Comércio eletrônico recebe 1,76 bi de acessos em janeiro e surpreende especialistas

Novo levantamento realizado pela Conversion mostra que apesar do primeiro mês do ano ser considerado um mês fraco para vendas, houve um aumento no setor do e-commerce. Confira as informações.

Janeiro é conhecido como o mês do “aperto” para muitos brasileiros.

Isto é, o primeiro mês do ano é famoso por ter muitas contas a pagar como ipva, iptu, compra de materiais escolares e etc.

Dessa forma, o mês ficou com essa “má fama” porém para o setor de e-commerce essa regra não foi aplicada este ano.

Pelo menos, é o que mostra o novo levantamento realizado pela Conversion que mostra que em janeiro deste ano houve um aumento.

Comércio eletrônico apresenta bons resultados em janeiro

O brasileiro realmente se adaptou às compras online.

Buscar produtos no seu marketplace favorito e finalizar uma compra, além de cômodo é muito fácil e isso vem conquistando o consumidor moderno.

Em um comparativo com o mês de dezembro, por exemplo, o setor de e-commerce apresentou uma alta de 1,89% em janeiro.

Além disso, o novo relatório aponta ainda, que os principais e-commerces brasileiros juntos, receberam um total de 1,76 bilhão de acessos.

O que motivou esse resultado?

Especialistas acreditam que esse crescimento ocorreu por causa do aumento dos casos de influenza e COVID-19 que infelizmente tiveram um alto contágio entre o final de 2021 e início do novo ano.

Setores que começaram o ano em alta

Portanto, com esse aumento, alguns setores se destacaram no mês de janeiro e o relatório também nos trouxe uma visão de quais são eles, confira:

  • Produtos farmacêuticos e de Saúde, tiveram uma alta de 28,55%;
  • Livros e Papelaria, cresceram cerca de 19,81% em janeiro;
  • O setor de Casa e Móvel, também apresentou uma alta de 18,13%.

E-commerces mais populares em janeiro

O relatório trouxe também, quais os sites foram os preferidos dos consumidores brasileiros, no quesito confiança para comprar online. Confira o top 10:

  1. Mercado Livre;
  2. Americanas;
  3. Amazon Brasil;
  4. Magazine Luiza;
  5. Shopee;
  6. Casas Bahia;
  7. AliExpress;
  8. Netshoes;
  9. Droga Raia;
  10. Samsung.

Confira também, nosso material gratuito: Venda seus produtos nas maiores lojas virtuais do Brasil

Comportamento do consumidor

O relatório ainda mapeou o comportamento do consumidor, neste mês de janeiro.

Em média, o consumidor  brasilero acessou cerca de 8 vezes os sites de e-commerces, e em cada acesso, houve a visualização de muitas páginas.

Quanto aos canais favoritos, o brasileiro prefere o direto, ou seja, digitar o endereço da loja que quer comprar em sites de buscas.

Portanto, o canal direto teve 43,6% dos acessos.

Como foram as vendas do seu site neste mês de janeiro? O ano de 2022 mal começou, e já se mostra bem positivo para o setor de e-commerce e o melhor, ele está apenas começando! 

Vamos ficar de olho em todos os índices para você!

Não há comentários ainda. Seja o primeiro a escrever um.

Deixe seu comentário