Como montar uma loja de lingerie: 9 dicas para começar e exemplos de marcas para te inspirar!

Para montar uma loja de lingerie é necessário: ter um plano de negócios, definir seu público-alvo, escolher o local de vendas, ter bons fornecedores de produto, criar uma identidade visual marcante para sua marca e ter uma boa apresentação de produtos.

Para muita gente, ser dono do seu próprio negócio parece ser um sonho distante. Pensando nisso, umas das formas mais acessíveis para a realização desse sonho é saber como montar uma loja de lingerie

Verdade seja dito, ter a sua própria empresa não é uma tarefa fácil, entretanto, isso pode estar bem mais perto do que nós costumamos imaginar.

Além disso, hoje em dia, o e-commerce têm se popularizado cada vez mais, se provando também uma alternativa para aqueles que querem investir em sua própria loja.

Um clássico exemplo de mercado bem movimentado, e que é bem mais barato de entrar do que muita gente imagina, é o de moda feminina.

Por isso, iremos falar como entrar no ramo de venda online vendendo um item básico muito usado, que é o de peças Íntimas.

Ficou interessado em como montar uma loja de lingerie? Então bora com a gente para descobrir como fazer isso, e finalmente realizar o sonho de ter o seu próprio negócio!

Como montar uma loja de lingerie?

Com o mercado de roupas femininas em alta, mais especificamente o de lingerie, é totalmente normal que você tenha se interessado por abrir uma loja nesse mercado.

Entretanto, muitas vezes o processo de abrir uma empresa pode ser confuso e nos deixar um pouco perdidos, afinal, são diversos assuntos para se preocupar.

Desde como montar sua loja virtual, até as formas de usar as redes sociais para divulgar o seu trabalho.

Para te ajudar a lidar com todas essas dúvidas, e finalmente entender como montar uma loja de lingerie, nós separamos 9 dicas sobre como montar a sua loja virtual!

Ficou curioso sobre elas? Então continue com a gente para descobrir mais!

1. Monte um plano de negócios

Antes de tudo, sempre quando você for iniciar um novo empreendimento, o primeiro passo definitivamente deve ser a formulação de um plano de negócios.

Essa etapa é extremamente importante porque esse plano auxilia na compreensão e organização da sua nova empresa, em absolutamente todos os níveis.

Para que um plano de negócios seja considerado bem completo, ele deve englobar diversos aspectos do funcionamento da loja, como, por exemplo, se a pessoa será MEI, EIRELI, EI, ou outra opção.

Além disso, os canais de venda de uma loja também são um ponto importante, uma vez que podemos investir tanto em uma loja física, quanto em um e-commerce.

Outros pontos a serem levados em consideração são o CNAE (Classificação Nacional das Atividades Econômicas), qual a missão da empresa, e quais os produtos comercializados.

Isso tudo sem falar que o plano também deve mapear possíveis concorrentes, e qual o plano de marketing que será seguido pela empresa, junto com o entendimento dos seus principais pontos fortes e fracos.

2. Defina seu público-alvo

Obviamente que quando abrimos uma loja, seja ela online ou não, temos como objetivo principal, obter um bom retorno financeiro dessa atividade, não é mesmo?

Sendo assim, conseguir atrair público certo e fazer com que ele se interesse pelos seus produtos, até que efetivamente realize a compra, é definitivamente algo fundamental.

Entretanto, diferentemente do que muita gente pode acreditar, a melhor forma de se obter esse resultado, não é levando a sua marca para todas as pessoas, mas sim, para as pessoas certas.

Fazer com que pessoas que já tenham um interesse prévio no seu tipo de produto, sejam as que cheguem até a sua loja, é a melhor forma de conseguir fazer com que as vendas aconteçam.

Para isso, é necessário formular um público-alvo da sua marca, ou seja, aquele conjunto de pessoas que tem algumas características em comum, para quem os seus produtos serão direcionados.

No caso da loja de lingerie, nós podemos estar falando de roupas íntimas para mulheres grávidas, opções plus size, dentre tantas outras opções.

3. Escolha o local de vendas

Outra dica importantíssima, e que não pode faltar na organização da sua loja de lingerie, é a escolha de qual será o local da loja.

Já de cara, é importante notar que nós estamos falando tanto de um local físico, quanto também de um espaço virtual, no caso dos e-commerces!

Sendo assim, o primeiro passo deve ser selecionar qual será o espaço escolhido, e essa decisão deve se basear no canal preferido do seu público-alvo, que pode ser tanto o físico quanto o virtual.

No caso de você optar por uma loja física, a sua principal preocupação deve ser em relação à localização da loja, que vai influenciar diretamente no fluxo de clientes que você receberá.

Já no outro cenário, nós estamos lidando com o mundo virtual, o que significa que o acesso a sua loja pode se dar de absolutamente qualquer lugar.

Sendo assim, o seu foco deve ser na experiência do usuário, uma vez que a barreira da distância e da localização já praticamente não existe mais.

4. Tenha bons fornecedores de produto

A qualidade dos produtos é um ponto indiscutível quando se fala de quais são os elementos mais importantes para o sucesso de uma empresa.

Afinal, se o que é vendido não satisfaz aquelas pessoas que estão comprando, dificilmente elas voltarão a comprar com você, e ainda por cima tem também o risco de falarem mal da sua marca para outras pessoas.

Por isso, ter produtos de qualidade é tão importante, e para conseguir isso por um preço acessível, seu foco deve estar em encontrar os melhores fornecedores possíveis.

Com eles, você terá as lingeries da melhor qualidade, e por um preço acessível para vender ao consumidor final, que será muito mais fácil de fidelizar graças à qualidade e ao preço do produto.

É surpreendente a diferença que um bom fornecedor pode fazer, né?

5. Crie uma identidade visual marcante

A identidade visual é parte fundamental na construção da personalidade e da autenticidade da sua empresa, além de impactar diretamente no nível de destaque da sua marca com relação aos concorrentes.

Estamos falando aqui da construção de uma marca única, com cores, logotipo e tipografia que, acima de tudo, façam sentido para aqueles que observam essa imagem.

O intuito é fazer algo que destaque a sua loja dos concorrentes, portanto, precisa tanto ser lembrada, quanto assimilada por quem vê.

Ou seja, além de chamar a atenção de quem vê, a identidade visual deve fazer com que rapidamente o observador ligue aquela paleta de cor, a sua loja.

Muitas vezes nós nem imaginamos o tamanho do impacto que uma estratégia dessas pode ter sobre as nossas vendas, mas te garanto que é surpreendente.

Identidade visual: O que é e qual sua importância para uma marca!

6. Tenha uma boa apresentação de produtos

Quando falamos na venda de qualquer produto pelos meios virtuais, a apresentação deles se torna um fator de ainda mais importância, uma vez que o cliente não consegue vê-lo pessoalmente.

Isso é válido para todos aqueles que desejam vender algo pela Internet, seja via Facebook, WhatsApp, ou qualquer outra rede social.

Para transmitir mais confiança aos clientes que desejam comprar as lingeries, a melhor estratégia é caprichar nas fotos tiradas, com imagens de boa qualidade, além de variar bem os ângulos.

Além disso, outro ponto importante de se levar em consideração, é a iluminação do ambiente, que também pode interferir na qualidade da foto, e atrapalhar na hora do consumidor visualizar a imagem.

Por fim, a descrição também deve receber alguma atenção, uma vez que será ela quem, juntos das fotos, ajudará no processo de convencimento do cliente.

7. Ofereça boas formas de pagamento

Não é novidade para ninguém que cada pessoa tem as suas próprias peculiaridades e dificuldades pessoais, principalmente no que diz respeito às condições financeiras.

Sendo assim, é sempre muito difícil saber qual será a melhor forma de pagamento para todo mundo, e por mais besta que isso possa parecer, essa questão pode fazer uma grande diferença.

Isso porque, a depender das modalidades de pagamento disponíveis, o cliente pode acabar desistindo da compra, por não ter como pagar pelos meios oferecidos naquele momento.

Por isso, oferecer a maior variedade de opções possíveis, é uma boa forma de se escapar dessa armadilha, que pode prejudicar substancialmente o seu negócio.

8. Invista em promoções e kits especiais

A criação de kits especiais, acompanhado de promoções, é uma das armas mais poderosas que você pode ter à sua disposição para alavancar as suas vendas.

O ideal, é focar no uso dessas estratégias sempre que estiver se aproximando de datas comemorativas, para aproveitar o embalo desses períodos.

Um exemplo clássico é a utilização do Dia dos Namorados para criar um kit com um conjunto de lingerie junto de uma camisola, e então realizar uma promoção em cima disso.

Dessa forma, é possível até mesmo atrair um novo público que não conhecia a sua marca, se aproveitando da atenção especial que eles estão dando para o tema, em função dessa data.

