Como oferecer frete mais barato durante a Black Friday 2021

A Black Friday 2021 acontece na sexta-feira, dia 26 de novembro. Pode parecer que falta muito tempo, mas quem trabalha vendendo online […]

A Black Friday 2021 acontece na sexta-feira, dia 26 de novembro. Pode parecer que falta muito tempo, mas quem trabalha vendendo online precisa começar a se preparar muito antes para essa que já virou uma das datas comerciais mais importantes do e-commerce brasileiro.

Lojistas devem se atentar a vários detalhes, desde a preparação de seus estoques até a definição das estratégias de marketing e vendas. Além disso, é muito importante se certificar de que a logística vai funcionar corretamente, pois cada vez mais os usuários querem receber suas encomendas o mais rápido possível.

Além da agilidade, oferecer o frete mais barato também ajuda a conquistar clientes, especialmente em uma ocasião de forte concorrência como a Black Friday. Estratégias envolvendo o custo do envio podem influenciar na decisão do consumidor de optar por uma loja em detrimento de outra

Mas como preparar o e-commerce para a Black Friday 2021 no que diz respeito aos envios? Como agilizar os processos e garantir que o consumidor terá acesso ao frete mais barato o possível? Quais estratégias de frete podem ser adotadas na ocasião? Discutiremos todos esses tópicos a seguir!

Frete mais barato: um panorama da Black Friday 2020

De acordo com um levantamento realizado pela Neotrust/Compre&Confie e divulgado em dezembro do ano passado, o período entre a véspera da Black Friday 2020 e a Cyber Monday (de 26 a 30 de novembro) registrou 13,01 milhões de pedidos no e-commerce brasileiro (sendo 7,6 milhões somente na quinta e na sexta-feira de Black Friday). Isso representa um aumento de 21,9% em relação ao ano de 2019.

O ticket médio na ocasião, ou seja, quanto as pessoas gastaram em compras, ficou em  R$592,85, aumento de 4,7% em relação ao ano anterior. O faturamento total entre 26 e 30 de novembro foi de R$ 7,72 bilhões!

Ainda falando sobre a edição 2020, se considerarmos apenas o dia da Black Friday, foram feitos 5,34 milhões de pedidos e o ticket médio ficou em R$723,37. A data registrou R$3,86 bilhões de faturamento!

O que esperar da Black Friday 2021?

Para 2021, o mercado espera que a alta notada nos últimos anos se mantenha. Há uma demanda reprimida, especialmente por causa das incertezas trazidas pela pandemia. Espera-se que a Black Friday 2021 represente um recomeço para o comércio, já que boa parte da população estará vacinada e começamos a ver sinais mais concretos de volta à normalidade.

Embora o varejo físico preveja que a data será muito representativa para o setor, o e-commerce também se mantém animado. As pessoas nunca compraram tanto online e o começo do ano já registrou ótimos números, que atestam a tendência de crescimento do comércio eletrônico. 

De acordo com um relatório divulgado pela Ebit | Nielsen, o e-commerce brasileiro atingiu um novo recorde de faturamento no 1º semestre de 2021. Foram registrados R$53,4 bilhões em vendas no período, crescimento de 31% em relação ao primeiro semestre de 2020.

Já a pesquisa intitulada Retomada do Consumo 2021, realizada pela Inteligência de Mercado Globo, mostrou que, entre 2020 e 2021,  80% das pessoas entrevistadas realizaram compras através de novos canais de venda, como WhatsApp ou redes sociais de lojas. Desse total, 10% participaram de live e-commerces, formato de venda online por vídeo que se tornou popular na pandemia.

Essa adesão em massa do brasileiro aos canais digitais de vendas somada às consecutivas altas de faturamento do setor apontam que a Black Friday 2021 tem tudo para atrair consumidores que estão estreando no digital e também aqueles que já fazem desse seu principal canal de compras.

É por isso que adotar estratégias de frete mais barato faz toda a diferença. Com milhares de lojistas vendendo e milhões de ofertas à disposição, vai se destacar quem oferecer o maior número de vantagens ao público consumidor. E ele está cada vez mais exigente.

Oferecer um frete mais barato é importante, pois o valor da entrega pode ser o fator que determinará a finalização da compra ou o abandono do carrinho. (foto: FreePik)

A importância de oferecer um frete mais barato

O valor do frete pesa para os consumidores na hora de finalizar uma compra online. De acordo com um estudo da consultoria Econsultancy, cerca de 55% dos abandonos de carrinho no e-commerce brasileiro acontecem por causa do preço do envio.

Mesmo que a loja tenha o preço mais barato, o custo de envio elevado tem grandes chances de fazer o consumidor abandonar a compra e procurar um concorrente com frete mais barato.

É por isso que muitos lojistas aproveitam datas comemorativas, como a Black Friday, para colocar em prática estratégias que visam fisgar o consumidor pelo frete. Ofertas que incluem frete grátis ou frete fixo são muito comuns nesse período, mostrando que boa parte dos empreendedores sabem que o custo da entrega pode ser o diferencial que vai concretizar a venda.

Mas nem todos os lojistas têm capital suficiente para oferecer frete grátis, especialmente em um período sazonal. Nestes casos, é importante correr atrás de alternativas para oferecer o frete mais barato possível. 

A seguir, abordaremos melhor essas questões!

Frete grátis na Black Friday 2021 é viável?

“Frete grátis”. Essas duas palavrinhas são capazes de fazer os olhos do consumidor brilharem! De fato, oferecer gratuidade na entrega é uma das estratégias de vendas mais poderosas que o e-commerce pode aplicar.

Em uma pesquisa recente realizada pela Clique Retire em parceria com o E-commerce Brasil, 43% dos lojistas que trabalham vendendo online responderam que o frete grátis é sua prioridade quando se trata de melhoria da logística de seus negócios. Esse número mostra que os empreendedores estão de olho no que o público espera do e-commerce.

A grande questão é que, pelo menos para o lojista, não existe entrega gratuita. Para livrar o cliente dessa despesa, o empreendedor precisará absorver esses custos, e é aí que a situação se torna um pouco mais complexa.

A decisão de oferecer ou não frete grátis deve ser tomada levando em consideração o momento financeiro da empresa e também o que se espera alcançar com tal estratégia.

Muitos empreendedores estipulam um valor mínimo de compra para oferecer o benefício da gratuidade na entrega, pois com isso eles conseguem dissolver o preço do envio. Outros dão o benefício do frete grátis apenas para determinadas regiões ou estados, pois é mais fácil ter uma previsão de quanto seria gasto no frete.

Não há fórmula mágica, mas um bom ponto de partida é calcular o ticket médio do seu negócio, ou seja, quanto as pessoas gastam, em média, na sua loja virtual. É possível criar estratégias de frete a partir de vendas que atinjam ou superem esse valor. A fórmula é simples:

Receita total de vendas

vendas realizadas

Se o lojista nunca testou uma estratégia de frete grátis, a Black Friday 2021 pode ser o momento para fazer isso, já que lojas que oferecem vantagens no frete durante esse período se destacam junto aos clientes.

Mas caso não se sinta seguro para arriscar em uma data tão importante, o empreendedor pode testar a estratégia em outro momento, mesmo que por um período curto (apenas 1 dia, por exemplo) e avaliar o quanto a gratuidade na entrega despertou o interesse de seus clientes.

Frete fixo pode ser a alternativa

Se o frete grátis não é viável para seu negócio, estabelecer um valor fixo de frete pode ser a solução. Dessa maneira, o lojista não precisa arcar com todos os custos de envio, mas ainda consegue oferecer uma vantagem aos clientes.

Aqui cabe uma observação importante: o valor do frete fixo precisa ser vantajoso para o cliente. De nada adianta oferecer um custo padrão de envio se tal preço sairá mais caro do que o frete calculado pelo consumidor em outras lojas. A ideia de adotar essa estratégia é atrair clientes pelo frete mais barato, então isso precisa ser entregue. 

Muitos empreendedores optam por oferecer frete fixo a clientes de determinadas regiões, pois fica mais fácil calcular a média do custo de envio para tais locais. Outros preferem estipular um valor mínimo de compras e, a partir daí, oferecer um custo padrão de envio. Nesse último caso, partir do ticket médio pode ser a melhor alternativa.

Tanto para o frete fixo quanto para o frete grátis, é importante que o empreendedor faça a gestão de seu estoque e descubra quais produtos têm maior e menor saída e quais trazem mais retorno. Uma maneira fácil de fazer tal análise é por meio da Curva ABC de produtos.

Com as informações coletadas após a análise do estoque, o lojista pode traçar uma série de ações, seja visando aumentar o volume de vendas de determinados produtos, seja tentando queimar estoque de mercadorias que estão paradas. A Black Friday 2021, aliás, é um ótimo momento para isso.

Como enviar com frete mais barato?

Para oferecer frete mais barato aos clientes, muitos lojistas recorrem a contratos com as transportadoras. Mas essa saída tem alguns pontos negativos, especialmente o fato de que as empresas de transporte estipulam um número mínimo de envios para firmar contratos realmente vantajosos. 

Outro problema é que o lojista acaba condicionando a logística de seu negócio a apenas uma alternativa de transporte, um erro que pode atrapalhar toda a cadeia de envios e logística reversa de sua loja virtual, principalmente em épocas de maior demanda, como a Black Friday.

Mas como enviar com frete mais barato sem precisar firmar um contrato? Uma alternativa cada vez mais usada por lojistas de todo o país é o Melhor Envio, plataforma de pesquisa e contratação de fretes para e-commerce que permite a cotação com diversas transportadoras.

A maior vantagem do Melhor Envio é que mais de 100.000 lojistas usam a plataforma, o que permite que a empresa negocie fretes em grande quantidades com as transportadoras e repasse tal economia aos usuários. O desconto no valor dos fretes chega a até 80% para alguns destinos!

Outro detalhe interessante é a possibilidade de integrar a solução a dezenas de plataformas de e-commerce, marketplaces, HUBs e ERPs. Dessa forma, o cálculo de frete fica ainda mais fácil e o cliente nota a diferença no valor do frete das lojas que usam o Melhor Envio para aquelas que não usam.

Usar o Melhor Envio para oferecer um frete mais barato tanto durante a Black Friday quanto ao longo do ano é fácil, prático e o melhor: gratuito! Entenda como fazer isso.

Como enviar pelo Melhor Envio?

Caso o lojista ainda não tenha um perfil no Melhor Envio, basta acessar o site da plataforma e clicar em “Cadastrar” no canto superior direito da tela. O cadastro é gratuito e rápido, e requer alguns dados pessoais. 

O Melhor Envio trabalha com seis transportadoras: Correios, Jadlog, Azul Cargo Express, Buslog, LATAM Cargo e Via Brasil. O primeiro passo de como enviar pela plataforma é fazer login, acessar a calculadora de fretes e colocar dados como CEP de origem e destino, dimensões da embalagem, peso do pacote e valor da encomenda. Essa é a interface da calculadora:

Quando o lojista preenche os dados de envio na calculadora de fretes, são exibidos os resultados com as modalidades de entrega de todas as transportadoras que atendem aquele trecho. Também é possível visualizar quanto o lojista estará economizando se contratar o frete pela plataforma.

Daí basta escolher o envio que for mais vantajoso para o lojista e clicar em “Selecionar”. Em seguida, o usuário será convidado a preencher as informações da etiqueta de frete, escolher a unidade da transportadora na qual o pacote será postado e fazer o pagamento do serviço.

Ficou alguma dúvida? Todas as informações de que você precisa estão no vídeo abaixo:

Não se esqueça de imprimir a etiqueta de frete em boa qualidade, tamanho 100% e colar em um lugar visível da embalagem. Também é fundamental anexar uma nota fiscal ou uma declaração de conteúdo ao pacote, pois nenhuma transportadora aceita receber encomendas sem que elas tenham um desses documentos junto à embalagem.

Com o Melhor Envio, é possível oferecer frete mais barato durante a Black Friday, se destacar da concorrência e aproveitar ao máximo essa data tão importante para o e-commerce. Por isso, se ainda não é cadastrado, inscreva-se gratuitamente e aproveite as vantagens de usar a plataforma de fretes que está revolucionando a gestão logística de milhares de e-commerces brasileiros!