Como adaptar suas estratégias de SEO para pesquisas por voz

Graças a tecnologia, hoje é possível manter-se organizado e realizar coisas práticas apenas utilizando sua voz. Graças aos comandos de voz presentes […]

Graças a tecnologia, hoje é possível manter-se organizado e realizar coisas práticas apenas utilizando sua voz. Graças aos comandos de voz presentes nos smartphones, em poucos segundos você faz uma chamada, localiza uma loja, confere sua agenda ou responde à uma mensagem. 

De acordo com uma pesquisa realizada pela ComScore, em 2020, pelo menos 50% das pesquisas serão feitas por voz, impactando não apenas na experiência dos usuários com a tecnologia de inteligência artificial como, também, na forma como as marcas devem trabalhar. 

E se em outros países o comando por voz já é popular com a assistente virtual Siri (IOS), no Brasil o impacto será ainda maior com a disponibilização da língua portuguesa para o Google Home (Android) e Alexa (Amazon). Mas o que isso tem a ver com o seu negócio e o como essa tecnologia pode ser benéfica para a sua empresa?

Como funciona o comando por voz?

Como falamos no início do texto, o comando por voz é uma ferramenta que auxilia o usuário a realizar tarefas em um smartphone utilizando apenas a fala como instrumento. Chamada de assistente pessoal, essa ferramenta começou a popularizar-se com a Siri, do IOS, e recentemente ganhou força no Android com o Google Assistente. 

A ferramenta é extremamente fácil de ser utilizada pelo usuário e extremamente inteligente a ponto reconhecer a voz do dono do smartphone, funcionando mais ou menos como uma conversa, onde o usuário fala o que deseja e a assistente responde de acordo com a pergunta ou solicitação.

Qual o potencial dessa tecnologia?

De acordo com um estudo da Universidade de Stanford, hoje as tecnologias de reconhecimento de fala são três vezes mais rápidas do que digitar. Segundo informações da MindMeld, fornecedora do assistente de voz do Google, 63% dos adultos e 72% dos adolescentes, dentre os usuários da Google, acreditam que a pesquisa por voz é mais eficiente que a pesquisa por digitação.

Em 2014, um estudo realizado pelo Google Mobile Voice mostrou que 55% dos adolescentes usam a pesquisa por voz pelo menos uma vez ao dia e 89% concordam que as assistentes (ou “os” assistentes, afinal você pode alterar para uma voz masculina nas configurações) são o futuro.

O SEO para pesquisas por voz

A tecnologia por reconhecimento de voz é tão grande que há uma necessidade das grandes e pequenas empresas reformularem as suas atividades, focando no voice first. Dessa forma, além da reformulação interna – gerenciamento de tarefas, produtividade no trabalho, organização de equipes, experiência online – é necessário investir na reformulação externa, gerando um fluxo de informações instantâneas entregues com um processo inteligente.

Trabalhe com perguntas

O primeiro passo é entender que as buscas por voz tem uma estrutura semântica diferente das pesquisas digitadas. Enquanto na pesquisa digitada a busca ocorre através de palavras-chave, na busca por voz a pesquisa parte de uma pergunta: “Onde?”, “Quando?”, “Por que?”, exatamente como em uma conversa. É intuitivo pensar que o melhor ranqueamento será para as empresas que trabalhem o SEO de busca por voz incitando perguntas.

Agora que você já sabe o potencial da pesquisa por voz e como ela é vantajosa para a sua empresa, hora de colocar em prática!

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário