C&A promete entrega até 2 horas e devolução de produtos em lojas físicas

Com o objetivo de garantir uma experiência de compra integrada ao cliente, a marca C&A traz duas novidades que une sua loja digital e física, confira!

Com a popularização do e-commerce, muitas empresas perceberam que não há como trabalhar sem o digital.

Porém, isso não significa que as lojas físicas perderam seu espaço — muito pelo contrário.

Já até mesmo se fala sobre a junção dessas duas frentes, surgindo um novo conceito denominado como phygital.

Esse conceito tem como objetivo unir os universos online e offline para proporcionar uma experiência única para o consumidor.

Tornando assim, o processo de compra mais atrativo e adaptado às preferências dos clientes nesse novo varejo 4.0.

Novidades C&A, o que muda?

Pensando nessa integração física e digital, a C&A empresa popular do varejo de moda, anunciou duas novidades que prometem revolucionar o setor.

Entrega ultrarrápida

A primeira envolve sua logística. Ou seja, a loja garante a entrega de um produto em até duas horas após a compra ser realizada através do seu site.

O novo recurso está em fase de testes e por enquanto somente a capital paulista tem acesso ao serviço.

As regras para essa entrega ultrarrápida são as seguintes:

  • necessário que a compra seja realizada entre 9h e 17h;
  • entrega válida somente para produtos que possuam estoque na lojas C&A;
  • compras realizadas via marketplace não estão incluídas no novo processo.

Trocas e devoluções poderão ser realizadas nas lojas físicas

Já a segunda novidade, abrange uma comodidade ainda maior para o cliente.

Agora será possível devolver em lojas físicas, itens comprados através da internet, independente que sejam roupas ou acessórios, por exemplo.

Válido a partir desse mês, o cliente do e-commerce da C&A poderá devolver o produto adquirido entre 1 a 10 dias úteis, após recebê-lo em casa.

A devolução poderá ser feita direto no caixa do estabelecimento C&A mais próximo.

A novidade estará disponível para todo o Brasil e o projeto leva o nome de “devolução omnicanal”.

Ou seja, ele visa acelerar a resolução de um dos principais gargalos do varejo digital hoje que é a logística reversa

Francislei Donatti, vice-presidente comercial da C&A afirma que essa novidade mostra um compromisso da marca perante ao cliente.

“Essa novidade nos deixa certos de que oferecemos omnicanalidade de ponta a ponta na jornada de compra do consumidor” ele comenta.

“Ao facilitar a devolução de um produto, a gente oferece ao cliente a segurança de investir e ficar apenas com o que realmente vale a pena”. Afirma o vice-presidente comercial.

Confira também: Como oferecer uma experiência omnichannel completa para o cliente.

Qual o objetivo dessas mudanças?

Ambos os recursos têm como objetivo acelerar o desenvolvimento da operação digital da companhia e proporcionar a integração com as lojas físicas.

A implantação do novo recurso está bastante acelerada.

A meta da companhia, é que até o dia das mães deste ano, já possa contar com o novo recurso em toda região metropolitana de São Paulo.

Essa ideia de entrega ultrarrápida não é nova.  

Grandes players do mercado como Amazon e Mercado Livre, por exemplo, já utilizam o recurso que é sucesso entre os clientes.

Expansão para outros estados

A cidade de São Paulo foi escolhida a princípio, por questão de infraestrutura.

Dessa forma, houve um aprimoramento do Centro de Distribuição que atende o e-commerce da C&A. 

Os Investimentos realizados no último ano, por exemplo vieram para aprimorar a velocidade de distribuição facilitando essa mudança

Mas, segundo Donatti, essa ideia já está sendo pensada para atingir novas localidades

“Já estudamos a expansão do recurso e acreditamos que seja feita gradativamente. De toda forma, no restante do Brasil, já temos um last mile com prazo competitivo que transforma nossas mais de 300 lojas em minicentros de distribuição”. Finaliza o vice-presidente.

O que você achou da novidade? Com toda certeza é uma grande evolução da marca e nos mostra o quanto essa tendência de juntar o físico e digital ficará cada vez mais forte nos próximos anos.

Confira também: Tendências do e-commerce: conheça as novidades para 2022 e como destacar sua loja virtual.

Não há comentários ainda. Seja o primeiro a escrever um.

Deixe seu comentário