Nova Black Friday: governo planeja criar a semana “Brasil em Verde e Amarelo”
Entenda quais são as maiores vantagens do chat para loja virtual

Buscapé: entenda como começar a vender nesse marketplace

Publicado em: • Última Atualização:

O Buscapé marketplace é amplamente conhecido pelos compradores em ambientes virtuais. Segundo informações disponibilizadas pela empresa, a plataforma recebe cerca de 60 milhões de acessos mensais via navegador e mais de 700 mil via aplicativo — sendo um dos 3 aplicativos de compras mais baixados.

Ficou interessado em se tornar mais uma loja a estar nesse grande marketplace? Continue acompanhando o artigo e confira quais são os passos para iniciar essa parceria!

O que posso vender no Buscapé?

As principais categorias do site são:

  • celulares;
  • TV;
  • notebook;
  • eletrodomésticos;
  • autopeças;
  • livros.

Além dessas, existe uma boa diversidade e é possível encontrar outras categorias como:

  • moda e acessórios;
  • entretenimento e lazer;
  • casa e ferramentas;
  • perfumaria e cosméticos;
  • tecnologia.

Quais são os diferenciais do Buscapé?

Os marketplaces costumam buscar diferenciais para se destacar entre os concorrentes. Caso você opte pela modalidade comparador no Buscapé — sobre a qual falaremos a seguir —, a plataforma pode funcionar como uma ferramenta eficiente para aumentar o número de visitantes na sua loja.

O Buscapé também possibilita a atração de usuários mais qualificados, uma vez que a pessoa que acessa esse site normalmente já tem uma ideia na cabeça e pode fazer comparações com outras lojas. Sendo assim, ao optar pela sua empresa, significa que ela já passou por uma etapa de avaliação inicial.

A comissão é estabelecida pelo Custo por Clique (CPC), ou seja, você pagará apenas quando a pessoa clicar no botão para direcionamento ao seu e-commerce.

O Buscapé também permite que você acompanhe em tempo real, sempre que quiser e precisar, como anda a performance da sua loja na plataforma.

Como começar a vender no Buscapé?

Antes de mostrarmos como você deve proceder para começar a vender nesse marketplace, é importante conhecer os pré-requisitos para isso. Veja:

  • contar com uma loja virtual ativa — no caso da modalidade comparador — e habilitar o https na página de cadastro do consumidor;
  • ter um CNPJ ativo;
  • fornecer formas variadas de pagamento, como boleto e cartão de crédito (ao menos 2 formas).

Confira, a seguir, as exigências do Buscapé marketplace com relação aos produtos:

  • ter pelo menos 1 produto em estoque;
  • descrever o item usando o máximo de 4 mil caracteres;
  • indicar atributos relevantes do produto (no mínimo 3). Exemplos: cor, tamanho e voltagem;
  • inserir fotos do produto (no mínimo 2) com as seguintes especificações: tamanho mínimo de 900×900 e máximo de 1200×1200. Máximo de 2MB por arquivo. As imagens devem estar no formato jpg, e o uso de marcas d’água é proibido;
  • colocar o nome do produto e o modelo no título.

Além disso, é importante procurar conhecer os custos gerais que envolvem as vendas no marketplace.

Faça o cadastro na plataforma

Existe uma página direcionada aos lojistas. Por lá é feito o seu cadastro. Clique em “Seja parceiro” para iniciar o preenchimento do formulário. Abrirá uma nova página, na qual serão solicitadas as informações a seguir.

Dados da empresa

No caso de anúncio dos itens pertencentes às categorias Informática, Fotografia, Eletrônico, Eletrodomésticos, Telefonia, Perfumes importados e Tênis importado, o preenchimento dos dados da empresa é mandatório. São eles:

  • razão social;
  • nome fantasia;
  • CNPJ;
  • IE (existe a opção de se marcar como isento);
  • URL da empresa.

Dados pessoais

  • nome;
  • e-mail;
  • CPF;
  • telefone para contato.

Será preciso registrar uma senha nessa etapa.

Informações para atendimento ao cliente

Estas são as informações que ficarão visíveis a todos que acessarem a sua página na plataforma:

  • telefone de atendimento;
  • CEP;
  • endereço.

Nesse ponto, você tanto pode escolher a opção de que não tem um endereço comercial para clientes e que esses dados somente constarão da nota fiscal, quanto a opção de que esse endereço também é um endereço comercial. Em seguida, será preciso aceitar os Termos de Uso do Buscapé para concluir o cadastro.

A equipe do Buscapé analisará se todos os dados estão de acordo com as diretrizes da plataforma e, caso esteja tudo certo, enviará um e-mail com a aprovação do cadastro. O processo pode levar de 3 a 5 dias.

Escolha seu modelo de publicação

Agora, é chegado o momento de definir as configurações da sua conta. Existem dois modelos de publicação.

Você poderá optar por um deles ou por uma modalidade híbrida, na qual fará uso dos dois tipos. É possível que tenha dúvidas ao avaliar qual é a melhor opção para você, e a escolha sobre quando cada um vale a pena — ou se os dois valem — é importante e dependerá de fatores específicos. Por isso, não deixe de se aprofundar no tema.

Marketplace

Enquanto algumas companhias deixaram de atuar no segmento de marketplaces — como Walmart — outras, como Google e Buscapé, passaram a investir nesse modelo de vendas.

Recentemente, o Buscapé deixou de ser apenas um comparador para também vender produtos diretamente na plataforma deles, ou seja, também passou a funcionar como um marketplace. Nessa modalidade, a comissão é por venda.

Comparador

Esse é o modelo clássico disponibilizado pelo Buscapé. Aqui, quando o usuário busca por um produto, a plataforma apresentará um comparativo de lojas e preços.

O custo para você será por clique. Você decidirá quanto quer investir e, a cada clique de um usuário na sua oferta, esse CPC será descontado do valor inicialmente estabelecido por você. O CPC varia de acordo com a categoria e com a oferta.

Cadastre os produtos da sua loja

O cadastro de produtos é feito pelo API do Buscapé. Ele funciona como uma ponte que permite a ligação entre os dados fornecidos por você e a plataforma deles. Isso pode ser feito por um CSV ou XML.

Para quem não está familiarizado com essas siglas e esses processos, a etapa de cadastramento pode ser um pouco complicada. No entanto, o próprio Buscapé disponibiliza tutoriais para ajudar nisso.

Depois de cumprir todos esses pontos, é só começar a vender.

O que avaliar?

Quanto mais completo for o seu anúncio e quanto melhores forem as ofertas com relação a valores, maiores serão suas chances de conversão.

Sendo assim, é interessante avaliar quais, entre os produtos que você comercializa, têm mais potencial. Também é essencial estudar ações para potencializar suas vendas. Isso serve para quaisquer plataformas que você optar, de acordo com as especificidades de cada uma.

Na opção marketplace, você pode selecionar produtos específicos para comercializar. Já na opção comparador, talvez seja mais indicado você inserir itens mais conhecidos e com maiores chances de serem buscados pelo público.

Sendo assim, fique atento às características da plataforma e do que você vende antes de fazer o seu cadastro.

Esperamos que tenha chegado ao final deste artigo com o entendimento sobre o funcionamento do Buscapé marketplace e a forma de iniciar suas vendas por lá. Por falar nisso, convidamos você para baixar o e-book com dicas de como vender nos principais marketplaces. Aumente seus conhecimentos sobre o mundo do e-commerce!

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Buscapé: entenda como começar a vender nesse marketplace
5 (100%) 1 voto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10% de desconto
50% de desconto
10% de desconto
30% de desconto
20% de desconto
30% desconto
50% de desconto
20% de desconto
30% de desconto
50% desconto
30% de desconto
50% de desconto
Gire e ganhe desconto no ingresso
Digite seu endereço de e-mail e gire a roda. Esta é sua chance de ganhar descontos incríveis!

Escolha a cidade para o desconto!

Regras:
  • Uma chance por email
  • Não acumula para outra cidade
  • Enquanto durarem os ingressos free.