Como faço para aumentar a taxa de recompra dos meus clientes?

Conseguir fazer um cliente comprar é bom e aumenta o engajamento. Porém, e se fosse possível fazê-lo adquirir produtos constantemente? Estamos falando […]

Conseguir fazer um cliente comprar é bom e aumenta o engajamento. Porém, e se fosse possível fazê-lo adquirir produtos constantemente? Estamos falando da taxa de recompra.

Ter consumidores voltando a fazer aquisições no seu e-commerce significa que ficaram satisfeitos com os produtos, tiveram boa experiência de compra e se identificam com o tipo de mercadoria vendida.

Além disso, reter clientes atuais é mais barato que atrair novos. Essa afirmação foi feita por Philip Kotler, especialista em marketing, e expressa que, além de ser importante ter novos consumidores chegando, as ações implementadas para manter os já existentes demandam menos recursos financeiros.

Continue a leitura e entenda como aumentar esse percentual no seu comércio virtual!

Saiba fazer o cálculo da taxa de recompra

A primeira etapa é entender como quantificar essa taxa, a fim de, ao longo das ações, conseguir comparar a efetividade de cada método.

Para isso, basta verificar a quantidade de consumidores que compraram no mês, quantos são novos e quantos são antigos. Então, se um e-commerce teve 100 vendas realizadas e destas, 40 foram para usuários que já tinham adquirido algo antes, sua taxa de recompra é de 40%.

Segmente a base

Esse é o próximo passo para que o gestor consiga executar qualquer outra estratégia de marketing. É interessante saber dados, como produtos visualizados, valor médio da compra, origem da visita (por exemplo, se foi por pesquisa no Google, banners etc.), idade, região e assim por diante. Quanto mais informações, mais rica a base e mais eficiente tende a ser a ação escolhida.

Isso porque a tática definida tem que estar bem direcionada ao estilo do comprador. Provavelmente não vai ter muito efeito, por exemplo, mandar promoções de roupas masculinas sociais, para uma garota jovem. A menos que seja uma campanha sazonal, devido ao Dia dos Pais.

Ofereça produtos complementares

Ofereça itens que tenham a ver com a aquisição do consumidor e que tenham chances de fazê-lo gostar. Algumas vezes, é possível que ele tenha interesse pela mercadoria, mas, simplesmente, tenha se esquecido de procurar por ela, ou que nem saiba da existência no e-commerce.

Então, se ele adquiriu uma calça jeans despojada, que tal mostrar uma camiseta estilosa? Ou para a mulher que comprou uma base de maquiagem poderia ser mostrado um batom. A ideia é seguir o gosto do perfil. Isso pode ser enviado, também, por email marketing, que, ajuda, inclusive, a manter o bom relacionamento com o cliente.

Dê cupons de desconto

Dias ou semanas após o pagamento, envie mensagens simpáticas, por SMS, WhatsApp ou e-mail, disponibilizando cupons de desconto para a próxima compra, por ele já ser um cliente da loja. Não se esqueça de usar, com moderação, uma estratégia dos gatilhos mentais― como o da urgência―, com bons CTAs, para estimular maior conversão.

Também é válido unir essa dica com a anterior, informando-o de que determinado item do qual ele vai gostar está em promoção e ele precisa dar uma olhada na loja.

Faça e-mail marketing

Por meio de newsletter, envie matérias relevantes que tenham a ver com os interesses do cliente. Por exemplo, se ele adquiriu um videogame, é possível mandar conteúdos relacionados a jogos interessantes, dicas de jogadores para passar das fases, eventos relacionados ao mundo dos games, curiosidades sobre as histórias dos consoles e seus desenvolvedores etc.

A ideia é entregar algo que seja informativo, que acrescente conhecimento e desperte o interesse do usuário a ser leal à marca. Não é necessário, nesse primeiro momento, já tentar vender um produto. Isso pode ser feito após um tempo, se for percebido interesse dele nos e-mails.

Invista na gamificação

Uma estratégia que muitas empresas usam para ganhar consumidores fiéis é o de atrelar o processo da compra a um recurso divertido, a fim de manter o usuário mais engajado.

A cada aquisição, o consumidor acumula pontos, que podem ser trocados depois por algo que tenha valor a ele. Esse prêmio pode ser um desconto, um frete grátis, determinado produto ou brindes. É recomendado deixar algumas opções de recompensas, para que o próprio consumidor escolha a que for mais interessante a ele.

Dê bom atendimento após a compra

Depois da primeira compra, tente entrar em contato, mandando uma mensagem e perguntando o que ele achou da nova aquisição. Indague se ficou satisfeito, se teve alguma dúvida, se surgiu dificuldade no processo de comprar.

O propósito é demonstrar que o e-commerce se interessa pelos clientes. Além disso, pode ser um meio de recolher feedbacks, para que a loja possa investir em melhorias para si.

Não se esqueça de fazê-lo se sentir à vontade para entrar em contato, se precisar de alguma coisa. O sentimento que um consumidor adquire de se sentir especial à empresa tende a motivá-lo a comprar mais vezes, assim que precisar de algo que o comércio venda.

Mantenha o relacionamento

Pelo mesmo motivo da explicação anterior, é interessante tentar manter a proximidade com seus consumidores. Isso pode ser conseguido por diversos caminhos: mensagens, e-mail marketing, redes sociais.

Nessa última opção, o lojista pode criar postagens interessantes, informativas, divertidas ou promocionais. Incentivar os usuários a interagir por comentários, curtidas ou compartilhamentos pode mantê-lo em maior engajamento com a empresa e facilitar, assim, sua próxima decisão de recompra.

Invista em ferramentas de automação

Um software CRM, por exemplo, é capaz de colher diversos dados relevantes dos consumidores, como idade, localização geográfica, preferências, formas de interação com a página da marca nas redes sociais, tipos de postagens mais curtidas, produtos mais visualizados, mercadorias compradas etc. Isso facilita para que o gestor entenda melhor quem são seus clientes, seus desejos, seus gostos.

A ferramenta também ajuda a criar campanhas segmentadas, organizar as bases de grupos de e-mails, automatizar o envio de mensagens, armazenar todo o histórico de relacionamento com os usuários, entre outras ações. A ideia é tornar as táticas implementadas mais eficientes, pelo fato de o gestor ter informações mais precisas.

Conquistar novos clientes costuma trazer grandes vantagens para o e-commerce, mas estimulá-los a se engajar na fidelização tende a aumentar a taxa de recompra, o que faz a empresa sair ganhando, sem precisar investir em muitos recursos.

Gostou deste artigo? Quer mais informações para manter sua loja lucrando? Então saiba agora como aumentar suas vendas!

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário