Além das primeiras posições: Como as boas práticas de SEO auxiliam em toda sua loja

Para que serve SEO Afinal, para que servem as práticas de SEO mesmo?  Bom, esta é uma longa história que está presente desde […]

Para que serve SEO

Afinal, para que servem as práticas de SEO mesmo? 

Bom, esta é uma longa história que está presente desde os primeiros passos dos buscadores (Google, bing etc.). Entretanto, a técnica só começou a ser conhecida nos últimos anos e isso tem uma explicação: alta concorrência. 

Atualmente, não é uma tarefa simples aparecer na primeira página do Google, por isso todo blog e toda loja virtual deseja fazer SEO.

Pois, essas técnicas gratuitas, ajudam a melhorar o ranqueamento das páginas. 

Mas será que SEO pode te ajudar a vender mais, além de considerar as primeiras posições? Com certeza! E vamos agora te explicar como.

Como SEO pode ajudar além das primeiras posições? 

O princípio básico do SEO é melhorar o ranqueamento de sua loja, para que, com o tempo, você atinja as primeiras posições. 

Porém, o que poucas pessoas sabem, é que essa não é a única função ou benefício de aplicar SEO em sua loja virtual. 

Google Ads e Google Shopping: 

Ter um excelente conteúdo SEO é primordial para ir bem nas campanhas pagas, como Google Ads e Google Shopping

Agora você deve estar se perguntando: Mas se são anúncios pagos, eles devem aparecer para um possível cliente independentemente do meu conteúdo! 

Neste caso, entramos em um grande equívoco. Embora o Google Ads e o Google Shopping sejam pagos diretamente para o Google, ter um bom conteúdo é primordial para se posicionar bem. Isso porque o buscador está interessado em proporcionar uma excelente experiência para o usuário

Em outras palavras, o buscador não está muito interessado em quem pagou mais ou quem pagou menos, o que interessa é quem possui o conteúdo mais relevante. 

A loja X pode ter pago R$1,58 por clique em uma palavra-chave específica, enquanto a loja Y pagou R$0,99. Mesmo assim, há chances da loja Y aparecer antes da loja X naquela determinada palavra. 

E isso acontecerá porque a loja Y conta com excelente fotos (de boa qualidade, leves e de todos os ângulos dos produtos), ter um carregamento mais rápido, uma navegação mais fluída e muito mais. Além do próprio conteúdo, com meta titles e meta description personalizadas para cada item, bons títulos dentro da loja, descrições personalizadas e de boa qualidade. 

Ou seja, inúmeras técnicas de SEO podem prejudicar ou auxiliar uma loja mesmo em suas mídias pagas.

Anúncios dentro dos Marketplaces:

O mesmo acontece dentro dos marketplaces. 

No geral, a premissa é a mesma: o marketplace quer oferecer a melhor experiência de compra para que aquele cliente compre ali e volte para comprar novamente. 

E a explicação para isso é muito óbvia: concorrência. Enquanto você possui seus próprios concorrentes dentro do Mercado Livre, por exemplo, o Mercado Livre também concorre com Submarino, Americanas, Shoptime, Carrefour e muitos outros. 

Logo, o Mercado Livre fará uma eleição de seus melhores vendedores, para assim, exibir os melhores resultados de pesquisa. 

É claro que, neste caso, a boa reputação do lojista fará diferença (tempo de entrega, avaliação dos clientes etc). Mas para quem ainda não está se destacando nos marketplaces ou começará a vender neles, é essencial investir em seu conteúdo. 

Aqueles mesmos critérios citados no tópico sobre as mídias pagas também valem aqui. Sai na frente quem oferece a melhor experiência de compra. 

Conversão dentro da loja virtual: 

Agora vamos fazer de SEO dentro de sua loja virtual

É muito importante lembrarmos que SEO não é só para os buscadores, é também para o cliente! 

Neste caso, as boas fotos não serão reconhecidas só pelo Google, mas também pelo seu cliente. 

Imagine a seguinte situação: Natália está a procura de tênis específico para presentear seu namorado em seu aniversário. Ela está em dúvida de duas lojas, ambas oferecem o mesmo produto e o preço é muito semelhante (assim como o frete). Entretanto, há uma diferença, a loja X tem apenas uma foto do calçado, ou seja, apenas de um ângulo, e ainda está em baixa qualidade. Já a loja Y inseriu fotos de todos os ângulos do calçado, inclusive close em detalhes, uma imagem com o calçado no pé de um modelo e até um vídeo de 4 segundos do modelo caminhando com o tênis. 

Precisamos dizer onde Natália vai fazer a compra? Ela não só teve melhor experiência na loja Y, porque a trouxe muito mais detalhes do presente, como, mesmo que inconscientemente, a cliente criou empatia e confiança muito maior

Além disso, podemos destacar que isso não funciona só com as fotos, e sim com tudo que citamos anteriormente: conteúdo de descrição, velocidade da loja, facilidade de navegação, título do produto etc. E o melhor: tudo isso é SEO! 

Desta forma, conseguimos ver o quanto SEO é importante para os buscadores e também para quem vai realizar a compra. Quando for criar seus conteúdos, lembre-se de que não é apenas um robozinho que consumirá suas informações, mas também seres humanos. 

Conteúdo em Blog: 

O melhor canal para gerar conteúdos ricos são os blogs! 

Com eles é possível trabalhar conteúdos interessantes e relevantes para seus clientes, sem limites de caracteres. E o melhor, nesses conteúdos relevantes é possível fazer links diretos para produtos de sua loja. 

Entretanto, é importante focar em conteúdo e não em vender. A venda deve ser uma consequência. Muito cuidado para seu “conteúdo relevante” não virar uma propaganda disfarçada. 

Ou seja, o blog é mais uma mídia para divulgar sua loja virtual (com moderação). 

Conteúdo é Rei

Viu como as técnicas bem aplicadas de SEO impactam nas vendas de sua loja muito mais do que você imaginava? Agora é o momento de repensar suas estratégias, como sua loja em relação as práticas de SEO? 

Para te auxiliar nas melhores técnicas, a Escola de E-commerce criou uma ferramenta para avaliar o desempenho de SEO em sua loja. Ideal para auxiliar com as melhores ideias!

E lembre-se de que: o melhor momento de começar a aplicar (ou otimizar) a fazer SEO, foi há seis meses. 

Curtiu o conteúdo? Então acompanhe nossos conteúdos semanais no blog, curta nossa fã page no Facebook e se inscreva em nosso canal no Youtube

Nos vemos na próxima! 

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário