Por que criar conteúdo interativo para e-commerce? Veja 5 vantagens!

Como abrir seu próprio negócio: nichos de atuação que estão em alta

Publicado em: • Última Atualização:

Quem nunca sonhou em ter seu próprio negócio

Muitas pessoas caem de paraquedas no empreendedorismo por necessidade e acabam dando certo, outros não. 

Logo, nosso papel aqui é minimizar seus erros e apontar a variedade de negócios que você pode ter para gerar sua própria renda

Não existe idade para abrir seu próprio negócio 

Esqueça o preconceito com idade. 

Assim como não existe idade para começar um curso na faculdade, casar ou ter filhos, nunca é muito cedo ou muito tarde para abrir seu próprio negócio

O importante é se planejar, ter uma boa ideia e muita dedicação. 

Descubra qual o seu talento 

Ao decorrer deste conteúdo, entraremos mais a fundo no tema vendas. Pois, é um ramo que todos podem atuar e já vamos explicar o porquê. 

Entretanto, você já parou para pensar no que sabe fazer de melhor? Talvez você preste um serviço esporadicamente, saiba ensinar algo para as pessoas ou até faça maravilhas na cozinha. Tudo isso pode ser uma oportunidade de negócio que está bem perto e você nem imagina. 

No fundo, todos temos um pouco de vendedor

De fato, se você está lendo este conteúdo, é porque tem o desejo de empreender, mas talvez não saiba por onde começar. 

Assim, podemos lhe contar um segredo: todo empreendedor precisa vender alguma coisa a alguém. Toda pessoa precisa ser um vendedor nato. 

Imagine, para conquistar seu atual emprego ou algum outro anterior, você precisou se auto promover, não? Então, você já é um vendedor

Logo, se não tem ideia de como começar o seu negócio, já pensou em começar a vender produtos e iniciar sua própria clientela? 

Nichos de atuação que estão em alta

Confira nichos de atuação que estão bombando de vendas, especialmente na internet. 

Moda

Seja direcionado ao público masculino ou feminino, a moda está sempre em alta. 

Isso porque, as roupas trazem uma imensa satisfação e faz com que as pessoas se sintam bem. Logo, todo mundo sempre tem uma peça de roupa nova no armário. 

Sendo assim, procurando bons fornecedores ou até indo pessoalmente a grandes centros de comercialização de vestuário, é possível começar a vender rapidamente

Não espere ter dinheiro para alugar um imóvel e abrir sua loja. O importante são os produtos, o canal de vendas pode ser o Instagram, Facebook, WhatsApp e as próprias pessoas que você já conhece. 

Automotivo

Atire a primeira pedra quem nunca recebeu o orçamento do mecânico e pesquisou na internet o preço da peça para ver se era compatível. 

Decerto, isso acontece porque ninguém quer perder dinheiro e a internet é a fonte de consulta mais fácil e inquestionável. 

Sendo assim, o ramo automotivo segue em crescimento, pois, carros continuam quebrando e motoristas desejam economizar cada vez mais. 

Assim, comprando a peça por conta própria e pagando a mão de obra, aquele serviço acaba saindo com um preço bem mais agradável. 

Sobretudo, a maneira mais fácil de entrar nesse ramo também é a internet. Já que não é necessário investir de cara em um grande espaço físico para receber seus clientes. Tendo suas peças em casa e começando a vender em marketplaces, já é um excelente primeiro passo.

Esportes

Um segmento que sempre esteve em alta e continua crescendo. 

O segmento de esportes vai desde camisetas de times de futebol, até suplementação para pessoas que adoram exercícios físicos. 

Seguindo na mesma linha, exceto produtos oficiais de times de futebol, comprando em massa suplementos ou equipamentos para exercícios em casa, já é possível iniciar suas vendas e obter lucro

As redes sociais podem ser sua porta de entrada para começar a vender e entregar em sua cidade e depois, quem sabe, para todo o Brasil. 

Beleza

Já foi a época em que os cosméticos eram itens de luxo, hoje eles são essenciais para quem gosta de se sentir bem

Trabalhar com autoestima, além de ser impulsionado por vários gatilhos mentais, traz um resultado certeiro quando feito da maneira correta. 

Imagina a quantidade de pessoas que erram o tom de base na hora de comprar pela internet — o que é cada vez mais comum. Mas com você isso não vai acontecer, pois, no seu Instagram, você testará todos os tons de base, esperar secar e mostrar para o seu público qual a melhor opção para cada pessoa. 

Percebe a diferença em comparação as lojas que jogam a cartela de cores na loja — que nunca é a realidade do produto, e deixam que o cliente se vire? 

Desta forma, podemos dizer que o ramo da beleza possui muito a ser explorado e muitas oportunidades de se destacar dos concorrentes

Sex Shop

Poucos apostam, muitos ganham dinheiro. 

Inegavelmente, este é um ramo que cresce muito, pois, está cada vez mais sendo desconstruído. 

Entretanto, muitas pessoas ainda possuem muita vergonha de entrar em uma loja física de Sex Shop. Assim, procuram alternativas na internet. 

Existem muitas maneiras de realizar essas vendas. Com a finalidade de ser algo mais intimista, você pode divulgar sua loja nas redes sociais e levar, discretamente, os pedidos na casa dos clientes.

Comece por sua cidade e, consequentemente, pessoas de outras cidades lhe procurarão para o envio. 

Neste caso, é importante focar na discrição e no bem-estar dos clientes. 

Quais os primeiros passos? 

Agora que você já sabe alguns nichos que estão em alta, vamos descobrir por onde começar? 

Primeiramente, não tenha medo de vender. Se for uma pessoa tímida, saiba que você pode faturar milhares de reais por mês sem ter nenhum contato pessoalmente com seu cliente.

Como citamos em todos os segmentos, a internet está aí para aproximar clientes e lojas que nunca se conheceriam na “vida real”. 

Partindo disso, conheça os passos essenciais para começar seu negócio:

Planejamento

Primordialmente, o planejamento envolve tudo

Desde a decisão de deixar seu atual emprego, até como você enviará suas encomendas. 

Desta forma, é importante colocar tudo no papel e planejar o início de seu negócio. Para isso, existem muito cursos gratuitos e online para empreendedores iniciantes, como no Sebrae, por exemplo. 

Seja como for, antes de mais nada, trace um caminho para seguir. Desta forma, tudo ficará menos complicado. 

Investimento 

Logo, tenha em mente que será necessário um investimento inicial

De acordo com seu planejamento, você terá uma ideia de qual será este valor. Além disso, é importante reservar um pouco a mais para alguma emergência. 

Sendo assim, não jogue tudo para o alto antes de ter esse dinheiro reservado. Muitos negócios quebram logo no início, pois, o empreendedor não calculou o período de investimento antes de, de fato, começar a faturar. 

Não tenha medo de desafios

Você encontrará obstáculos em seu caminho. 

Mesmo com o melhor planejamento do mundo, imprevistos acontecerão e você deve estar preparado para isso

Não desista logo de cara e aprenda com seus erros. 

Mescle o físico com o online

Depois da pandemia do coronavírus, as pessoas estarão adaptadas com as compras online.

Logo, não existe mais uma loja que não tenha sua versão online. Por outro lado, ter a disponibilidade no físico facilita o processo. Especialmente se o início das vendas forem próximas de você. 

Gostou do conteúdo e gostaria de empreender também? Confira essas dicas de como começar a vender nas redes sociais

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Como abrir seu próprio negócio: nichos de atuação que estão em alta
Avalie esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *