Last mile: entenda o que é e quais os impactos na sua loja virtual
Saiba o que é a buy box da B2W e como se destacar com ela!

Veja 9 dicas de como vender pelo Facebook

Publicado em: • Última Atualização:

O comércio online é um dos empreendimentos mais promissores nos dias de hoje. O fato de podermos ter clientes de qualquer lugar do país torna as oportunidades de sucesso ainda maiores. No entanto, para termos êxito na atividade, é importante dominar diversas ferramentas, sabendo, inclusive, como vender pelo Facebook.

As vantagens de comercializar pela plataforma são várias. Lá já existe um grande público, que tem bastante conhecimento de como funciona a rede social. O fato de haver o Messenger deixa a comunicação com os clientes bem mais ágil e prática. Além disso, as interações com as postagens são mais próximas, pela própria dinâmica inerente ao espaço.

Aproveitar essa chance tende a ser rentável para a marca. Acompanhe a leitura e veja as melhores dicas de como vender pelo Facebook e alcançar ótimos resultados!

1. Conheça o seu público

O primeiro passo quando fazemos uma venda é entender quem é o público do outro lado. É apenas conhecendo os objetivos, os desejos e as dores dessas pessoas que podemos entregar produtos e serviços que possam superar suas expectativas.

No marketing digital, falamos muito em buyer persona, um termo referente à representação de um cliente semifictício. A partir de uma pesquisa feita com os nossos melhores compradores, levantamos informações como:

  • idade;
  • localização geográfica;
  • profissão;
  • renda mensal;
  • marcas e produtos preferidos;
  • hobbies;
  • responsabilidades do dia a dia;
  • tipos de assuntos e conteúdos que a pessoa acompanha;
  • aspirações;
  • problemas, entre outros.

Tenha em mente que os dados subjetivos são essenciais, pois ditam a personalidade desse nosso consumidor ideal e orientam todas as estratégias para a marca.

Caso você esteja iniciando no mercado e ainda não tenha um público formado, é possível conseguir certas informações básicas ao observar os concorrentes mais diretos. Com o tempo, realize pesquisas para otimizar esses dados.

2. Faça uma página para o seu negócio

Ter a página do próprio negócio torna a empresa mais profissional, gerando mais seriedade e confiança. Além do mais, a plataforma disponibiliza funcionalidades para páginas comerciais, tornando o planejamento e o acompanhamento das interações mais práticos.

Aproveite para inserir todas as informações da empresa, a fim de deixá-la bem transparente. Isso faz com que os novos clientes conheçam um pouco mais do seu trabalho.

Além de incluir CNPJ da marca, endereço e alguma forma de contato (e-mail ou telefone, por exemplo), atente-se ao texto que deve ser inserido na aba “Sobre”. É importante apresentar a empresa, mostrar o que ela faz, há quanto tempo existe, quais são os objetivos perante a sociedade etc. Na parte “Público preferido da página”, é possível colocar informações referentes à persona criada, o que ajuda a direcionar os conteúdos às pessoas certas.

3. Abra a loja

Depois de ter criado a página, vá na aba “Configurações”, clique em “Editar página” e depois em “Adicionar guia”. A opção “Loja” aparece no canto esquerdo, juntamente a itens como vídeos e fotos.

Fazendo isso, a plataforma disponibiliza vários recursos, permitindo ao lojista adicionar produtos, fotos, descrições e preços. Isso facilita o processo de compra para os usuários, que entram no Facebook e desejam fechar negócio por lá mesmo.

4. Use a comunicação humanizada

Um dos principais aspectos de diferenciação nas vendas é o tratamento que cada vendedor dá ao cliente. A comunicação humanizada e de forma agradável aproxima mais a marca do consumidor, sendo, inclusive, uma forma de conseguir mais fidelizações.

Procure dar plena atenção a cada pergunta realizada e comentário feito, seja por inbox, seja nas postagens. Na hipótese de reclamações, tente solucioná-las o mais rapidamente possível, respondendo a mensagem da pessoa. Não se esqueça de que mesmo não havendo interações, sempre há uma plateia observando o posicionamento da empresa.

5. Planeje as publicações

Outra dica fundamental de como vender pelo Facebook é fazer um delineamento de práticas, como a frequência ideal de postagem e os tipos de conteúdos. Tenha em mente que é importante ser bem ativo na página, pois isso chama a atenção dos seguidores, dos novos usuários e melhora o alcance dos posts. A previsibilidade e a organização na periodicidade tornam o negócio mais confiável.

Além disso, evite misturar vida pessoal e profissional. No Facebook, isso pode ser tentador às vezes, já que as pessoas estão bem acostumadas com compartilhamentos de fotos e momentos mais íntimos. No entanto, não é muito apropriado misturar as postagens da loja com, por exemplo, fotos da família — a menos que isso tenha um contexto conveniente com a mercadoria.

6. Faça boas descrições

Não importa o canal de venda: as descrições de produtos precisam ser impecáveis, contendo tanto informações mais objetivas quanto outras mais abstratas. Nas primeiras, colocamos dados como dimensões, materiais e cores. Nas segundas, falamos como cada mercadoria pode ser usada, para que tipo de público se destina, as sensações que ela proporciona etc.

De forma resumida, enquanto as primeiras informações respondem dúvidas mais básicas, as segundas devem estimular a vontade da compra. Tudo isso é fundamental, visto que as aquisições desse modo não permitem que o consumidor experimente ou veja o item pessoalmente.

7. Integre a página à loja virtual

Que tal unir o útil ao agradável e aproveitar essa oportunidade do Facebook para conseguir mais tráfego para o site do e-commerce? Insira o link da página na aba “Sobre” e nas publicações. Essa é uma forma de aumentar a confiança por parte daqueles clientes que procuram mais informações antes de concluir as compras.

Essa estratégia também é importante porque redes sociais costumam ficar obsoletas com frequência. Essas plataformas fazem a fama por alguns anos e logo caem em desuso. Invista no seu próprio site, pois depender apenas de rede social para vender não é indicado.

Ao ter o seu próprio e-commerce você consegue customizá-lo e trabalhar mais o SEO, conseguindo boas posições nas buscas do Google.

8. Use ferramentas para acompanhar a estratégia

Mais uma dica é acompanhar as interações dos usuários e as vendas realizadas — as famosas métricas. No caso do Facebook, a plataforma já disponibiliza ferramentas próprias para analisarmos todos os aspectos.

É preciso avaliar como tem sido a receptividade do público em cada postagem e produto, pois isso possibilita que façamos otimizações, de modo a conseguir mais conversões nas vendas.

9. Invista em anúncios

O Facebook Ads é outra funcionalidade da rede que permite aumentar o sucesso nas vendas. A ideia é gerar anúncios mais direcionados a um público. É possível criar campanhas para que cada mercadoria atinja pessoas específicas.

Se você vende calçados femininos e masculinos, por exemplo, pode segmentar a propaganda de cada vertente, selecionando o sexo, a idade e algumas preferências do consumidor.

Com todas essas dicas de como vender pelo Facebook, você já consegue obter ótimos resultados. Anunciar na rede — seja de forma orgânica, seja de forma paga — tende a gerar várias vantagens, como o aumento da autoridade da marca, da quantidade de clientes e a multiplicação das vendas. Não deixe de aproveitar essas oportunidades!

Gostou do conteúdo? Pensou em alguma sugestão não abordada aqui? Restou alguma dúvida? Deixe um comentário!

 

Aprenda mais com o quadro Escola Responde:

 

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Veja 9 dicas de como vender pelo Facebook
Avalie esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *