Como fazer para vender minhas fotos online e faturar bastante?
Você sabe quais são os custos do marketplace? Veja todos agora!

Criar site de vendas: veja os itens básicos para começar a vender

Publicado em: • Última Atualização:

Devido ao cenário econômico muitas pessoas estão investindo em negócios próprios seja para aumentar a renda ou para iniciar um novo caminho profissional. Com isso, muitos empreendedores investem em criar sites de vendas devido aos bons resultados do e-commerce.

Apenas no primeiro semestre de 2018 houve um crescimento de 12,1% nas vendas do comércio eletrônico no Brasil em comparação ao mesmo período do ano anterior, de acordo com pesquisa da Ebit/Nielsen, o que explica o motivo pelo qual muitos profissionais têm investido nesse segmento.

Pensando nisso, destacamos 5 itens indispensáveis que devem ser planejados pelo lojista para começar uma loja virtual e ter sucesso na atuação online.

Escolha uma boa plataforma

A plataforma é um item fundamental do e-commerce, pois são as características dela que vão influenciar a viabilidade e praticidade do processo de compra para o cliente.

Alguns fatores devem ser definidos de antemão para fazer uma escolha mais acertada, como nicho de atuação, faixa de renda dos clientes e público-alvo da loja. Resolvidos esses aspectos, deve-se avaliar questões mais técnicas, como:

Segurança

Existem dois níveis de segurança que devem ser verificados pelo lojista. O primeiro refere-se a confiabilidade da parceira e para saber essa informação é importante pesquisar lojas que atuam com a plataforma, conhecer o volume de vendas, problemas, vantagens etc. Uma dica é pesquisar a fornecedora no Reclame Aqui, analisando se há queixas e quais são as mais comuns.

Garantindo que a reputação da empresa é boa, deve-se partir para outro nível de segurança: a que a plataforma disponibiliza para lojista e clientes. Assim, é importante que sejam verificadas quais ações de segurança são implementadas, codificação, servidores e outras variáveis que garantam um site mais estável e protegido para realizar transações comerciais.

Integração

O lojista também precisa avaliar a disponibilidade de integrações nativas na plataforma de e-commerce, verificando se é possível conectar-se com marketplaces, ERPs (sigla para Planejamento dos Recursos da Empresa), meios de pagamento, ferramentas de marketing, entre outros.

Esses recursos são importantes, pois permitem que a loja virtual torne-se mais robusta e completa, proporcionando mais segurança e praticidade no gerenciamento, pois a gestão pode ser realizada em um único local.

Escalabilidade

Muito associada à integração está a escalabilidade da plataforma. Atualmente, a migração é um processo trabalhoso e complicado, sendo fundamental escolher um fornecedor que possa acompanhar a loja nos diferentes níveis de maturidade e vendas que ela possa ter.

Assim, verifique se a plataforma possui essa disponibilidade que permita que a loja virtual cresça sem precisar migrar para outra que suporte um maior tráfego e volume de vendas.

No quesito plataforma de e-commerce, portanto, os critérios estão bastante relacionados, de forma que uma solução com melhor integração consequentemente proporcionará maior escalabilidade e segurança, por exemplo.

Ofereça diversas formas de pagamento

Um segundo aspecto que deve ser considerado são as formas de pagamento que serão disponibilizadas na loja. É importante que o lojista conheça as opções disponíveis e os prós e contras de cada uma para uma escolha mais acertada. Conheça as principais a seguir.

Intermediador de pagamento

Entre os principais intermediadores de pagamento estão PagSeguro, Moip, Yapay, PayPal e outros. Essas soluções são indicadas para lojistas que estão começando, pois a parceira garante toda a estrutura de segurança, com análise de risco da transação, avaliação de crédito, segurança de dados e outros.

Nesses casos, a responsabilidade pelas fraudes é do intermediador, entretanto, há um custo maior devido essas garantias, reduzindo a margem de lucro por transação.

Gateway de pagamento

O gateway, como Rede e Cielo, é uma opção melhor para lojas mais estruturadas, pois oferece uma margem maior, mas toda a infraestrutura de segurança é de responsabilidade da loja virtual, além de exigir uma negociação a parte com cada operadora, o que é bastante trabalhoso e pode ter como poder de barganha um maior volume de vendas.

Divulgue seu e-commerce

Devido a alta concorrência nos canais digitais, é essencial que o lojista ao criar o site de vendas atente-se desde o início aos canais de divulgação que serão usados para alcançar um maior volume de vendas. Destacamos dois deles a seguir, acompanhe!

Marketplaces

Os marketplaces são canais de vendas consolidados, como o Mercado Livre, Americanas, Casas Bahia e outros. A integração permite que o lojista comece a atuar em sites com um alto tráfego, o que resulta em melhores chances de vendas, consistindo em uma estratégia eficaz para divulgação do e-commerce até ele consolidar-se e ter clientes próprios.

Marketing digital

Outra solução que deve ser pensada para aumentar as chances de vendas são as estratégias de marketing digital. As mídias pagas, por exemplo no Facebook, Google e Instagram, são boas opções para divulgar os produtos e alavancar as vendas com custos acessíveis.

É importante saber como divulgar nesses canais ou contratar uma agência especializada para dar suporte nessas ações e alcançar melhores resultados com elas.

Também deve-se investir em tráfego orgânico, que pode ser conquistado com boas descrições de produtos, palavras-chaves e blog próprio. Apesar de mais demorada a consolidação, essa opção é menos custosa e permite atrair e reter clientes por meio de informação e relevância.

Planeje a logística

Um item básico para criar um site de vendas é definir a questão logística. É fundamental oferecer ao cliente diferentes opções de entrega e garantir o cumprimento dos prazos estipulados. São duas as principais alternativas:

  • Correios: opção bastante comum para pequenos lojistas, os Correios têm presença em todo o país e agilidade na entrega, entretanto, as interrupções nos serviços aparecem como um aspecto preocupante dessa escolha;
  • transportadora: essa opção é bastante ágil e em geral com cobertura nacional, mas para que os custos sejam acessíveis é preciso que se tenha um fluxo de entrega elevado.

O rastreamento é um quesito atendido pelas duas opções. O fundamental é avaliar cada aspecto para definir qual a melhor logística para a loja, se Correios ou transportadoras.

Escolha os fornecedores

Para garantir o funcionamento adequado da loja virtual com preços competitivos é essencial escolher os fornecedores com consciência e análise. São diversos os critérios que devem ser usados nesse quesito, como:

  • confiabilidade da empresa fornecedora;
  • prazo de reposição e entrega das mercadorias;
  • disponibilidade dos produtos-chave da loja;
  • formas de pagamento aceitas e período de crédito;
  • preços praticados.

Dessa forma, a escolha dos fornecedores envolve outros quesitos além dos preços, pois de nada adianta comprar as mercadorias com valor abaixo do mercado e ter problemas na entrega ou disponibilidade futura do parceiro.

Todos esses quesitos devem ser avaliados previamente pelo lojista para começar a vender, pois tratam-se de itens básicos sem os quais o gerenciamento do e-commerce não vai funcionar e pode resultar em prejuízos para o empreendedor.

Criar site de vendas não é difícil, mas exige escolhas acertadas no planejamento e bons parceiros, como na definição da plataforma, dos fornecedores, das estratégias adotadas, da logística e dos meios de pagamento.

Quer saber mais como criar e gerenciar um e-commerce de sucesso? Assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos!

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Criar site de vendas: veja os itens básicos para começar a vender
5 (100%) 2 votos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *