Como vender pelo Facebook: 13 dicas que funcionam de verdade!

Se você quer vender pelo Facebook precisa conhecer seu público. Depois disso, abra uma página da sua loja no Facebook, configure a sua loja virtual dentro da rede social. Crie coleções de produtos e faça boas descrições. Não esqueça de fazer promoções e anúncios no Facebook, com isso a sua página irá alcançar ainda mais pessoas.

Não é segredo para ninguém que o Facebook é a rede social mais popular do mundo, contando com uma quantidade avassaladora de usuários em praticamente todos os países. Portanto, saber como vender pelo Facebook é essencial para todo empreendedor.

Isso é mais uma demonstração de como as redes sociais têm transformado o mundo, nos dando uma enorme conectividade com as pessoas.

Entretanto, as redes sociais não mudaram apenas a nossa forma de nos relacionar com as pessoas, mas também de fazer negócios.

Na era dos e-commerces e marketplaces, o mundo digital tem se provado cada vez mais importante para a sobrevivência e ampliação das lojas e comércios.

Diversas redes sociais têm se tornado palco para realização de vendas e comércio, como, por exemplo, o WhatsApp ou o próprio Facebook.

Ficar de fora dessa pode ser sinônimo de desperdiçar uma grande oportunidade!

Quer descobrir como vender pelo Facebook?

Então siga com a gente que nós vamos te explicar tudo que você precisa saber sobre o assunto!

Como vender pelo Facebook

Como mencionamos no tópico anterior, o Facebook pode ser um grande aliado para a realização das suas vendas, entretanto, é importante saber fazer bom uso dele para obter os resultados esperados.

Por isso, separamos 13 dicas para ajudar você a lucrar com a rede social!

Está preparado? Então continue com a gente para descobrir mais!

1. Conheça seu público

Entender com quem você está falando é de extrema importância dentro de absolutamente qualquer área do comércio.

Para quem já trabalha há algum tempo no varejo, ou já está acostumado a lidar com o comércio digital, sabe que a segmentação de um público-alvo, a partir de muito estudo e pesquisa, é uma das melhores práticas que você pode ter.

Não é difícil compreender o tamanho da importância dessa prática dentro do comércio, basta pensarmos pelo ponto de vista do consumidor.

Se você estivesse a poucos cliques de distância de qualquer outro portal, você optaria por continuar em uma página que não conversa com você, nem apresenta o tipo de mercadoria que você está buscando?

Provavelmente não.

Entendendo bem o público-alvo e a persona com que estamos tratando, podemos compreender as suas dificuldades, anseios, e necessidades, e dessa forma, nos antecipar a eles.

Tanto apresentando um produto que efetivamente seja a solução para o seu problema, quanto nos comunicando com uma linguagem mais efetiva com a pessoa, criando um outro tipo de vínculo.

2. Crie uma página no Facebook

Obviamente que um passo importante para ser bem-sucedido na venda de produtos no Facebook é possuir uma página dentro da rede social.

Entretanto, vale aqui fazer uma diferenciação entre possuir um perfil pessoal, ou de fato uma página da sua empresa.

Com a segunda opção, diversos recursos e opções ficam disponíveis, como, por exemplo, o uso de dark posts ou a definição de segmentos para o seu público.

Existem ainda outras opções como, por exemplo, a disponibilização do botão “compre agora”, que também pode ser de grande ajuda nas suas campanhas.

Além disso, com uma página própria do seu comércio, a imagem que você passa para o público é totalmente diferente, gerando um ar muito mais profissional.

E como sabemos, no comércio a impressão que os clientes têm de nós é fundamental, e por isso essa prática é tão importante.

3. Configure sua loja virtual

Outra dica importante é relativa a como será feito o gerenciamento da sua loja virtual dentro do Facebook.

De modo geral, existem duas formas principais de configurar a sua loja dentro da rede social.

Na primeira, você cadastrará manualmente cada um dos seus produtos ao Facebook Shop, para a realização das vendas.

Dentro dessa modalidade, você não terá nenhum custo adicional por parte de taxas, mensalidades, ou comissões pelas suas vendas.

A grande desvantagem, entretanto, é no caso de sua loja realizar um grande número de vendas em curtos períodos de tempo.

Isso porque praticamente não há procedimentos automatizados, forçando você a lidar com tudo manualmente, o que dependendo da demanda, pode tomar muito tempo e trabalho da sua parte.

Na segunda modalidade, as suas vendas acontecerão por meio de uma plataforma de e-commerce que permite conectar o seu catálogo ao Facebook Shop.

A principal vantagem, é que a maior parte dos processos são automatizados na própria plataforma, facilitando a sua logística, e economizando uma boa parcela do seu tempo.

Em contrapartida, o uso desse recurso não é gratuito, sendo cobradas taxas ou pequenas comissões sobre as vendas, dependendo do serviço que você está utilizando.

Não existe uma regra de qual opção é melhor, sendo necessário avaliar as condições de cada negócio e empresa, para determinar qual é mais apropriado para cada situação.

4. Adicione seus produtos na loja do Facebook

Caso você opte pela primeira opção, será necessário adicionar os seus produtos à sua loja no Facebook, mas como é que se faz isso?

Não é muito difícil, para dizer a verdade, basta acessar a guia “loja” e clicar em “adicionar produto”.

Logo após isso, ele solicitará uma série de informações sobre o produto, como nome, preço e descrição.

Feito isso, basta adicionar algumas fotos para dar a informação de forma mais completa, e então está tudo pronto.

O Facebook avaliará o seu pedido, e estando tudo dentro dos conformes, o seu produto será aprovado em até 24 horas.

Cadastrar os seus produtos no Facebook foi bem mais fácil do que você imaginava, não foi?

5. Crie coleções de produtos

Mais uma função muito útil do Facebook Shop, é a de criação de coleções dentro da plataforma.

De forma resumida, esse recurso te permite destacar alguns produtos e organizá-los por categorias, facilitando a vida dos seus clientes na hora de encontrar o que eles estavam procurando.

Para conseguir utilizar esse recurso, mais uma vez você deverá ir até a guia “loja”, mas dessa vez você clicará na opção “Adicionar Coleção”.

Depois disso, basta clicar em “+Adicionar Coleção” e então preencher os campos que solicitarão informações como o nome da coleção, por exemplo.

6. Faça boas descrições de produto

Sempre que alguém realiza uma compra online, existe uma pequena desvantagem com a qual ela precisa lidar, a qual é a de não ver o produto pessoalmente.

Isso afeta inúmeras questões, como a confiança do estado do produto, a noção do tamanho real do produto, e até mesmo a confiança de algumas pessoas que preferem ter o item em mãos antes de decidir.

Para lidar com essa barreira existem diversas abordagens que podem ser utilizadas, mas uma das mais importantes é a boa e velha descrição.

Ter atenção aos detalhes, e fazer uma descrição honesta e condizente com o produto é extremamente importante para evitar quebras de confiança com os clientes no futuro.

7. Promova sua marca através de anúncios

Outra dica que pode parecer óbvia, mas que costumeiramente passa despercebida, é utilizar anúncios no Facebook para promover a sua marca.

Entretanto, é importantíssimo ter muita atenção a como isso será feito, afinal, a maior parte das pessoas não está na rede social com o intuito de comprar.

Isso significa que os seus anúncios devem ser estratégicos, trazendo em destaque as informações mais importantes para os clientes, e intercalando com outros tipos de postagens.

Possuir boas imagens, descrição, e destacar o preço e as formas de pagamento e entrega do produto, é uma boa forma de tornar o conteúdo objetivo para os usuários, evitando a saturação.

8. Faça promoções

Como nós mencionamos antes, a maior parte das pessoas não usam as redes sociais com o intuito de consumir.

Entretanto, é bem comum que sigam páginas de lojas e comércios, com o intuito principalmente de serem os primeiros a saber, e ficarem sempre informados, de promoções e coisas do gênero.

Portanto, fornecer as tão desejadas ofertas e promoções para esse público é uma ótima forma de mantê-los engajados com a sua página, além de poder eventualmente até mesmo fidelizá-los.

9. Trabalhe com remarketing

Já aconteceu com você de ter pesquisado algum produto no Google ou em algum outro mecanismo de busca, e pouco tempo depois, passaram a aparecer propagandas relacionadas a ele?

Algumas pessoas acham isso estranho, outras nem notam, mas a verdade é que isso é uma estratégia conhecida como remarketing.

Sendo uma estratégia que tem crescido muito e se consolidado nos últimos anos em função da sua efetividade, ela consiste em analisar as buscas do cliente, para antecipar suas necessidades. Dessa forma, os produtos são oferecidos com base nas buscas recentes do cliente, fazendo com que o item permaneça na cabeça da pessoa, agilizando a jornada de compra.

Para conseguir adotar essa estratégia dentro do Facebook você precisará de um programa chamado pixel do Facebook.

Com ele instalado em sua loja virtual, você conseguirá rastrear as navegações dos usuários no seu site, facilitando a sua tomada de decisão nas campanhas.

10. Compartilhe conteúdos de qualidade

Nunca se esqueça que as pessoas estão nas redes sociais com o intuito de se descontrair e se informar sobre o que está acontecendo.

Isso é importante justamente porque o seu conteúdo deve adequar a essas condições, evitando ficar maçante.

Isso significa que você deve intercalar as suas propagandas de produtos com posts informativos e até mesmo descontraídos, para gerar engajamento e familiarização com a página.

Essa é uma estratégia muito utilizada em marketing de conteúdo, e costuma trazer muitos resultados.

11. Tenha fotos vendedoras

As imagens são uma ótima forma de também gerar engajamento, e podem ser muito úteis para outras coisas também.

Fotos bem tiradas, com boa resolução, e bem criativas podem chamar atenção e ajudar muito o engajamento da página em alguns posts.

Além disso, como nós já mencionamos anteriormente, o usuário pode se sentir muito inseguro com a realização da compra online, por não ter o produto em mãos.

Sendo assim, uma boa variedade de fotos, com boa qualidade, e diversidade de ângulos, pode ajudar a passar confiança ao cliente, fazendo-o concluir a compra.

12. Utilize um calendário de publicações

A frequência das postagens também é algo muito importante para garantir um ritmo agradável para os seguidores da sua página.

Esse equilíbrio está basicamente entre o postar tanta coisa que satura o usuário e ele se cansa de você, e o postar de forma tão espaçada que sua loja acaba sendo esquecida.

Utilizando uma agenda de postagens é possível organizar tudo isso de forma mais prática, e observar melhor o ritmo e seus resultados.

Além disso, existem algumas ferramentas, como, por exemplo, o Facebook Insights, que permitem visualizar os períodos de maior atividade do seu público.

Dessa forma, fica bem mais fácil montar a sua estratégia.

13. Acompanhe as métricas do seu negócio

Por fim, e um dos pontos mais importantes, é possuir métricas de avaliação de resultados para os seus negócios.

Afinal, para saber se você está indo na direção certa ou não, é necessário ter formas de medir os seus resultados a partir do que era esperado.

Com isso, você pode buscar identificar os seus problemas de estratégia e corrigi-los, além de investir mais nas abordagens que estão dando melhores resultados.

loja virtual com sacolinha das redes sociais

O que é F-Commerce?

A resposta para essa pergunta pode ser bem mais simples do que parece!

O F-Commerce nada mais é do que pertence ou existe dentro do Facebook.

Basicamente, nós estamos falando tanto daquele seu amigo que anuncia alguma coisa pela rede social, quanto lojas que efetivamente abrem uma loja virtual dentro do Facebook.

Ou seja, quando falamos de F-Commerce nós estamos falando de e-commerces dentro do Facebook.

Bem mais simples do que parece, não é mesmo?

Vantagens de vender pelo Facebook

Certo, nós falamos bastante de como fazer para utilizar o Facebook para realizar as suas vendas, mas será que você realmente quer fazer isso?

Para aqueles que ainda tem dúvidas se vale a pena, separamos aqui algumas vantagens de se vender por essa rede social.

Você está preparado? Então siga com a gente para descobrir tudo sobre cada uma das vantagens!

Os brasileiros passam muito tempo nas redes sociais

O primeiro ponto que precisa ser levantado aqui, é que em todo lugar do mundo, cada vez mais as pessoas dedicam uma parcela maior do seu dia para as redes sociais.

Apesar disso por si só já ser um grande ponto, a maior rede social do mundo é justamente o Facebook, sendo o centro da maior parte desse tempo dedicado a elas.

Mas calma, até nós temos algumas coisas interessantes, mas não acaba por aqui!

Além disso, tudo que foi mencionado, o país que passa em média mais tempo nas redes sociais é justamente o nosso!

A quantidade de tempo que nós passamos no Facebook é significativamente maior que a média dos países.

Ficar de fora desse nicho, é basicamente perder a grande possibilidade de utilizar essa plataforma ao seu favor nas vendas, e aqui no Brasil, isso faz ainda menos sentido!

A segmentação traz grandes resultados

Todos aqueles que trabalham no varejo ou com e-commerces a algum tempo já aprenderam, de uma forma ou de outra, o quão importante é a segmentação dos clientes.

O que acontece é que diferentemente do que a maior parte das pessoas acredita, o Facebook possui um poder de direcionamento extremamente alto, o que pode ser bem útil.

Podendo dividir o público-alvo por idade, gênero, localização, dados demográficos, interesses, comportamentos e até conexões, a plataforma oferece um vasto repertório de segmentação.

A plataforma ainda pode te permitir segmentar o público a partir do seu comportamento de compra recente, e até mesmo dos acontecimentos recentes da vida, como casamentos ou novos empregos.

O remarketing pode ser de grande ajuda

Nós já explicamos o que é remarketing, e o quão poderoso ele pode ser para a sua empresa, então não pretendemos nos estender aqui.

A ideia desse tópico vai ser apresentar quais as forças do remarketing quando utilizado dentro do próprio Facebook.

Curioso? Então continue com a gente.

Um dos seus pontos mais fortes dentro dessa rede social, é o que seu remarketing pode ser automatizado dentro do Facebook.

Com o público que você deseja atingir sendo cadastrado, com os anúncios que devem ser enviados, a própria ferramenta do Facebook cuidará dos usuários que acessarem o seu portal.

Além disso, o remarketing pode ser alinhado com o próprio uso de anúncios dentro do Facebook, deixando a ferramenta ainda mais poderosa.

O alcance orgânico do Facebook tem diminuído muito

É praticamente um consenso que o alcance orgânico do Facebook morreu. Se você possui uma página profissional, apenas algo em torno de 0,5% dos seus seguidores veem as suas postagens.

Já faz alguns anos que o alcance do Facebook tem diminuído, fazendo com que a única alternativa realmente viável seja a de recorrer aos anúncios pagos.

A boa notícia, dentro disso, é que realizar esses investimentos não é algo que demande muitos recursos, tendo opções que ficam próximas do preço de R$ 10,00.

Dito isso, não investir em anúncios dentro da plataforma é praticamente desperdiçar o seu tempo.

Você pode usar os botões de chamada

Outra vantagem de vender pelo Facebook é que a obtenção de informações dos clientes se torna muito mais fácil.

Como muita gente acessa a rede social pelo celular, a captura de leads de usuários de dispositivos móveis se torna muito prática.

Clássico exemplo disso é o uso do botão “Ligar agora”, que pode servir como captura de lead.

Com isso, informações como o e-mail do usuário ou então o seu número de telefone passam a estar disponíveis para serem trabalhadas.

É possível converter leads em clientes

Obviamente que o intuito dentro dos esforços gerados na rede social não é apenas aumentar seu movimento, mas sim a consequência disso, que são as melhoras nas vendas.

E o Facebook também pode te ajudar muito nisso!

Com as redes sociais tudo se tornou muito dinâmico, de forma que um mínimo procedimento que exija sair da página onde o usuário se encontra já se torna uma barreira.

Se você conseguir driblar essa barreira, é possível conseguir as informações do cliente, sem que ele perca o interesse em continuar, mas como fazer isso?

Criando anúncios que redirecionem para páginas de cadastro sem sair do Facebook, você provavelmente conseguirá escapar dessa armadilha.

Afinal o usuário conseguirá fazer tudo, sem sair da rede social.

As promoções podem ter grande impacto

A maior parte dos seguidores de páginas comerciais no Facebook não as acompanham por interesse de consumir naquele momento.

Na verdade, o que eles querem, é se manter informados, sempre de olho em quando alguma oferta, condição especial, ou promoção surgirá.

Sabendo disso, realizar promoções dentro do próprio Facebook gera muito mais força, principalmente se a compra puder ser feita sem sair da página.

Com o local da compra sendo o mesmo onde a pessoa se informa, as barreiras diminuem, e com a promoção, o interesse aumenta, sendo uma combinação perfeita.

Como criar uma loja no Facebook?

O primeiro passo para criar uma loja no Facebook é acessar a sua página na própria rede social.

Quando falamos página, não estamos falando do seu perfil pessoal, mas da fanpage do seu comércio.

Após isso, você deverá ir até as configurações e lá você buscará pela aba “Modelos e guias”, que deve estar no menu à esquerda da tela.

Depois, deverá aparecer para você uma área um pouco diferente, onde você encontrará um botão escrito “editar”.

Ao clicar nesse botão, uma grande variedade de opções ficará disponível para você, como nosso objetivo é ter um comércio, você deve clicar em “compras”.

Após isso, bastará confirmar essa opção, clicando no botão “Ok” que deverá aparecer.

Feitos esses procedimentos, a sua loja virtual estará criada, e você apenas precisará informar ao Facebook que tipo de loja ela será.

Muito simples, não é mesmo?

Tudo que você terá que fazer agora é configurar a sua loja e começar a ampliar as suas vendas!

Como vender pelo Facebook é uma preocupação importante para aqueles que desejam ampliar seus negócios e crescer.

Usando de algumas dicas, o comércio por meio da plataforma pode se tornar bem vantajoso, se tornando uma grande oportunidade para a sua loja.

Esperamos que tenha gostado do conteúdo, e gostaríamos de convidar você a baixar nosso e-book para continuar estudando mais sobre o assunto!

Não há comentários ainda. Seja o primeiro a escrever um.

Deixe seu comentário