Além disso, lembre-se sempre que para conseguir aproveitar bem as vantagens dessa estratégia, é bem interessante divulgar esses kits e promoções em suas redes sociais.

Assim, você consegue levar essas condições especiais para o máximo de pessoas possíveis, conquistando mais pessoas e melhorando as suas vendas.

9. Ofereça um bom atendimento ao cliente

Por fim, mas não menos importante, o atendimento ao cliente é um tópico digno de uma atenção especial, já que acaba sendo útil tanto no caso de lojas físicas como virtuais.

Oferecer um atendimento humanizado, que permita a aproximação do público com a marca, ao mesmo tempo que é eficiente na resolução de problemas e dúvidas, é um enorme diferencial para qualquer marca.

Diante de tanta concorrência, um atendimento de qualidade pode ser um grande atrativo, que vai desequilibrar a balança ao seu favor na hora do cliente realizar uma compra.

Isso pode acontecer tanto pela simpatia dos atendentes e a sua humanização, quanto também pela qualidade apresentada por eles para a resolução das dificuldades do usuário.

Por isso, responder de forma rápida, educada, natural e pouco robótica é tão importante, e pode fazer o seu atendimento se tornar algo verdadeiramente único.

Ainda por cima, uma experiência de qualidade tão elevada pode ajudar até mesmo na fidelização dos clientes, surpreendente né?

Motivos para investir em um bom atendimento, definitivamente não faltam!

Quanto custa montar uma loja de lingerie online?

Abrir uma loja de lingerie realmente parece algo bem interessante, e com as dicas que nós passamos, com certeza você irá muito bem!

Porém, sempre antes de começar um negócio, existe uma preocupação comum para todas as pessoas, que não deve de forma alguma deixar de ser levada em consideração, que o investimento necessário para tal.

É claro que existem muitas variáveis que podem fazer que esse valor seja diferente a depender do caso, entretanto, existe toda uma série de investimentos comuns que devem ser feitos inicialmente.

No caso de quem deseja ter uma loja física, será necessário se preocupar com a locação de um espaço, manequins, máquina de cartão, ventiladores ou ar-condicionado, balcão, espelhos, dentre outras coisas… e tudo isso sem falar nas próprias lingeries!

No caso de uma loja online as coisas mudam um pouco, mas também existem pontos em comum.

Logo de cara você vai precisar de um computador, além de uma boa plataforma de e-commerce.

Além disso, você ainda precisará investir no seu estoque, araras para organizarem ele, gateway de pagamento, caixas para o envio de pedidos, além de uma impressora para as etiquetas de envio.

No fim, a estimativa média, com algumas variações a depender de cada um dos casos, é de R$ 15.000,00 de investimento inicial.

5 lojas de lingerie para te inspirar

Para termos uma noção um pouco melhor das coisas, talvez seja bom conhecermos algumas marcas de lingerie para nos inspirarmos, não é mesmo? Então continue com a gente para descobrir!

  • Loungerie: Para muitos uma das marcas mais clássicas do mercado, possuindo desde peças mais sexy até as mais básicas, sem falar nos sutiãs com modelagem bem variada.
Site Loungerie
  • Hope: Mais uma marca extremamente tradicional, a Hope oferece lingeries de todas as espécies, e para todas as ocasiões, nunca te deixando na mão.
site Hope
  • Vest Rio lingerie: Uma das melhores opções é a Vest Rio. Além de peças de qualidade, ela tem é uma das maiores revendedoras do Brasil com a opção de Atacado para Revenda.
  • Intimissimi: Apesar do nome extremamente chique, a marca oferece produtos com preços bem mais acessíveis do que somos levados a crer, e com uma qualidade única.
Site Intimissimi
  • Valisère: Uma das grandes responsáveis pela disseminação dos bodies rendados, a Valisère possui ótimos modelos que definitivamente compensam seus preços mais elevados.
site Valisère

Enfim, possuir dúvidas sobre como montar uma loja de lingerie é extremamente normal, principalmente para quem não está acostumado com todos os procedimentos para abrir uma empresa.

No fim, com um bom plano de negócios, uma estratégia de marketing decente, e fornecedores de qualidade, você tem de tudo para fazer a sua marca decolar!

Esperamos que tenham gostado do conteúdo, e caso queiram descobrir mais sobre como criar um Site de Vendas: 14 passos para você tirar o seu projeto do papel!

Não há comentários ainda. Seja o primeiro a escrever um.

Deixe seu comentário