Quer saber como ganhar dinheiro na internet? Confira o guia completo!

Aprenda a fazer um checklist de fornecedores para abastecer o e-commerce

Publicado em: • Última Atualização:

Você sabe qual é a importância da realização de um checklist de fornecedores adequado? Trata-se de um passo fundamental para o sucesso de qualquer loja virtual. Afinal, esses profissionais são peças-chave na entrega de produtos e serviços verdadeiramente satisfatórios ao público. Dessa forma, devem ser escolhidos e gerenciados cuidadosamente.

Seja você experiente ou iniciante em e-commerce, é provável que, pelo menos em algum momento, precise contar com bons parceiros na gestão de estoque e nos resultados de seu negócio. É por isso que, neste conteúdo, vamos trazer as melhores dicas para que você tenha sucesso na administração de sua cadeia de suprimentos. Se você deseja conhecê-las, continue lendo!

Como o checklist de fornecedores ajuda no abastecimento do e-commerce?

Boas estratégias de distribuição, armazenagem e logística são fundamentais a qualquer loja online. Contudo, antes de executá-las, é preciso estar atento ao passo anterior: o recebimento dos produtos por parte de outras empresas.

Esses fatores dependem, além da escolha dos parceiros certos, de mercadorias alinhadas ao que o público espera. Elas precisam ser condizentes com as necessidades de sua empresa e, é claro, da organização interna.

Em suma, a lista em questão ajuda você a gerir o relacionamento da loja online com seus fornecedores, de forma a manter o estoque sempre cheio e evitar que itens sobrem após o fechamento do ciclo de vendas.

Ao encontrar profissionais que contam com características alinhadas aos valores da sua companhia, as chances de levar satisfação aos consumidores, reduzir custos e estocar produtos na medida certa se tornam muito mais altas. A seguir, saiba como realizar uma checagem que pode ajudar nesse sentido!

Quais itens são indispensáveis ao montar o checklist de fornecedores?

Delimitada a importância de bons parceiros para a loja virtual, é hora de entender quais pontos não podem ficar de fora de sua lista de checagem. As especificidades de seu e-commerce devem ser consideradas. Porém, estas sugestões podem a ser de grande valia.

Defina seus objetivos

Uma das únicas formas de encontrar os produtos que melhor atendem às suas necessidades são, de fato, conhecê-las. Esse é um processo que exige cuidado. É importante mapear as dores do público, entender qual é o propósito da organização na hora de solucioná-las e oferecer os serviços ideais nesse sentido.

Reúna todas as informações possíveis sobre o micro e macroambiente que permeia o negócio e estude o mercado. Mesmo que você já tenha feito isso no passado, é importante ter em mente que as mudanças estão cada vez mais aceleradas. Assim, é preciso estar sempre por dentro das novidades esperadas por parte do mercado e do público.

Somente após realizar esses passos (preferencialmente, a cada ciclo de vendas) você será capaz de, por exemplo, definir o volume de estocagem que você deseja ter em curto, médio e longo prazo.

Em seguida, faça a relação entre o que você precisa para chegar lá e quem pode fornecer essas soluções a você. Lembre-se de que os seus parceiros devem estar alinhados aos valores da empresa. Eles precisam ser capazes de ajudá-lo a alcançar seus objetivos.

Busque informações confiáveis

Conhecer o histórico e a reputação de quem trabalha ou trabalhará junto a você é muito importante. Afinal, se seus fornecedores não atenderem às expectativas, eles não só o decepcionarão; eles afetarão o andamento da loja virtual de forma negativa.

Na hora de se informar sobre o trabalho do fornecedor, garantindo que ele nunca comprometa o abastecimento do negócio, busque dados advindos de fontes confiáveis. Ainda que o boca a boca seja uma excelente maneira de chegar até possíveis parceiros, o que funciona em outras empresas, muitas vezes, não é o ideal a você.

Pesquise feedbacks online, conheça opiniões anônimas e realize um benchmarking para tomar a decisão mais acertada possível.

Priorize a qualidade

O checklist de fornecedores ideal vai além de preços. Ele alinha o valor monetário ao agregado. Em outras palavras, é essencial buscar pelo melhor custo-benefício possível. Tentar baratear um processo tão fundamental ao negócio quanto o fornecimento pode, ironicamente, custar caro depois. Isso é dito em função de:

  • baixa qualidade na entrega final;
  • minimização da retenção e fidelização de clientes descontentes;
  • avaliações ruins online;
  • retrabalhos;
  • atrasos etc.

Uma gestão preventiva tende a trazer melhores resultados do que a que precisa gerir crises constantemente. Com isso em mente, evite problemas e priorize a qualidade em vez do preço.

Confira os prazos oferecidos

Contar com parceiros que cumpram prazos é um dos principais pontos a serem observados. Ele o ajudará a tomar decisões positivas à cadeia de suprimentos. Afinal, a gestão de tempo e a logística adequada dependem da chegada dos produtos no negócio dentro do esperado e sem atrasos. Certifique-se de que esse ponto seja coberto e evite impactos negativos na cadeia produtiva.

Observe o atendimento

Por melhor que seja o serviço contratado, imprevistos podem acontecer. Nessa hora, é imperativo que você possa solucioná-los da forma mais simples e menos estressante quanto possível. Isso está ligado, entre outros fatores, a um bom atendimento. É importante que os atendentes se mostrem ágeis, proativos e atenciosos — em especial nos momentos difíceis.

Analise a capacidade produtiva do fornecedor

Ainda que o checklist de fornecedores considere os pontos fortes a serem buscados nos parceiros, também é importante que você esteja atento às limitações. Afinal, trata-se de uma parceria. Isso significa que ambos os lados devem ser tratados com respeito e compreensão.

Não exija mais do que o combinado em contrato e organize-se de forma a garantir que os produtos recebidos sejam suficientes para o ciclo de vendas, estejam amparados por uma boa logística interna e que haja espaço suficiente na hora de armazenar. Assim, com os serviços certos, você estará sempre um passo à frente de qualquer possível obstáculo.

Não providenciar um checklist de fornecedores adequado às necessidades da loja virtual tende a culminar em uma série de problemas, como atrasos, gargalos na produção, gastos excessivos, entre outros. Evite-os ao garantir o abastecimento adequado de seu estoque e ao seguir as dicas deste artigo.

Se deseja saber ainda mais sobre a escolha dos melhores parceiros voltados ao seu negócio, não deixe de conferir sugestões do que deve estar em pauta ao escolher os melhores fornecedores de produtos!

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Aprenda a fazer um checklist de fornecedores para abastecer o e-commerce
Avalie esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *