Correios passa cobrar taxa de R$15,00 para encomendas internacionais
Empreendedorismo digital: conheça os desafios desse mercado

Como vender na Amazon? Aprenda agora com este passo a passo

Publicado em: • Última Atualização:

Imagine que você é um vendedor de uma pequena cidade e recebe a proposta de expor os seus produtos em uma loja grande e famosa no maior shopping da capital. Se as taxas coubessem no seu bolso, com certeza você não perderia essa oportunidade, não é mesmo? Então, aprenda já a como vender na Amazon!

Afinal, vender no site da Amazon em muito se assemelha ao exemplo anterior. A diferença é que a proporção é muito maior, já que, por meio da internet, consumidores de todo o país podem se interessar pela sua mercadoria!

Acha que anunciar em uma plataforma de alcance mundial pode ser a solução para o aumento das suas vendas? Então, não deixe de ler este artigo até o final, porque preparamos um passo a passo detalhado para você aprender a como vender na Amazon e conhecer todos os benefícios desse marketplace.

Os benefícios de ter uma gigante como aliada

Antes que o seu negócio dê os primeiros passos para anunciar em um novo canal de vendas, é importante entender o seu funcionamento e, principalmente, o que você vai ganhar com esse investimento.

A Amazon, que já tem mais de 20 anos de história internacional, chegou ao Brasil em 2012. Inicialmente vendendo livros digitais, ela avançou para os livros físicos e produtos eletrônicos. Em 2017, ela passou a permitir que pequenos e médios vendedores anunciassem em sua plataforma, causando uma reviravolta no varejo brasileiro.

Ações de grandes empresas, como Mercado Livre, B2W e Magazine Luíza sofreram grande impacto, tamanha a força de mercado da norte-americana.

Prós e contras

Por isso, para começar, saiba que você terá uma gigante ao seu lado. Isso traz prós e contras, como tudo que envolve vendas. Ao mesmo tempo que a sua empresa vai ganhar legitimidade por estar vendendo em uma renomada transnacional, ela automaticamente vai estar concorrendo com outros inúmeros lojistas.

Muitos internautas poderão encontrar e conhecer a sua marca por meio da plataforma, e esse é mais um benefício de anunciar lá. Além disso, você vai pagar a taxa de comissão mais baixa do mercado, o que é um grande incentivo para quem está começando nas vendas online e quer maximizar os lucros.

O passo a passo para vender na Amazon

Agora que você conheceu um pouco mais da maior varejista do mundo, que tal não perder tempo e criar a sua conta de vendedor? Definimos, abaixo, as principais etapas para o seu processo, desde o cadastro até o recebimento. Continue lendo e você vai ver como vender na Amazon é simples.

Escolha um plano e crie seu cadastro

Comece acessando o site da Amazon e procure a área denominada “Venda na Amazon”. Para facilitar, é só clicar aqui.

Antes de se cadastrar como vendedor, escolha entre o Plano Individual e o Plano Profissional. O primeiro cobra uma taxa de R$ 2,00 por cada produto vendido e o profissional tem uma cobrança fixa de R$ 19,90 mensais, independentemente do valor vendido.

Por isso, se você pretende vender mais de 10 produtos por mês, o mais indicado é já começar no Plano Profissional. Além dessas taxas, a plataforma desconta 10% de comissão de cada item que for vendido em sua loja.

Para criar o seu cadastro, você precisa ter em mãos:

  • nome da sua empresa e endereço;
  • número de telefone ou celular;
  • cartão de crédito;
  • CPF ou CNPJ.

Insira os dados solicitados e pronto! O seu cadastro estará completo. Agora, é só montar a sua loja.

Gerencie o seu catálogo

Ao terminar a parte principal do registro, o painel da sua loja vai se abrir para que você possa adicionar os produtos que serão vendidos e os preços de cada um. Também é nesse local que você vai conseguir controlar os seus pedidos, envios e recebimentos.

No menu superior, clique em Catálogo > Adicionar produtos. Você pode usar uma ferramenta de busca para identificar produtos similares ao que você vai adicionar. Caso o seu item ainda não esteja no catálogo da Amazon, clique em “Crie uma nova oferta”.

Você deve estar se perguntando o que é possível vender na Amazon. Saiba que o marketplace tem categorias bem abrangentes. Entre elas: Câmera, Casa e Cozinha, Celulares, Computadores, Eletrônicos, Ferramentas e Materiais de Construção, Games, Livros, Moda e Papelaria e Escritório.

Adicione todos os produtos, escolhendo as melhores fotos de cada um e dando o máximo de detalhes possíveis para os seus compradores.

Use a integração da sua loja virtual

Para quem já tem uma loja virtual pronta, vender na Amazon é ainda mais fácil. Com o sistema de integração, você vai conseguir importar o seu catálogo para o marketplace da Amazon, eliminando a necessidade de recadastrar todos os itens da sua loja em uma nova plataforma.

Além disso, quem usa uma loja virtual com possibilidade de integração pode gerenciar as vendas em diversos marketplaces de um só lugar. Mais simples, não é?

Acompanhe as vendas e os envios

A aba “Pedidos” vai permitir que você acompanhe as vendas. A cada produto encomendado, você deve confirmar com a Amazon o prazo de envio em até 30 dias para que ele não seja cancelado.

Na hora de confirmar o envio, você vai precisar informar a data e o meio pelo qual o produto será enviado, além do número de rastreamento.

Mas, e as tarifas de frete? Elas são definidas no guia Configurações > Configurações de envio. É o próprio vendedor que estipula o modelo de envio, que pode ser pelo peso do item ou pela faixa de preço. As taxas também podem variar segundo a região do comprador ou o serviço de entrega.

Está gostando de aprender como vender na Amazon? Pois agora vamos para a melhor parte: o pagamento.

Receba o pagamento

Quando você começar a vender na Amazon, tenha em mente que existem diversas regras relacionadas ao pagamento ao vendedor. É importante entendê-las bem para se planejar financeiramente. Primeiramente, os fundos de um pedido só são liberados sete dias depois da data final de entrega.

Sabendo dessa informação, conte também que os pagamentos são realizados a cada 12 dias úteis, independentemente do dia que o faturamento do produto vendido for realizado. Por isso, se você resgatou um valor no dia 1º do mês, só poderá fazer um novo resgate depois de 12 dias úteis, mesmo que tenha recebido pagamentos no dia 7, por exemplo.

É isso! Com essas informações você já pode começar a anunciar no site da maior varejista do mundo e impulsionar os seus negócios de venda online. Neste artigo, você aprendeu o passo a passo sobre como vender na Amazon, descobriu que ela tem a menor taxa de comissão do mercado e que pode ser usada em integração com o seu e-commerce.

Agora, queremos saber se essas informações foram úteis para o seu empreendimento online. Sim? Então, deixe o seu comentário! Ficou com dúvidas? Compartilhe com a gente também!

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Como vender na Amazon? Aprenda agora com este passo a passo
3 (60%) 2 votos

One thought on “Como vender na Amazon? Aprenda agora com este passo a passo



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *