vez mais a atenção do consumidor brasileiro e as lojas online devem saber como se preparar para otimizar as vendas e oferecer uma boa experiência de compras para os clientes.

Quer saber o que é a Cyber Monday e quais cuidados tomar para que o seu e-commerce esteja preparado para as vendas nessa importante data? 

Se sim, este artigo é para você. Não deixe de ler até o final!

O que é Cyber Monday e quando ela ocorre?

A Cyber Monday é um evento comercial do calendário norte-americano, que em uma tradução livre, poderia ser: segunda-feira cibernética. 

A Cyber Monday passou a ser usada no mercado dos Estados Unidos no ano de 2005 e já ganhou popularidade no Brasil, desde 2012.

O objetivo da Cyber Monday, que acontece sempre na segunda-feira posterior à realização da Black Friday, é promover as vendas online no mês de novembro. 

Isso porque é uma data totalmente voltada para o comércio eletrônico.

Para se ter uma ideia, essa data comercial movimentou em 2021 cerca de R$ 827,4 milhões, um resultado 17,7% superior se comparado ao de 2020. Os dados são da Neotrust.

Como já mencionamos, se trata de uma data com descontos especiais totalmente voltados para o comércio eletrônico. 

Assim sendo, os grandes beneficiados com essa importante data, são os proprietários de e-commerce.

Apesar de ter como foco os produtos eletrônicos, a data já conta com outros tipos de produtos e adaptações.

Com o nome de Black Monday,  outros nichos também passaram a aproveitar o grande volume de vendas que acontece no dia.

Qual a relação da data com a Black Friday?

A Cyber Monday, apesar de acontecer em uma data separada, está diretamente ligada à Black Friday. 

Tanto é, que a segunda-feira em que ela acontece, é a segunda posterior à Black Friday. 

Como já é sabido, a Black Friday ocorre um dia após o Dia de Ações de Graças, importante data nos Estados Unidos.

A segunda-feira que sucede à Black Friday, é a data oficial da Cyber Monday. 

Devido ao sucesso das ações da Black Friday, os varejistas e empresários norte-americanos já buscavam maneiras de prolongar as vendas da Black Friday.

Com o intuito de impulsionar o faturamento das lojas antes das vendas de natal.

Devido a sua data de criação, a Black Friday foi desenvolvida e utilizada nos estabelecimentos comerciais físicos. 

Como na época de sua criação ainda não existia a internet, as lojas físicas eram o único meio dos varejistas trabalharem.

Contudo, com a popularização das vendas online e, mesmo com e-commerces atuando na Black Friday, os varejistas norte-americanos perceberam a oportunidade de criar uma data comercial exclusiva para o comércio eletrônico.

Foi assim que Cyber Monday surgiu e seu objetivo principal era esse — impulsionar ainda mais as vendas antes do natal.

10 dicas para vender mais na Cyber Monday

Agora que já sabemos a importância e o leque de oportunidades que a Cyber Monday oferece aos varejistas, é o momento de saber como se preparar para a data e aproveitar o máximo do seu potencial de vendas. 

Confira agora, 10 dicas para você vender ainda mais na Cyber Monday. Vamos lá!

1. Garanta a eficiência das operações

É muito importante, assim como em outras datas comemorativas, preparar todas as operações do negócio para que possam suprir o grande aumento das demandas. 

Assim, é preciso reavaliar os processos para ter certeza de que nenhum deles irá congestionar o andamento do negócio durante a Cyber Monday.

Para tanto, é preciso garantir uma boa gestão de estoque, para que existam produtos realmente disponíveis e que o volume maior de pedidos não faça com que faltem produtos no estoque.

Ou pior, que compras sejam feitas, mas que o produto não esteja mais disponível.

É preciso, também, dialogar com os fornecedores para garantir que eles tenham capacidade de fornecer a matéria-prima, ou mesmo os produtos. 

Isso porque em um único dia, o número de pedidos tende a ser muito volumoso, como mostramos no início deste artigo.

2. Tome a Black Friday como base

Como a Black Friday já é uma data mais conhecida dos lojistas e dos consumidores, ela se torna uma boa média para prever o volume de vendas da Cyber Monday. 

Não somente para prever um número de vendas, mas para entender o que já deu certo nas edições da Black Friday e o que precisa ser alterado na estratégia de vendas.

Essa pode ser uma importante fonte de insights que mostra quais foram os produtos mais procurados, quais foram os mais vendidos. 

Outro ponto importante, é que a Cyber Monday pode ser uma importante oportunidade para vender os produtos que ficaram parados no estoque durante a Black Friday.

Tomar a Black Friday como base para a Cyber Monday é uma boa forma de estudar a estratégia dos concorrentes.

Entender também a sua própria estratégia, conhecer as tendências de mercado, as demandas do público e outras ações que ajudam a aumentar o faturamento do negócio.

3. Estruture bem as promoções

A Cyber Monday funciona como um complemento da Black Friday, sendo uma grande oportunidade para continuar as boas vendas.

É importante lembrar, que os consumidores já fizeram bastante pesquisa nos dias anteriores e durante a Black Friday, para encontrar as melhores oportunidades, os melhores preços.

Assim, os clientes estão mais preparados para encontrar as melhores oportunidades, mas também estão muito mais engajados para fazer compras.

Logo, essa data é uma das melhores oportunidades para conquistar definitivamente os consumidores que ficaram indecisos durante a Black Friday.

Com promoções especiais e condições diferenciadas, as vendas do e-commerce podem surpreender.

Existem muitas maneiras de oferecer condições especiais, como uso de cupons de desconto, frete grátis, preços mais competitivos, entre outros.

Como fazer promoção: 11 dicas para chamar a atenção do seu cliente e ainda ter lucro!

4. Invista no remarketing

Uma estratégia que pode ser muito eficiente para a data, é investir em remarketing.

O remarketing atua com foco em alcançar potenciais clientes que já demonstraram algum tipo de interesse em produtos, mas não efetivaram a compra.

Por exemplo, aqueles consumidores que colocaram um produto no carrinho de compras do e-commerce, mas não compraram.

É possível criar uma lista, por meio, do abandono de carrinho para impactar novamente esses consumidores e concretizar as vendas.

Existem muitas formas de fazer remarketing. Uma delas e a mais eficiente é como contar com uma boa estratégia de e-mail marketing.

Apesar de parecer antiga, a prática é ótima para incentivar ainda mais os usuários que interagiram com a marca durante a Black Friday a efetivarem a compra no Cyber Monday, por meio de condições ainda mais especiais.

Portanto não deixe de utilizar essa poderosa estratégia!

5. Aposte na urgência

A Cyber Monday pode ser vista como um complemento para as vendas da Black Friday, já que acontece em uma data muito próxima.

Portanto, é possível induzir os consumidores a acreditarem que essa pode ser a última oportunidade de contar com as condições especiais que só a Black Friday consegue oferecer.

Utilizar o gatilho mental da urgência é outra estratégia muito eficiente para o momento. É possível utilizar os canais de comunicação e vendas da marca, para potencializar esse gatilho de urgência.

Por exemplo, nas redes sociais, é possível fazer stories com contagem regressiva para aproveitar a data especial, bem como usar expressões de marketing, como “Última chance” e “Corra para aproveitar”.

6. Atente-se aos horários

Ficar de olho nos melhores horários também é muito importante para aproveitar ao máximo as vendas. Isso porque em outras edições, constatou-se que alguns horários caracterizavam picos de vendas.

Logo, saber quais são os melhores horários para investir em ações promocionais mais efetivas ajudará a empresa a conquistar melhores resultados.

7. Cheque a plataforma

Durante a data, as vendas acontecem exclusivamente pelos canais digitais da empresa, como o e-commerce.

Logo, seria um grande erro não deixar os canais otimizados.

Como é de se esperar, o volume de acessos no e-commerce tende a crescer acima da média e é preciso garantir que o servidor dará conta desse volume simultâneo de acessos e compras.

Caso a plataforma de vendas não suporte os acessos, as chances do consumidor encontrar outra empresa mais preparada para o evento, e compra dela é muito grande.

Com isso, garanta uma boa estrutura para que os consumidores possam fazer compras da melhor maneira.

O guia completo e definitivo de como escolher uma plataforma de e-commerce

8. Qualifique os canais digitais

Assim como a plataforma de e-commerce, todos os canais digitais devem estar otimizados para o volume de acessos durante a Cyber Monday.

Isso porque de nada adianta boas promoções se os usuários não conseguirem acessar as promoções.

Além disso, caso haja defeito em alguma etapa da divulgação, como falta de organização no disparo de

e-mails para o remarketing, os potenciais clientes podem não receber as condições especiais a tempo e a empresa perde o timing de vendas que a data oferece.

9. Tenha um suporte de atendimento

Por mais bem planejada que a empresa estiver para a data, imprevistos podem acontecer, já que o volume de busca, acesso e compras será maior em todos os canais.

Alguns imprevistos podem ser na entrega, na efetivação do pagamento ou no mau funcionamento de alguma etapa de vendas.

Como não é possível garantir que imprevistos aconteçam, o ideal é estar preparado para solucioná-los da melhor forma possível.

Com canais de atendimento em todos os pontos de vendas online, o e-commerce consegue oferecer um suporte para todas as etapas para evitar que algum contratempo se reverta na perda de vendas.

Outro ponto importante de garantir, é o suporte e os canais de atendimento.

A experiência de compras do cliente ainda é um fator determinante, mesmo quando os preços estão em condições especiais.

É fundamental ter uma equipe para sanar os problemas, mas também, para tirar as principais dúvidas e contornar as objeções de vendas com o máximo de agilidade e qualidade.

10. Crie estratégias de marketing para a data

Preparar condições especiais, deixar a estrutura de vendas pronta para um grande volume, são estratégias fundamentais para aproveitar a Cyber Monday.

Contudo, os consumidores devem saber quais são as promoções e conhecer as iniciativas da empresa.

Por esse motivo, é preciso criar ações de marketing voltadas para a data.

Começar a divulgar as promoções com antecedência é uma maneira muito positiva de criar expectativa e fazer com que o consumidor chegue bem informado sobre as promoções e produtos no dia da data comercial.

Produtos mais buscados na Cyber Monday

Por mais que a data já não esteja restrita aos produtos eletrônicos, eles ainda são os mais buscados durante a Cyber Monday.

Para que fique mais fácil auxiliar os empreendedores online, separamos uma lista com os produtos mais vendidos nas edições anteriores. Veja a seguir!

Notebooks

Como é um produto de uso pessoal e profissional, o notebook nunca saiu de moda e as atualizações dos modelos não param de surgir.

O notebook é um dos produtos mais procurados e teve um número muito expressivo de vendas durante a Cyber Monday passada.

Smartphones

O smartphone é outro eletrônico que já tem funcionalidade pessoal e profissional para milhões de pessoas.

Existem atualizações constantes e modelos novos não param de surgir. É sem dúvidas uma boa opção para aumentar as vendas na data.

Games

Um mercado em constante ascensão e que movimenta bilhões todos os anos, os games são excelentes oportunidades para promoções de eletrônicos que a data proporciona.

Esse mercado oferece possibilidade de aparelhos, jogos, cadeiras e diferentes ferramentas que são usadas pelos chamados gamers.

Gadgets

Esses são produtos que funcionam como acessórios funcionais e complementam outros eletrônicos.

Os smartwatches ou pulseiras inteligentes são exemplos de gadgets que estão cada vez mais comuns entre os consumidores nacionais e internacionais.

SmartTVs

As SmartTVs também oferecem possibilidade de vendas para os lojistas, porque é um produto com bastante procura e que está ganhando cada vez mais adesão dos brasileiros.

É um segmento eletrônico que não sai de moda.

A Cyber Monday é uma data comercial voltada para as vendas online.

É, portanto, uma excelente oportunidade para os e-commerces aumentarem o faturamento e complementarem as volumosas vendas da Black Friday, já que as duas datas são complementares.

Apesar da grande oportunidade de vendas que a Cyber Monday oferece, existem práticas e cuidados que devem ser tomados para imprevistos sejam evitados e eventuais problemas sejam contornados sem prejuízos.

Datas sazonais de 2023: veja quais não podem faltar no seu calendário para impulsionar as vendas!

Não há comentários ainda. Seja o primeiro a escrever um.

Deixe seu comentário