Cor de botão para comprar: qual é a melhor para sua loja virtual?

Quem observa hoje as imagens do ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, brincando com crianças em seu antigo escritório ou cumprimentando funcionários pelo corredor da Casa Branca talvez não acredite que, por um bom tempo, ele não foi o grande nome dos democratas para a corrida eleitoral norte-americana.

É isso mesmo: lá em 2007, era Hillary Clinton a carta que o partido tinha na manga para concorrer contra os republicanos. No entanto, por mais incrível que pareça, foi a escolha certeira do texto e da cor de um botão em uma página que acabou virando o jogo e favorecendo Obama nas prévias.

Na prática, se esses detalhes são tão poderosos, imagine o que a cor de botão para comprar certa pode fazer para seu e-commerce! Quer saber como alavancar seus resultados usando a Psicologia das cores a seu favor? Então acompanhe!

Não deixe seus usuários com dúvida

Muita gente acredita que a palavra design tem a ver com beleza e estilo. No entanto, o termo na verdade diz respeito a 2 elementos que não necessariamente têm a ver com beleza. Estamos falando de forma e função. Assim, um item com bom design não só apresenta uma forma agradável aos olhos, mas executa sua função da melhor maneira possível.

No caso de uma loja virtual, isso significa entregar para o usuário aquilo que ele procura com uma ótima experiência. Para o dono do negócio, o combo forma + função gera melhores resultados. Dito isso, fica claro: um botão de compra com um bom design seria aquele que tem um conjunto de cor e texto reconhecíveis, que não deixam o usuário pensar.

Não deixar com que o visitante pense demais em suas ações é uma das 11 atitudes que podem melhorar a experiência do usuário em seu e-commerce. E não é por menos! Quanto menos a pessoa tiver que pensar se uma ação é correta ou não, menos chances ela terá de abandonar uma página ou até mesmo um carrinho de compra já cheio de produtos.

Por tudo isso e muito mais, o ideal é criar chamadas diretas, sem rodeios, para os botões da sua loja. Isso além de, é claro, escolher as cores que melhor representem a ação de compra para o usuário — detalhe importantíssimo que pode ser resolvido com a ajuda da Psicologia das cores.

Não duvide da força da Psicologia das cores

Em 1810, o alemão Johann Wolfgang von Goethe lançou um livro intitulado Teoria das cores. Lá, como o próprio nome já diz, procurou explicar um pouco mais sobre a influência das cores sobre o psicológico dos seres humanos. Basicamente, a ideia era de que, graças à nossa evolução e à incidência das cores na natureza, alguns tons conseguem transmitir emoções sem qualquer auxílio de imagem ou texto. Assim:

  • o azul seria capaz de transmitir confiança, segurança e responsabilidade;
  • o vermelho daria uma ideia de cuidado e atenção;
  • o verde seria a cor mais agradável aos olhos, passando a noção de prosperidade.

Mas é preciso ter em mente um detalhe: a força e o significado de uma cor pode mudar de acordo com a cultura de uma sociedade. O preto, por exemplo, representa mal e má sorte na Tailândia e no Tibet, enquanto na China significa confiança e alta qualidade. Por isso, é essencial levar em conta a representação cultural da cor e como ela se encaixa na identidade visual da empresa.

Identidade visual

Para que qualquer usuário tenha uma boa lembrança da experiência estabelecida com uma marca, é necessário que o negócio trabalhe sua identidade visual. E isso inclui até os botões de ação do site.

Se você entrar agora nos sites de grandes nomes do comércio eletrônico, como Submarino e Amazon, vai perceber a existência de um conjunto de cores nos menus que misturam um pouco da Psicologia das cores com os tons adotados pelas marcas. Tudo com base no contraste, a fim de chamar a atenção para onde é necessário, e na combinação dessas cores. Pois é aí que entram as seguintes ferramentas:

  • Kuler: colocando uma cor na tela dessa ferramenta da Adobe, ela automaticamente encontra seus tons complementares;
  • Material design: aqui, o Google entrega uma grande paleta de tons que podem ser usados na web, com todas as suas possíveis escalas — além de várias dicas sobre como criar um bom esquema de cores.

Mas será que a história toda acaba quando você encontra um bom esquema de cores? É claro que não!

Não se esqueça dos testes

Encontrar um bom esquema de cores para o botão de compras não é algo que acontece automaticamente, assim que você acha o conjunto mais bonito de tons. Na verdade, é preciso também testá-lo.

Como você pode conferir no post original de Dan Siroker, responsável pela otimização das páginas da campanha do Obama em 2007, para encontrar o conjunto perfeito de imagem, texto e cores capaz de trazer os melhores resultados para o democrata, foi preciso fazer diversos testes — todos respeitando os conceitos de design, Psicologia das cores e a identidade visual do partido.

E você também não só pode como deve fazer vários testes no seu site, viu? Para isso, conte com a ajuda de algumas das principais ferramentas de monitoramento do consumidor sobre as quais já falamos por aqui!

Google Analytics

Com o Analytics, você consegue entender quais são as páginas mais acessadas, quanto tempo os usuários passam por ali e até mesmo de onde eles vieram. É possível saber, assim, se determinada cor de botão está realmente convertendo bem ou não.

Hotjar

O Hotjar é uma ferramenta que cria mapas de calor das páginas do seu site, indicando onde as pessoas mais clicam ou deixam o mouse parado — o que pode significar que o usuário ficou em dúvida durante a navegação.

Smartlook

O Smartlook funciona como Hotjar, criando mapas de calor e vídeos com a navegação do usuário. A diferença é que esse recurso consegue transmitir tudo em tempo real para quem observa os comportamentos dos usuários.

O lado mais importante do acompanhamento dos cliques (ou da falta deles) em um botão de compra é otimizar os resultados do seu site, não deixando por conta do acaso ou do mero achismo o desempenho de suas páginas. Em outras palavras: se, com um bom design de usabilidade, um bom entendimento de Psicologia das cores e de identidade visual, você encontra um norte para seguir, com esses testes você descobre se está realmente no melhor caminho.

Como você viu por aqui, encontrar um bom conjunto de texto e cores pode fazer toda a diferença tanto para o futuro de uma nação como para seu negócio. Por isso, trate de pensar bastante na hora de escolher a cor de botão para comprar em sua loja virtual!

Está pronto para montar sua loja virtual? Clique aqui e cria sua loja na melhor plataforma do Brasil.

Por fim, se curtiu nosso post, aproveite para compartilhá-lo em suas redes sociais!

Cor de botão para comprar: qual é a melhor para sua loja virtual?
Avalie esse artigo!

Curtiu? Compartilhe!

Faça um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked