Consumo verde: o que é e como usá-lo a favor da sua loja?

A necessidade de transformar os padrões de consumo dos indivíduos e o modo produção é perceptível no contexto atual. Para isso, diversos […]

A necessidade de transformar os padrões de consumo dos indivíduos e o modo produção é perceptível no contexto atual. Para isso, diversos setores empresariais, governo, agentes sociais e ONGs têm buscado alternativas com definições e acordos que permitam a transição para modelos econômicos mais sustentáveis.

Nesse cenário, a economia está diretamente relacionada à sustentabilidade. No entanto, a estrutura do modelo econômico tradicional não considera as necessidades para o desenvolvimento sustentável, o qual acentua as desigualdades, incentiva o desperdício, provoca escassez de recursos e gera ameaças ao meio ambiente e a saúde humana informações do site do Pnuma.

 

É aí que entra o consumo verde, uma alternativa econômica que resulta em melhoria do bem-estar da humanidade e igualdade social, enquanto reduz os riscos ambientais e a escassez ecológica, gerando, assim, um desenvolvimento sustentável.

Para que você saiba mais sobre o assunto, abordaremos, neste artigo, como o consumo verde pode ser aproveitado pelo e-commerce para aumentar as suas vendas. Continue a leitura e confira!

O que é o consumo verde e por que ele está em alta no momento?

De modo geral, o conceito de consumo verde visa tornar a economia que temos atualmente em um modelo mais sustentável, por meio da inclusão social, do uso consciente dos recursos naturais, de baixa emissão de carbono, entre outras medidas que ajudam a valorizar o meio ambiente.

Em outras palavras, trata-se de um modelo econômico que leva em consideração não só o preço e a qualidade dos produtos, mas as questões ambientais envolvidas no processo de produção, de distribuição e de descarte de cada item.

A ideia de sustentabilidade tem sido amplamente discutida nas últimas décadas. O motivo é simples: diante dos diversos problemas ambientais, a sociedade tem se tornado cada vez mais consciente. Afinal, as novas gerações apresentam um modo diferente de enxergar o mundo e o consumo em si, com um olhar muito mais responsável nesse aspecto, buscando transformar seus hábitos de consumo.

Portanto, para atender essa demanda e criar um vínculo maior com os consumidores, as empresas passaram a incorporar o consumo sustentável em seus valores, identidade e produtos. E o e-commerce não poderia ficar fora disso!

Como o consumo verde pode ser favorável para as lojas virtuais?

Ao contrário do que muitos pensam, mesmo uma empresa que trabalha digitalmente pode impactar o meio ambiente. Afinal, pense que, nessa modalidade também existem processos como a fabricação, o transporte e a venda dos produtos.

Ao adotar medidas sustentáveis em suas operações, o e-commerce se posiciona como uma organização comprometida com procedimentos ecologicamente adequados. Essa conduta é fundamental para a preservação do meio ambiente, assim como para a situação financeira do seu negócio.

Essa tendência sustentável também contribui para a construção de uma imagem positiva do negócio, o que faz com que as lojas virtuais consigam atrair um público maior, fortalecer suas marcas no mercado e garantir o aumento das vendas.

Além disso, o consumo verde é vantajoso para as lojas virtuais pois podem ajudar diretamente na redução dos custos e na otimização dos processos do seu negócio. Afinal, o objetivo das ações sustentáveis é justamente economizar e reutilizar os recursos, assim como implementar estratégias que simplifiquem a sua infraestrutura e logística.

Como adotar o consumo sustentável no e-commerce?

Em geral, quando as empresas adotam o consumo sustentável, significa que a loja reconhece sua responsabilidade ecológica e social, utiliza seus recursos de modo consciente e colabora para a discussão sobre a importância da sustentabilidade no e-commerce.

Agora que você já conhece mais sobre o consumo verde, mostraremos como aproveitar essa tendência no e-commerce, por meio da adoção de práticas que visam reduzir o impacto das atividades no meio ambiente. Confira, a seguir, nossas dicas!

Utilize embalagens recicláveis ou biodegradáveis

As embalagens são essenciais para o e-commerce, pois garantem a proteção dos produtos no envio para os clientes. Contudo, elas também são fonte de uma quantidade enorme de resíduos. Por isso, trocar as embalagens por materiais recicláveis ou biodegradáveis é uma ótima aposta.

Outra dica é repensar no design das embalagens. Uma caixa muito grande para uma mercadoria pequena, por exemplo, gera desperdício de recursos e aumenta o frete. O ideal é diminuir o tamanho da embalagem, para assegurar a proteção dos produtos, sem o desperdício de material.

Tenha rotas eficientes de logística

Otimizar as rotas de logísticas é uma forma de diminuir tanto os custos com as entregas como a poluição gerada. Isso porque, ao organizar e implementar ferramentas de gestão no transporte e no estoque, é possível reduzir ao máximo os desperdícios.

Nesse caso, uma ótima dica é oferecer opções de entrega mais sustentáveis, como a retirada no local para quem mora perto. Isso pode agradar o cliente por não precisar pagar o frete e fará você economizar com transporte. Além disso, busque parceiros mais próximos para ajudar nas demandas de entrega.

Invista na logística reversa

Como o próprio nome sugere, a logística reversa consiste no fluxo inverso dos produtos. Ou seja, é um processo feito a partir da coleta dos produtos inutilizáveis por parte da empresa que os produziu. Essa prática é importante para ampliar o ciclo de vida do material processado pela indústria, reduzindo a geração de resíduos descartados no ambiente e a exploração de recursos naturais.

No e-commerce, por exemplo, o processo de devolução e de troca deve ser bem estruturado e alinhado, visto que os consumidores têm, por lei, o direito ao arrependimento e, consequentemente, podem solicitar a devolução do produto.

Trabalhe com fornecedores sustentáveis

A sua rede de fornecedores também deve ser formada por instituições que compartilhem os mesmos valores que o seu negócio, isto é, sejam conscientes e adotem práticas sustentáveis. Afinal, não adianta a sua loja implantar diversas ações em prol do meio ambiente, se os fornecedores não tiverem o mesmo comprometimento social. Dessa forma, priorize os parceiros que tenham o modo de produção verde e sejam preocupados com a sustentabilidade.

Promova campanhas e divulgue-as

Após adotar estratégias sustentáveis na sua empresa, é importante promover e/ou apoiar campanhas e projetos nesse sentido. Não se esqueça também de divulgar as suas ações nos canais de comunicação do seu negócio. Isso mostra o seu engajamento com o meio ambiente, reforçando a imagem da sua marca para o público e conscientizando outras pessoas sobre os benefícios de ter um e-commerce sustentável!

Com essas dicas, os resultados serão positivos em diversos aspectos, inclusive econômicos, já que os consumidores buscam cada vez mais por marcas que tenham consciência ambiental e utilizem do negócio para agregar valor.

Por fim, lembre-se que o consumo verde chegou para ficar e se adaptar a esse novo conceito é o único jeito de sobreviver ao mercado competitivo futuramente, já que os consumidores buscam cada vez mais fazer negócios apenas com empresas sustentáveis.

Quer saber mais novidades sobre o e-commerce? Leia agora o nosso artigo sobre “Checklist de loja online” e conheça os principais aspectos que você não pode esquecer ao montar o seu negócio!

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário