Como vender e se destacar no MadeiraMadeira!

O MadeiraMadeira é a maior loja de produtos de casa do Brasil. São quase 10 anos de mercado e uma ótima oportunidade para os […]

MadeiraMadeira é a maior loja de produtos de casa do Brasil.

São quase 10 anos de mercado e uma ótima oportunidade para os e-commerces que vendem nesse segmento.

Afinal, se você vende pela plataforma, já sabe que o público está procurando produtos dessa categoria.

Além disso, o site recebe mais de 5 milhões de visitantes mensais, podendo ajudar muito a sua marca a vender mais.

Então, se você tem um e-commerce de móveis e produtos de casa, seja ele grande ou pequeno, marcar presença nesse marketplace pode fazer uma grande diferença.

Continue lendo o post e descubra como se destacar no MadeiraMadeira e vender mais.

Como Vender no MadeiraMaidera

Para começar a vender seus produtos no site, você irá precisar de uma conta de parceiro, uma vez que sua conta seja aprovada você deverá integrar sua loja virtual ao marketplace usando a integração da sua plataforma ou ERP, caso ela não existe você ainda pode fazer uma integração manual utilizando a API do MadeiraMadeira.

O processo passo-a-passo fica assim:

  • Acesse a página de Marketplaces no site clicando aqui.
  • Preencha os dados no formulário que se encontrar no fim da página.
  • Aguarde, seu cadastro será analisado e aprovação pode levar algumas semanas.
  • Uma vez que seu cadastro seja aprovado, você pode começar sua integração, via plataforma, ERP ou API.
  • Pronto, agora você já pode vender seus produtos no site da MadeiraMaidera.

Se você é cliente Tray, tem facilidades para fazer a integração, uma vez que seu cadastro seja aprovado, basta acessar o menu: “Meus Aplicativos >> Instalar Novos Aplicativos” procurar por “Madeira”, instalar e ativar o aplicativo da integração para mais detalhes confira o guia na central de atendimento.

Como Funciona o Marketplace do MadeiraMadeira

O fluxo de vendas na verdade é bem simples, uma vez que uma é realizada o MadeiraMadeira fica responsável por fazer a análise de risco e fraude, quando a venda é legitima.

Você recebe um alerta com os dados do cliente e deve então gerar nota e enviar o produto para o mesmo, em caso de trocas ou devoluções você é acionado novamente, caso tudo ocorra bem o dinheiro da venda fica disponível para saque na sua conta em alguns dias após entrega.

Você não paga nada para expôr seus produtos no marketplace, no entanto, é cobrado uma taxa por cada venda realizada, essa taxa será negociada durante o seu cadastro junto ao marketplace.

Vale a pena vender em Marketplaces?

Os marketplaces são uma excelente maneira de aumentar a exposição da sua marca e conseguir vendas, especialmente quando você está começando, e vender nos marketplaces pode ser sim muito lucrativo.

Mas tome cuidado ao criar seus anúncios leve sempre em conta as taxas que terá de pagar ao marketplace e os custos operacionais na hora de precificar seus produtos.

Capriche muito nas fotos

Imagine que o cliente quer comprar um sofá. Ao contrário de uma loja física, ele não pode ir até o showroom, conversar com os atendentes e tirar todas as dúvidas.

As únicas interações que ele tem com o produto são as fotos e as informações que você der sobre ele.

Portanto, as fotografias no e-commerce são essenciais. Você ainda pode ir um pouco além, publicando um pequeno vídeo do produto com ainda mais detalhes.

Três simples dicas para tirar boas fotos são:

  • Coloque o produto em posições diferenciadas;
  • invista em fotos em HD;
  • use um fundo branco simples para destacar o produto.

Traga todas as informações importantes nas descrições

Complementando as fotos, escreva as descrições o mais detalhado possível, trazendo as informações relevantes sobre o produto para os clientes.

Afinal, cadastrar produtos no e-commerce ajuda tanto do ponto de vista do SEO como na experiência do cliente.

Por exemplo, no caso de móveis, é importante trazer as suas dimensões, o material usado e a cor.

Além da descrição do produto, também vale a pena ter uma descrição do vendedor.

Isso ajuda o cliente a responder todas as possíveis dúvidas que ele venha a ter.

Ofereça atendimento de qualidade

É evidente que você não conseguirá responder a todas as dúvidas apenas na foto e na descrição.

Por isso, é preciso ter um atendimento de qualidade em cada etapa da venda.

Afinal, o atendimento online pode até ajudar a aumentar as vendas.

Responda a todas as perguntas o mais rápido possível, inclusive em horários alternativos, como fins de semana, feriados e à noite.

Afinal, a internet funciona 24 horas e muitas pessoas aproveitam para comprar fora do horário comercial.

Então, se possível, deixe uma equipe sempre a postos.

Ao longo do processo, você perceberá que existem perguntas que se repetem.

A partir disso, é possível incorporá-las ao seu anúncio, respondendo às principais objeções dos clientes. Essa é uma forma de aumentar as vendas e otimizar a taxa de conversão.

Quando a compra é efetuada, o atendimento precisa ser ainda melhor.

Foque na satisfação, com uma comunicação que seja amigável e útil.

Diga para o comprador quando o produto foi enviado ou quando a nota fiscal foi emitida, por exemplo.

Ao trabalhar um e-commerce, você nota que o atendimento é um dos pontos mais importantes.

Trabalhe preços competitivos

O preço ainda é, e sempre será, um grande fator na decisão de compra.

Atualmente, os vendedores sabem que esse não é único, já que o público preza muito pelo atendimento, a experiência de compra e diversos outros.

Porém, os clientes gostam de economizar.

Então, cabe a você trabalhar uma estratégia de preço que seja atraente, mas sem prejudicar as suas margens.

Existem dicas que vão ajudar a chegar no preço ideal.

Por exemplo, observe o valor do frete.

Esse é um motivo para o abandono de carrinho e uma queda na taxa de conversão, especialmente se o público se assustar com esse custo.

Busque praticar fretes que estão de acordo com o mercado e se você puder oferecer uma opção grátis, melhor ainda.

Também vale a pena ficar de olho na concorrência.

Caso o preço esteja muito abaixo do praticado, o público pode duvidar da sua qualidade.

Se estiver muito acima, você pode perder vendas.

Otimize o prazo de entrega

Outro fator crucial é o prazo de entrega.

No caso de uma loja como o MadeiraMadeira, em que os produtos são mais sofisticados e as compras, grandes, o cliente pode até perdoar um prazo maior. Afinal, mesmo lojas físicas podem levar 30 dias para entregar um sofá.

Além disso, as compras de móveis podem ser mais complexas do aquelas de um livro ou um produto pequeno.

Geralmente, o público não tem a opção de deixar um móvel grande com o porteiro, ou precisa preparar o elevador, por exemplo.

O ideal é trabalhar um prazo de entrega inteligente.

Garanta que ele é rápido, sim, mas que respeita o tempo do cliente.

Evite trazer uma janela muito grande.

Marque um dia específico e se atenha a ele.

Torne a vida do cliente mais fácil ao encontrar seu produto

Tanto dentro do MadeiraMadeira, quanto fora, é fundamental facilitar a vida do seu cliente.

Ao fazer parte de um grande marketplace como esse, você aumenta a possibilidade de ser encontrado pelos consumidores por meio de conceitos como o SEO.

Portanto, é preciso ser inteligente no momento de classificar o nome dos produtos, para ajudar os compradores a encontrá-lo.

Vamos voltar ao exemplo do sofá.

Existem diversas palavras-chave que podem ser usadas ao procurar esse produto.

Se um cliente procura apenas “sofá”, pode ser que ele não tenha muita noção do que quer.

É possível que tenha começado a procurar agora e quer conhecer entre os mais variados modelos.

Ainda é uma palavra-chave valiosa, pois atrai muita visualização.

O cliente também pode procurar “sofá reclinável de 3 lugares”.

Essa é uma pesquisa mais específica, que dá a entender que a pessoa já sabe o que quer.

É uma palavra-chave que atrai menos público do que a anterior, mas que deve converter mais.

No final das contas, uma boa dica é ter uma lista de palavras-chave que sejam fáceis de serem encontradas pelo público e um título que o ajude a reconhecer mais facilmente que o seu produto é exatamente aquilo que ele está procurando.

Se você está no segmento de móveis e produtos para a casa, estar no marketplace do MadeiraMadeira pode ser extremamente vantajoso.

Isso porque essa é uma forma de trazer bastante tráfego — potencialmente milhões de pessoas —, que formam um público bem qualificado.

Como é um marketplace mais nichado, quem visita procura uma categoria de produtos específica.

Por isso, é um ótimo canal para você vender mais e melhorar os resultados do seu negócio.

Gostou do post?

Quer ficar por dentro de outras dicas para ter ainda mais sucesso no seu e-commerce?

Confira o vídeo de como otimizar os anúncios no marketplace para obter mais vendas!

 

 

Rated 0 out of 5
28 de fevereiro de 2022

ola bom dia
nao estou conseguindo acessar minha conta

jocasta camila rodrigues dibbern

Deixe seu comentário