Integração XML, Página de Características, Login e Carrinho com novidades na Tray
Qual é a diferença entre e-commerce e marketplace?

Como usar call to action para impulsionar as vendas em e-commerce?

Publicado em: • Última Atualização:

Um visitante chega até o e-commerce, navega pelas páginas, encontra produtos interessantes e que gostaria de comprar e… o que ele deve fazer? A call to action (CTA) serve exatamente para guiar os próximos passos do consumidor dentro da sua loja virtual, mostrar o que deve ser feito para que ele siga adiante em sua jornada de compra.

Caso ela não apareça, o internauta pode ficar um pouco perdido, sem saber que tipo de ação tomar para comprar o produto, impactando diretamente nos seus resultados de vendas. Sendo assim, não dá para prescindir de uma boa CTA em cada ponto de decisão da jornada do consumidor.

E você, sabe como usar esse recurso para impulsionar as vendas no seu e-commerce? Gostaria de algumas ideias? Confira as que trouxemos para você!

Tipos de call to action e como usar

Existem várias formas de inserir uma call to action em seu site. Tudo depende do contexto e do seu objetivo em chamar o visitante para a ação. Veja:

Botão de compra

Esta é a CTA mais comum em todo o comércio eletrônico. Normalmente fica bem à vista do consumidor e traz uma ou duas palavras que são cruciais para que o consumidor vá adiante: “comprar” ou “compre agora”.

Veja que se trata de uma ação imediata, comprar neste instante. O “compre agora” usa o recurso gramatical chamado de imperativo, isto é, dar uma ordem. Pode parecer bobagem, mas no subconsciente humano, essa frase faz todo o sentido e pode ser decisiva para que o consumidor adquira o produto.

Banner de publicidade

Quando você tem uma oferta imperdível, dá destaque a ela com um banner enorme no seu site, com direito a luzes piscando e cores chamativas. Você também deve inserir uma call to action nesta peça publicitária, a fim de fazer com que o internauta clique no seu banner e conheça o que você tem a oferecer.

Como estamos próximos da Black Friday, imagine que você já pode dar uma prévia das ofertas que terá neste dia especial e divulgá-las em um banner com a seguinte chamada “A Black Friday vem recheada de ofertas para você. Confira!”

A palavra “conferir” desperta a curiosidade do internauta e faz com que ele siga adiante nesta experiência, tomando conhecimento de quais produtos estarão em oferta durante a Black Friday. Você pode estar estimulando novas compras para este dia. Pense nisso!

Pop ups

Outro recurso que pode servir muito bem para dar destaque à sua CTA são os pop ups – aquelas janelinhas que pulam diante do usuário em determinado momento. Você pode utilizá-los quando o consumidor está prestes a sair da sua loja virtual, por exemplo.

Convide o visitante para deixar o e-mail e receber ofertas personalizadas diretamente na sua caixa de entrada. Outra possibilidade é pedir que ele responda a uma pergunta rápida que ajude em uma pesquisa de mercado que você está desenvolvendo.

Não esqueça de ser direto na informação e de inserir um botão que mostre o que deve ser feito, como “cadastrar-se para receber a newsletter” ou “responder agora”. Agradeça a visita ao final da interação, demonstrando que você valoriza a participação da pessoa.

Barras laterais

As barras laterais também podem servir de call to action para que os visitantes do seu e-commerce realizem determinada ação, como assinar a newsletter ou ainda curtir as redes sociais.

Disponibilize mensagens curtas e diretas, com botões para a ação. Um campo para inserção do endereço de e-mail e um botão “enviar” são suficientes para que o internauta entenda que está subscrevendo para receber atualizações da sua página.

Um ícone do Facebook, com o botão “curtir” também já é direto na mensagem, convidando o internauta a acompanhar sua empresa através das redes sociais.

Como fazer uma call to action vencedora

Você pode notar que existem e-commerces em que o usuário vai em frente na jornada de compra e outros em que o consumidor não tem vontade de prosseguir. A diferença entre um e outro pode estar no uso adequado das calls to action.

Pensando nisso, fizemos uma listinha do que considerar no momento de criar suas próprias CTAs:

Seja direto

Nada de enrolação, uma CTA deve ter poucas palavras, ir direto ao assunto. Eis alguns exemplos: compre agora; não perca essa chance; últimas unidades; somente para as primeiras 50 pessoas; assine já; mantenha-se atualizado.

Crie senso de urgência

Ninguém realiza uma ação sem pensar, exceto quando a urgência fala mais alto. Se você está com uma promoção em todo o site e insere um contador regressivo que mostra o tempo que falta para acabar, está despertando um senso de urgência. Se fala que tem somente três unidades de determinado produto, está criando um senso de urgência.

Utilize este recurso para que os consumidores não tenham muito tempo para pensar na resposta. O intuito deve ser o de levar o visitante a agir por impulso, imediatamente.

Capriche no design

Botões de CTA devem ser chamativos e contrastar com o fundo da sua loja virtual. Não precisa colocar verde fosforescente com rosa chock, mas fazer com que o botão seja percebido com mais ênfase do que as demais informações da página. O texto também deve estar bastante visível para que o internauta entenda o que está prestes a fazer.

Mostre as vantagens

Para que o consumidor siga seu conselho e realize a proposta da CTA, você deve destacar os benefícios que ele está prestes a receber. Por exemplo, em uma landing page de um produto específico, você deve listar as vantagens que o produto tem a oferecer ao cliente. No caso de um ar condicionado, você pode dizer que ele proporcionará maior conforto e comodidade, ambiente climatizado, etc.

Mantenha o foco no cliente

A CTA deve ser direcionada a satisfazer a necessidade do seu cliente, não destacar o produto em si. Evite usar frases como “comprar o melhor ar condicionado do mercado”. Não é isso que o seu consumidor busca e certamente vai parecer autopromoção. Seja sutil na sugestão, mas mantendo-se incisivo. Não esqueça do verbo, que é o que realmente instiga a realizar a ação.

Call to action é ou não é um recurso indispensável para qualquer e-commerce vender mais? Se curtiu aprender mais sobre este tema, aproveite para compartilhar com seus amigos, pode haver mais gente precisando destas dicas!

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Como usar call to action para impulsionar as vendas em e-commerce?
Avalie esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *