Email Marketing: Saiba tudo sobre como torná-lo um canal de vendas
7 passos para escolher corretamente o layout de loja virtual

Como fazer o controle de estoque no marketplace em 6 passos

Publicado em: • Última Atualização:

Se você já leu nosso post “Como aumentar as vendas da sua loja virtual com marketplace” e está prestes a iniciar as vendas por meio de um shopping virtual, este post é para você. Também é para quem já vende na internet há tempos, em diversos canais, mas ainda tem dúvidas de como fazer o controle de estoque no marketplace dar certo.

Normalmente, o que acontece é que você fica com trabalho dobrado, já que tem que comparar seu estoque com as vendas realizadas no seu e-commerce e também no marketplace. Mas não se preocupe, tudo o que você precisa é respirar fundo e organizar as coisas. Nós vamos te ajudar com isso!

Unifique seu inventário

Você tem um controle para o e-commerce e outro para o marketplace? Chega de enxergar seu negócio de maneira segmentada, você precisa de uma visão global para poder melhorar sua gestão. Sendo assim, dedique algumas horas para fazer seu inventário, registrando todos os produtos em um único local.

Você deverá fazer o controle de estoque no marketplace e na loja virtual neste mesmo lugar para que saiba exatamente o que saiu, quando, se é necessário repor e quantas unidades devem ser compradas para abastecer seu estoque.

Evite ter controles dispersos porque se torna muito fácil perder de vista o que deve ser feito, como a reposição do estoque. Sem contar que, ao unificar o inventário, você estará poupando tempo e retrabalho.

Uma boa forma de começar a organizar o seu estoque e melhorar a gestão tanto no e-commerce quanto no marketplace é adotando um sistema ERP para commerce. Neste post damos algumas dicas de como escolher a melhor ferramenta para o seu negócio.

Atualize o estoque em tempo real

Aquela velha mania que temos de deixar tudo para depois pode comprometer seu desempenho e atrapalhar o controle de estoque no marketplace. Pensar que é possível atualizar as saídas de produtos somente no final do dia ou pior, no final da semana, pode dar margem a erros graves, como vender produtos que você não tem mais.

O ideal é que você registre cada venda e dê baixa no estoque no momento em que ela ocorre, garantindo que não haverá problemas no momento de enviar o produto para o consumidor. Além disso, quanto antes você fizer este procedimento, mais rápido o pedido será separado e enviado, melhorando a percepção de valor do cliente em relação à qualidade da entrega e o cumprimento dos prazos.

Acompanhar as movimentações de estoque em tempo real também permite que você conheça melhor o ciclo de vendas dos seus produtos, o que refletirá em uma gestão de demandas mais eficiente. Conforme melhora a precisão das suas compras, menores são os custos com a manutenção do estoque e mais lucrativo se torna seu e-commerce.

Atente-se aos prazos dos fornecedores

Ficar sempre com um estoque mínimo de produtos pode ser vantajoso do ponto de vista financeiro, mas se de repente há uma alta na demanda por determinado produto, você perde oportunidades de vendas.

É por esse motivo que você precisa saber exatamente qual é o prazo de entrega dos seus fornecedores. Se um fornecedor leva um dia para entregar uma nova remessa de produtos, não faz tanta diferença para você, a reposição do estoque se dá rapidamente. Entretanto, se a demora é de uma semana, o melhor é ter sempre uma margem de segurança.

Tenha sempre uma margem de segurança

Margem de segurança é uma quantidade “a mais” de produtos que você tem em estoque para suprir qualquer eventualidade, como uma troca ou vendas acima do normal. Uma boa margem de segurança é ter 10% a mais de produtos do que você está acostumado a vender por mês.

Por exemplo, se você vende 10 unidades do produto A e 40 unidades do produto B por mês, você deverá ter 1 unidade a mais do produto A e 4 unidades a mais do produto B para casos de emergência.

Só tome muito cuidado para não acabar com esse estoque encalhado nas prateleiras. Verifique sempre se houve saída ou não destes produtos e, no caso de não haver nenhuma saída, incorpore-os ao estoque a ser vendido e substitua-os por produtos novos, da próxima compra, para não perder prazos de validade.

Seja sincero

De nada adianta manter um produto anunciado no marketplace se você não tem ele em estoque e não tem previsão de reposição do mesmo no curto prazo. Por mais que não seja um produto com grandes saídas, se um consumidor interessado aparecer, fechar a compra e não receber a mercadoria conforme prometido, sua imagem estará arranhada para sempre. O mesmo vale para o seu e-commerce.

Você pode simplesmente tirá-lo da sua lista de produtos até que tenha uma nova remessa ou ainda deixar o produto em exposição, informando que está em falta. Neste caso, abra um canal de comunicação para que o consumidor peça para ser avisado quando o produto estiver disponível. É uma boa maneira de manter contato com ele e mostrar que você quer mesmo atendê-lo.

Integre e-commerce e marketplace

Todas essas ações podem ficar muito mais fáceis se você tiver uma plataforma de e-commerce que possibilite a integração com o marketplace. Ao integrar as duas lojas, você estará integrando também o controle de estoque, reduzindo consideravelmente suas preocupações por uma gestão mais eficiente neste sentido.

Além disso, a integração entre e-commerce e marketplace vai te ajudar a gerir melhor sua loja virtual, seus ganhos, suas vendas, seu portfólio de produtos e a sua logística. Isso porque boa parte dos processos se tornam automatizados, dispensando trabalhos manuais de controle e lançamento de dados.

Ah, e não podemos esquecer de dizer que nessa integração você também melhora sua gestão financeira, já que os marketplaces têm ferramentas bastante eficientes para controlar entradas, taxas, adiantamento de valores e pagamentos futuros.

Com o controle de estoque em dia, você já pode pensar em expandir as vendas, correto? Então que tal começar se preparando para a Black Friday 2016? Confira nosso post especial sobre este tema e saiba o que você precisa fazer para ter sucesso neste grande dia!

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Como fazer o controle de estoque no marketplace em 6 passos
1 (20%) 1 voto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *