Entenda agora porque você precisa de backlink para e-commerce
Correios ou transportadora: qual escolher para e-commerce?

10 Dicas para cadastrar produtos no e-commerce

Publicado em: • Última Atualização:

O cadastro de produtos no e-commerce pode parecer uma tarefa corriqueira e muito simples. Se para você basta copiar, colar, publicar a mercadoria no site e aguardar a clientela chegar, saiba que provavelmente está cometendo um erro grave que prejudica a performance da sua loja em diversos sentidos.

Para você ter uma ideia, de acordo com o E-commerce Quality Index (EQI), 72% das maiores varejistas online do país não entregam uma boa experiência online quando o assunto é informação. Os dados indicam um verdadeiro gargalo operacional no comércio eletrônico: o cadastro de produtos!

Se você quer aumentar as suas vendas e evitar a quebra de expectativas dos seus clientes, é essencial investir em otimizar a experiência deles. Abaixo, você receberá 10 dicas para melhorar o seu cadastro de produtos no e-commerce. Confira!

1. Pesquise palavras-chave

Você já ouviu falar em SEO para e-commerce? Em resumo, os mecanismos de busca, como o Google, são uma ótima maneira de gerar tráfego gratuito e com boas chances de conversão para lojas virtuais.

Encontrar as palavras certas é um ponto chave para obter um bom retorno com o cadastro de produtos. Com informações concretas sobre quais termos os usuários mais utilizam para comprar mercadorias no seu segmento, você conseguirá transformar as dicas a seguir em formas de atrair mais tráfego e, consequentemente, vendas para a loja online.

2. Otimize a navegação

O gerenciamento das categorias é um recurso crucial para a organização de qualquer loja online. É por meio delas que o usuário se localiza no site e encontra os produtos certos para sua necessidade.

Imagine que você tenha um e-commerce de eletrodomésticos – é possível categorizar suas mercadorias a partir dos cômodos da casa ou por tipo de equipamento, por exemplo.

Nesse sentido, a tarefa mais importante é cadastrar os produtos e agrupar o que for semelhante em uma mesma categoria.

3. Crie um título informativo e atraente

Os títulos do produto servem tanto para o posicionamento nos mecanismos de busca – ou seja, o SEO do e-commerce – quanto para descrever brevemente a mercadoria. Por exemplo, se o usuário procura por um modelo específico de geladeira, o título o ajudará a entender se a página atenderá a sua necessidade.

Além disso, um título informativo pode colaborar com as métricas do seu site, reduzindo a taxa de rejeição.

4. Tenha meta descrições únicas

As meta descrições – os textos descritivos encontrados nos resultados de busca do Google – também são um atributo muito relevante para o SEO. Embora não sejam fatores diretos de rankeamento no Google, elas são a melhor forma de “pescar” um usuário! Por isso, é muito importante criar descrições únicas e capazes de atrair cliques para cada página de produto.

5. Descreva os produtos minuciosamente

Você sabia que 60% dos produtos cadastrados no e-commerce brasileiro não contam com uma descrição completa? Essa falha é capaz de causar sérios problemas na experiência dos usuários e também nas suas vendas.

Isso porque, na dúvida, o cliente pode optar por não comprar ou até mesmo por arriscar e acabar devolvendo o produto por não corresponder às suas expectativas.

Descreva o produto de acordo com marca, cor, proporções, composição e quaisquer outras informações cabíveis a ele.

6. Inclua imagens secundárias

É importante lembrar que a experiência no e-commerce é bastante diferente de uma loja física. Como não há um vendedor disponível para prestar informações ou produto para testar e tocar, as imagens são essenciais para que o usuário saiba o que está comprando.

Por isso, não se limite a fazer seu cadastro de produtos no e-commerce com apenas uma imagem. Explore ângulos, distâncias e mostre o produto por completo! Isso evitará que você precise arcar com trocas, devoluções ou até mesmo perca o cliente.

7. Considere incluir vídeos

Os vídeos são um jeito de aprimorar a experiência de compra no e-commerce. Junto com as imagens, eles são capazes de oferecer uma visão completa do produto e do modo de uso.

8. Faça um checklist de atributos

O cadastro de produtos no e-commerce envolve muitas etapas que podem acabar sendo exaustivas, principalmente para equipes enxutas. Para otimizar esse resultado, crie um checklist de atributos para que nada passe despercebido nesse momento! Você pode utilizar as sugestões abaixo:

  • categorização;
  • imagens extras;
  • texto ALT das imagens;
  • URLs amigáveis de acordo com a palavra-chave;
  • título SEO;
  • descrição SEO;
  • descrição do produto;
  • lâmina HTML – se houver;
  • upload de vídeos – caso haja.

9. Atualize seu cadastro de produtos no e-commerce

Com todas as dicas acima, é preciso lembrar de atualizar e conferir seu cadastro de produtos no e-commerce com certa frequência. Isso porque as mercadorias podem variar, o fabricante pode modificar embalagens e composição e, depois de algum tempo, pode ser que você acabe vendendo algo que não condiz com a realidade.

Talvez essa situação já tenha acontecido e você só percebeu a falta de atualização após uma reclamação do cliente, certo? Pois saiba que as atualizações frequentes podem resolver esse problema!

10. Automatize se for preciso

São muitas as possibilidades para otimizar o cadastro de produtos no e-commerce, não é mesmo? Como você viu, existem várias formas de entregar um maior nível de informação e tornar sua loja irresistível aos olhos de um cliente.

Contudo, pode ser que o tamanho da sua equipe e a quantidade de produtos sejam desproporcionais. Essa é a realidade de muitas empresas e a execução de tantas tarefas pode comprometer a parte operacional. Por isso, contar com plataformas que automatizam essa tarefa pode ser uma saída!

Esse tipo de tecnologia é capaz de manter sua página de produto frequentemente atualizada e cadastrar produtos com a agilidade que você precisa. Assim, você conseguirá tempo para se preocupar com outras atividades – como campanhas de marketing e relacionamento, além de inovações para seu e-commerce.

Agora que você já sabe como otimizar o cadastro de produtos no e-commerce, que tal entender mais sobre como descobrir e atualizar itens com informações fornecidas diretamente pelo fabricante sem perder tempo com planilhas ou copia e cola?

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

10 Dicas para cadastrar produtos no e-commerce
Avalie esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10% de desconto
50% de desconto
10% de desconto
30% de desconto
20% de desconto
30% desconto
50% de desconto
20% de desconto
30% de desconto
50% desconto
30% de desconto
50% de desconto
Gire e ganhe desconto no ingresso
Digite seu endereço de e-mail e gire a roda. Esta é sua chance de ganhar descontos incríveis!

Escolha a cidade para o desconto!

Regras:
  • Uma chance por email
  • Não acumula para outra cidade
  • Enquanto durarem os ingressos free.