Quais são os melhores mercados para trabalhar com vendas online?
Conheça 7 estratégias infalíveis para aumentar vendas no e-commerce

Primeiros passos: como divulgar loja online para atrair clientes?

Publicado em: • Última Atualização:

Resolveu abrir um e-commerce? Pois sua decisão não poderia ser mais acertada! Afinal, já reparou como muitos consumidores têm optado por fazer suas compras via web? Mas se você acha que basta colocar seu e-commerce no ar e oferecer produtos de qualidade para garantir vendas, é preciso rever seus conceitos.

Saiba desde já: o sucesso do seu negócio depende da adoção de estratégias adequadas para divulgar loja online. E a lógica por trás disso não é nada difícil de entender. Com o crescimento do público navegando pela rede e o sucesso das lojas online, a concorrência automaticamente se torna mais acirrada. Assim, por melhor que seja seu mix de produtos, sem a visibilidade adequada, as chances de sucesso ficam bem limitadas.

Precisa de uma ajudinha nesse quesito? Então fique atento, porque vamos detalhar nos próximos tópicos as estratégias que podem ajudar seu negócio! E sabia que o primeiro passo para ter um trabalho eficiente nessa área é fazer um bom planejamento? Você sabe como prepará-lo? Vamos começar por aí!

Comece pelo planejamento

Por incrível que pareça, ainda há quem pense que não vale a pena dedicar tempo e recursos para o planejamento das ações de divulgação, acreditando que o melhor é ir fazendo e ver o que acontece. Nada disso! Por mais que esse seja um erro comum para quem está iniciando um novo negócio, pode gerar sérios prejuízos para a estratégia geral.

Lembre-se de que quem não planeja precisa sempre apelar para o improviso. Com isso, acaba deixando de aproveitar excelentes oportunidades e não consegue explorar totalmente o potencial das iniciativas.

No fim das contas, há vários modelos que podem ser adotados no seu planejamento de comunicação. O importante é não pular etapas! Antes de mais nada, portanto, reúna o máximo de informações possíveis sobre seu mercado de atuação e, claro, o público que você pretende alcançar. Nessa fase de levantamento de informações, responda a algumas questões básicas sobre:

  • a estratégia do seu negócio, os diferenciais da loja e o que ela oferece aos clientes;
  • a disputa da atenção do seu público, considerando quem são seus concorrentes e como eles se comunicam com os clientes;
  • as preferências do público que você pretende atingir e a melhor forma de chegar até ele, analisando os canais mais usados para obter informações de produtos e serviços que despertam seu interesse.

Com essas informações em mãos, o próximo passo é pensar nas ações que você pode adotar, tomando como base os objetivos da loja.

Foque na evolução

Aqui vale dar uma dica importante: tenha objetivos para curto, médio e longo prazos. Só assim conseguirá organizar melhor o tempo e os recursos necessários para cada etapa. Durante todo esse processo, tenha em mente que os esforços de comunicação levam tempo para apresentar resultados. Por isso, nada de atropelos! Comece devagar, estabelecendo metas mais fáceis, para evoluir gradativamente, mirando em desempenhos maiores para crescer. É aí que entram os objetivos de longo prazo, que não só podem como devem ser mais ambiciosos.

Informações coletadas, metas e ações definidas? Só não deixe de especificar o cronograma das atividades, o orçamento e os métodos de acompanhamento que serão adotados na validação do plano!

É claro que vamos explicar mais detalhadamente, ao longo deste post, o que você deve fazer em cada etapa do projeto. Neste momento, porém, registre a seguinte informação: é importante documentar cada iniciativa, registrando todas as ideias sobre o negócio para garantir que não perderá o foco no meio do caminho.

Não se esqueça que o dia a dia de quem comanda um negócio costuma ser bastante atribulado. Assim, sem a devida preparação, você corre o risco de correr atrás apenas do que é urgente, deixando de lado aspectos fundamentais que formam a base para assegurar o futuro da sua loja online.

Cuide da presença digital

Como mencionamos rapidamente no início deste post, a concorrência hoje é muito acirrada. Por isso, é praticamente impossível ter um negócio bem-sucedido sem cuidar da comunicação da loja!

Para começar, você precisa saber que a divulgação não depende apenas da publicidade, mas sim do cuidado com todos os pontos de contato estabelecidos com o consumidor. Afinal, na internet, é o usuário quem escolhe como vai se relacionar com as marcas. Tudo bem que o site é a porta de entrada para o cliente, mas para que o consumidor chegue até lá, você precisa trabalhar, adotando estratégias específicas de divulgação.

Para aproveitar ao máximo as oportunidades, estruture adequadamente sua presença digital — termo usado com frequência no marketing digital para se referir às iniciativas que podem ser adotadas a fim de garantir uma boa percepção do consumidor a respeito da marca no ambiente virtual. Na prática, isso quer dizer que, além do site, a loja precisa se atentar também a seus perfis nas redes sociais e na forma como se comunica com os clientes via e-mail.

Todos os canais e as ferramentas de comunicação têm sua importância na estratégia de comunicação, cumprindo cada um sua devida função. Nesse quesito, o principal então é ter certeza de que a marca tem uma voz única, passando sempre a mesma mensagem para o consumidor. Ter este tipo de cuidado ao trabalhar a divulgação da loja online é essencial até para evitar o desperdício de recursos, viu?

Para ter um nome na internet e ganhar visibilidade, sua estratégia precisa ter consistência. Assim, não importa se o consumidor viu determinada informação no site da loja ou em um post do Facebook, ele precisa identificar de quem é aquela comunicação e perceber que a mensagem é coerente com a ideia que tem sobre aquela loja.

É a partir daí que o negócio ganha não apenas visibilidade, mas também algo extremamente importante para o e-commerce: autoridade. Nesse cenário ideal, o consumidor não apenas se lembra da sua marca, mas começa a considerá-la como uma referência para obter informações daquele segmento.

Segmente o público

Definir bem o público-alvo da loja online é fator-chave para o sucesso de qualquer estratégia de comunicação. No entanto, se você não tem experiência na área, precisa redobrar a atenção para não cair em um erro muito cometido por iniciantes: acreditar que a melhor tática é falar com o maior número possível de pessoas, porque assim terá mais chances de fechar bons negócios. Alguma dúvida de que com esse plano você também vai alcançar pessoas que não têm interesse no seu produto ou serviço?

Uma das principais vantagens do marketing digital é justamente a possibilidade de direcionar melhor a comunicação para a audiência certa, no momento mais adequado e dizendo exatamente o que ela quer ouvir. Contudo, para conseguir isso na prática, você deve dividir seu público consumidor em diversos grupos — é justamente disso que se trata a tal da segmentação. É claro que qualquer um pode comprar seus produtos, mas isso não exclui o fato de que todo negócio tem um público prioritário.

Pense: se tivesse que reunir um grupo de pessoas em um local para fazer uma apresentação sobre sua loja, quem você chamaria? Considerando que nesse caso há um limite de pessoas a serem acomodadas, que critérios usaria para fechar melhor sua lista?

Critérios

Na hora de fazer a segmentação, o ideal é começar por aqueles dados mais básicos: os demográficos. Assim, além de considerar o interesse da pessoa por aquele tipo de produto, tome como referência também idade, gênero, classe social e localização geográfica.

Veja que a escolha dos itens a serem considerados depende do produto e, claro, da estratégia de cada negócio. Focar na localização geográfica, por exemplo, pode não ser determinante para uma loja online, uma vez que os produtos podem ser vendidos para qualquer região. Já se estamos nos referindo a um produto de baixo valor unitário, talvez seja bom direcionar melhor essa questão, uma vez que um frete mais elevado pode prejudicar sua competitividade em relação aos concorrentes.

Precisão

A relação é basicamente a seguinte: quanto mais informações você conseguir reunir sobre seu público-alvo, mais precisas serão suas abordagens e, consequentemente, melhor será o desempenho do negócio! Afinal, é com base nessas informações que você poderá trabalhar adequadamente a questão da personalização, estratégia extremamente útil para a comunicação, mas que também ajuda muito na própria oferta de produtos.

A boa notícia é que, para fazer isso, você dispõe de diversas ferramentas digitais! Com esses recursos, você consegue ter uma visão muito mais clara do comportamento do público que interessa para sua loja, podendo usar esses relatórios para criar grupos de consumidores e desenvolver estratégias de comunicação específicas.

Vamos explicar melhor sobre isso quando falarmos sobre o uso do e-mail marketing. Por enquanto, guarde a seguinte informação: o usuário da internet exige tratamento personalizado e gosta de se sentir valorizado. Por isso, o segredo para realmente conquistar esses consumidores está na personalização de sua experiência com a marca.

Tenha objetivos claros

Quando citamos a importância do planejamento para o sucesso das ações de divulgação das lojas online, já deixamos claro que qualquer tipo de negócio precisa ter objetivos bem definidos, certo? Mas a questão é: você sabe como fazer isso na prática?

A verdade é que, no dia a dia, muitos lojistas encontram dificuldades para indicar os objetivos que pretendem alcançar com suas estratégias de divulgação. É claro que todo mundo que tem um negócio quer vender mais e aumentar o faturamento, mas, no caso da comunicação, o importante é pensar nas iniciativas que podem ajudar a alcançar essa meta.

Como você já aprendeu aqui, consolidar a presença digital, estabelecendo a imagem da loja no ambiente virtual, faz uma enorme diferença para o negócio online. Assim, priorizar essas atividades pode ser um bom começo para sua estratégia de divulgação! Estabeleça um prazo para a implantação dos canais e indique os resultados que espera obter tanto no curto prazo como mais para frente.

Em um primeiro momento, essa estratégia ajudará a tornar o nome da sua loja mais conhecido, até porque ficará mais fácil para o consumidor encontrar seu endereço. Só um detalhe: por mais que aumentar a visibilidade seja um objetivo importante, inclusive ajudando nos demais, esse é apenas o primeiro passo.

Para obter o tão almejado engajamento por parte do consumidor, uma boa estratégia de comunicação deve ir além. Na prática, isso significa que o e-commerce precisa, por exemplo, desenvolver uma estratégia de conteúdo que envolva o público, fazendo com que os consumidores visitem com frequência os canais, passando a pensar em suas plataformas como referência.

Aí é que mora a real importância de se definir objetivos. Se a meta é alcançar engajamento, é necessário ter uma estratégia diferenciada. Se estamos nos referindo a uma rede social, por exemplo, a prioridade se desloca para a busca de conteúdos que gerem um compartilhamento maior, envolvendo os usuários. Já se estamos em busca de mais visibilidade, a estratégia precisa ser outra, como o investimento em links patrocinados, por exemplo.

Defina os canais de divulgação

A definição dos canais de comunicação usados para divulgar loja online depende essencialmente da análise do perfil do seu público. Nessa frente, as preferências dos consumidores é que servirão de base para você estabelecer suas prioridades. Então nada de tomar decisões com base em seus gostos pessoais, ok? Procure entender o comportamento do público-alvo e não se esqueça que cada canal tem uma função importante dentro da sua estratégia, sendo complementares. Que tal analisar rapidamente o papel de cada um?

Site

Para facilitar a vida dos usuários e incentivá-los a permanecerem no seu site, é essencial investir na navegabilidade. Daí é que vem a importância de dedicar algum tempo para analisar as melhores plataformas para seu e-commerce. Mas analisando especificamente o papel do site na estratégia de divulgação da loja, lembre-se: o consumidor precisa não apenas encontrar seu endereço, mas ter uma experiência no mínimo agradável quando chegar lá.

Hoje em dia, a tradicional busca do Google é o principal canal de entrada para quem navega na internet. Muitas vezes, o usuário até sabe o endereço de cor, mas acha mais prático digitar o nome da marca na página de busca. Pensando nisso, é essencial que sua loja empregue adequadamente as estratégias de SEO, preparando-se para alcançar um bom posicionamento nos resultados do Google.

Nesse caso, vale ressaltar que não basta ter um layout adequado. Também é preciso ter atenção ao código HTML usado, aos conteúdos publicados e também às imagens escolhidas. É isso mesmo: otimizar o site com foco nos mecanismos de busca envolve diversos detalhes.

Blog

Criar um blog corporativo pode fazer toda a diferença para seu negócio, sabia? Afinal, esse será o principal canal para sua estratégia de marketing de conteúdo. Traduzindo: você vai precisar dessa plataforma para divulgar informações que despertem o interesse do seu público-alvo. Nesse caso, além de conteúdos bem produzidos, também é importante saber trabalhar com as estratégias de SEO, adotando as ferramentas adequadas para que o blog consiga aparecer nas buscas orgânicas.

Redes sociais

Logo mais teremos um tópico exclusivamente dedicado às redes sociais. Por ora, gostaríamos de chamar a atenção para a importância desses canais na estratégia de comunicação, uma vez que, ao mesmo tempo em que garantem mais repercussão para os conteúdos da loja online, também desempenham um papel essencial no relacionamento das marcas com seus consumidores.

Na hora de escolher entre as diversas possibilidades existentes, porém, lembre-se de levar em conta somente as preferências da sua audiência. De toda forma, no caso dos e-commerces, o Facebook normalmente está na lista prioritária. Afinal, essa rede social tem uma audiência bastante significativa e funciona muito bem para sustentar a estratégia de divulgação de uma loja online. Dependendo do setor de atuação do seu negócio, analise também o Instagram, o Pinterest e até o novíssimo Snapchat.

Invista no e-mail marketing

Esqueça tudo o que já ouviu falar sobre e-mail marketing. Por mais que essa ferramenta tenha tido sua morte anunciada várias vezes nos últimos anos, a verdade é que ela está mais forte que nunca. A chave está em saber desde cedo que, também nesse caso, é preciso contar com uma estratégia, um planejamento muito bem definido. Só assim é possível aproveitar todo seu potencial.

Para começar, saiba que e-mail exige personalização. E não estamos nos referindo apenas à forma como você aborda o consumidor. É claro que você precisa sim tratá-lo pelo nome, mas também deve pensar cuidadosamente no tipo de oferta que faz. A boa notícia é que essa área conta com diversas ferramentas para ajudá-lo a executar melhor esse tipo de trabalho!

Fazendo uma busca rápida, você já consegue descobrir softwares que facilitam muito o dia a dia, automatizando diversas tarefas importantes. Assim, sem muita complicação, é mais que possível não apenas enviar mensagens personalizadas como fazer um acompanhamento minucioso das reações dos consumidores, com relatórios que mostram quem abriu o e-mail, a quantidade de mensagens que caiu no SPAM e até o que as pessoas fizeram depois de ler o conteúdo. O segredo aqui está em saber aproveitar essas informações para executar os passos seguintes do seu planejamento.

Produza conteúdo relevante

Quem tem um negócio online não pode abrir mão da produção de conteúdo relevante. Atualmente, esse é o principal recurso do lojista para ganhar visibilidade e, com o tempo, conquistar sua tão almejada notoriedade. Para que essa estratégia dê certo, contudo, você precisa se dedicar. Assim, não basta simplesmente criar um blog corporativo e esporadicamente publicar alguns artigos. Para começar, é primordial traçar um plano.

De forma prática, inicie fazendo o planejamento editorial do blog. Se quer investir na produção de conteúdo, que seja relevante para o público, não é mesmo? O problema é que, ao menos no começo, pode ser bem complicado ter ideias cada vez melhores para alimentar o blog. Pois é aí que entra a importância do calendário editorial, que vai listar, semana a semana, o tipo de conteúdo que será publicado no canal. Essa é a melhor forma de garantir que os conteúdos serão adequados.

Não se esqueça que, além de agradar o leitor, o blog tem outra função igualmente importante: construir a autoridade da sua loja, fazendo com que ela se torne referência. Essa dupla função exige que cada tema seja analisado com o máximo de cuidado possível para que atue em prol da educação do público-alvo e, ao mesmo tempo, traga informações que ajudem o leitor a formar uma percepção positiva sobre o negócio.

Está se perguntando se é possível desenvolver esse tipo de trabalho sem a ajuda de mão de obra especializada? Impossível não é. Mas é difícil. Tudo depende do grau de conhecimento do empreendedor sobre as técnicas necessárias para dar andamento e essa estratégia, além, é claro, do tempo que tem disponível para se dedicar a ela. A questão é: será que vale a pena deixar de se dedicar ao e-commerce para cuidar da divulgação? Não será melhor contar com serviços de terceiros?

No caso do marketing de conteúdo, não estamos falando apenas de publicar posts. Uma boa estratégia na área envolve uma produção de conteúdo diversificada, incluindo também os chamados materiais ricos — como e-books, webinars e infográficos. Além disso, tenha em mente que esse tipo de projeto requer planejamento, execução e mensuração. E por mais que existam ferramentas para ajudar, não se engane: é preciso muito estudo e prática para alcançar o mesmo grau de maturidade de se dedica exclusivamente a isso.

Esteja presente nas redes sociais

A essa altura, você já entende a função das redes sociais na estratégia de divulgação, correto? A questão agora é entender melhor como aproveitar as oportunidades proporcionadas por esses canais! Para começar, saiba que cada rede tem sua especificidade. Então não caia no erro de acreditar que pode apenas replicar o mesmo conteúdo nos diferentes perfis criados para sua loja. Além disso, considere que as redes sociais vão ajudar a loja em algumas frentes, como:

Na divulgação dos conteúdos produzidos para o blog

Essa é uma das funções mais básicas, mas é importante saber aproveitá-la. A dica aqui é desenvolver chamadas diferenciadas, procurando enfatizar os aspectos mais atrativos para aquele público.

Na melhoria do alcance da marca

Quanto mais chances você tiver de expor sua marca, melhor. No caso das redes sociais, a relevância se dá especialmente porque esses canais já têm um público cativo, uma audiência própria.

No aumento do engajamento do consumidor

Esse é um conceito importante porque, na prática, significa que a loja vai conseguir mais do que visibilidade, tendo a oportunidade de realmente envolver o consumidor e fazer com que ele ajude na promoção do negócio. Para que isso aconteça, é preciso valorizar a interação estabelecida nos canais, aproveitando as oportunidades de contato para se aproximar do público, responder suas dúvidas, fazer sugestões e o que mais achar que pode gerar esse resultado.

Use a mídia paga a seu favor

Um dos maiores mitos da internet é de que tudo na rede é gratuito. Também acha que não é preciso investir em mídia online para alavancar suas vendas? Não é bem por aí. Sabendo que a concorrência nesse universo só tem aumentado, investir em mídia paga pode sim ser uma boa pedida para atrair a atenção do público (links patrocinados) e para aumentar o alcance das publicações (posts patrocinados nas redes sociais).

Analisando as estratégias adequadas para divulgar loja online, é até difícil pensar que o negócio pode progredir sem destinar alguma verba para mídia paga. Além de mais visibilidade e alcance, a publicidade online tem um papel importante para quem deseja construir autoridade, trabalhando a reputação da marca.

Tenha em mente que, em uma estratégia de marketing digital, o importante é conseguir combinar harmonicamente essas modalidades: usando canais próprios, divulgando em endereços de terceiros e anunciando, tudo para atrair a atenção do público.

Como você viu, não faltam boas opções para fazer a divulgação das lojas online e atrair clientes. O importante é não deixar de investir e de se dedicar! Por fim, se gostou das nossas dicas, que tal compartilhar este post nas suas redes sociais para ajudar a esclarecer as dúvidas dos seus amigos sobre o assunto?

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Primeiros passos: como divulgar loja online para atrair clientes?
Avalie esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *