Som automotivo, carburador, esmalte e salto alto. O que isso tem a ver? Conheça a Marsan Automotiva
Passo a passo: veja como montar uma loja de eletrônicos online

Anunciar no Google Shopping: Como funciona e quanto custa?

Publicado em: • Última Atualização:

Vender na Internet não é nada fácil, são milhares de lojas virtuais e ser encontrada é um desafio, por isso, investir em mídias pagas (Google Shopping) é uma excelente maneira para ser descoberto e conseguir ganhar espaço no mercado.

Uma dessas mídias pagas é o Google Shopping, que basicamente é um comparador de preços de produtos, ou seja, ele apresenta ao usuário uma lista de produtos como Foto, Nome do Produto, Preço e Nome do Vendedor.

Locais de exibição das campanhas de Google ShoppingOs resultados das pesquisas dos usuários podem ser exibidos tanto no site do Google (www.google.com.br), na busca principal ou na guia Shopping, quanto em sites de terceiros (parceiros do Google).

O que é Google Shopping e como anunciar?

O Google Shopping é uma mídia exclusiva para produtos físicos, não podendo ser anunciado portanto, cursos, serviços, ou qualquer outra coisa que não se encaixe nesse perfil.

Então, podemos dizer que é um canal exclusivo para quem é lojista! Se você é, e ainda não anuncia no Google Shopping, saiba que a taxa média de conversão é de 2,5%, acha pouco? A taxa média de conversão dos e-commerces brasileiros é de apenas de 1,6%, aproximadamente 36% menor que a do Google Shopping.

Agora que você já sabe que é vantajoso anunciar no Google Shopping, você precisará executar 3 passos para começar exibir seus produtos:

1 – Criar sua conta no Merchants Center

Para iniciar todo o processo você precisará de uma conta no Merchants Center, uma plataforma também do Google, que será a responsável por receber os dados de seus produtos, e disponibilizar esses produtos para serem utilizados nas campanhas do Google AdWords.

Para criar sua conta, basta acessar esse link, clicar em INSCREVER-SE e inserir seus dados.

2 – Criar e Cadastrar seu Feed de Produtos

Sem dúvida o passo mais importante de todos! É aqui que você dirá ao Google tudo o que ele precisa saber sobre seus produtos, e existem 4 maneiras para você montar esse arquivo:

    • Planilhas Google: Um modelo de planilha em que você preenche manualmente os dados de seus produtos. Geralmente é utilizada por quem tem poucos produtos, ou quem realmente não tem a opção de gerar isso automaticamente, pois precisará manualmente, sempre manter esses dados atualizados.
    • Busca Programada (Mais Utilizada): Um arquivo gerado por alguma ferramenta ou plataforma de e-commerce. Essa opção geralmente é a mais utilizada porque a maioria das plataformas oferecem a opção de gerar e atualizar esse arquivo automaticamente.
    • Fazer Upload: Você precisará ter um arquivo com os dados de seus produtos em seu computador, e poderá fazer o upload dele através de uma conta FTP, SFTP, do Google Cloud Storage, ou manualmente.
    • Content API: Ideal para quem tem uma loja com MUITOS produtos (muitos mesmo!), já que ela interage diretamente com o app de sua loja, atualizando automaticamente os dados dos produtos no Shopping a medida em que eles são atualizados em sua plataforma de e-commerce.

Bom, agora que você já conhece os formatos em que pode criar seu feed, vou te mostrar onde você deve ir para cadastrá-lo no Merchants Center:

Começando a criação do feedApós clicar no botão de adicionar um feed, você será levado à outra tela, se atente as opções de DESTINOS, ali são os canais em que você poderá exibir seus produtos:

Definindo as configurações básicas do feedAgora, você irá inserir o Nome do seu Feed, e escolher qual formato você quer utilizar (aqui vamos mostrar o mais utilizado, a Busca Programada):

Definindo nome e formato do feedPor fim, preencha o Nome do arquivo do seu feed, selecione a Frequência com que o Google irá analisá-lo (recomendo diariamente se você estiver usando a Busca Programada), e coloque a URL do seu feed (essa URL deverá ser gerada na sua plataforma de e-commerce):

Definindo nome do arquivo, frequência de busca que o Google fará no seu feed, e qual será a URL dele

3 – Vincular as contas do Google AdWords e Merchants Center

Esse é o último passo para que fique tudo em ordem, e você comece vender seus produtos no Google Shopping. Se você ainda não possui uma conta no Google AdWords, crie uma clicando aqui, caso você já possua, vamos em frente!

Ainda no Merchants Center, procure a opção Vinculação de contas:

Iniciando a vinculação de contas do Merchants Center e AdWordsDepois, basta clicar no botão Vincular Conta:

Vincular conta do Google AdWords dentro do Merchants CenterPronto! você perceberá que o Status mudará para vinculado:

Vinculação concluídaAgora que você encerrou as 3 etapas de configuração, já poderá criar suas campanhas de Google Shopping dentro do Google AdWords.

Atenção! Você precisará fazer um investimento para isso, como toda propaganda, o Google Shopping também é pago, mas, quanto isso te custará?

Assista ao Escola Responde e veja mais dicas de Google Ads:

 

Quanto custa anunciar no Google Shopping?

O Google trabalha com um sistema de leilão via CPC (Custo por Clique), resumindo, quem paga mais aparece sempre na frente, e cada clique que você recebe em seu anúncio tem um preço.

Mas afinal, quanto isso te custará?

Você definirá o valor que quer pagar por cada clique, baseado principalmente em três fatores:

  • Concorrência;
  • Volume de buscas do produto;
  • Posição desejada de exibição do anúncio.

Porém, além dos 3 fatores anteriores, existem fatores de qualidade e relevância, que influenciarão tanto o seu CPC, quanto a posição em que seu anúncio será exibido, aqui vão alguns deles:

  • Qualidade e relevância das informações dos seus produtos, como título, descrição e imagem.
  • Relevância do seu site na Web, o Google tende a exibir sites que são mais confiáveis e bem avaliados.
  • Relevância do seu produto para a pesquisa do usuário, o que você está oferecendo, é o que ele está buscando?

Porém, esses fatores não impedem os anunciantes que investem menos, de concorrer, aparecer, e também vender.

Então, você não saberá exatamente quanto irá gastar para anunciar seus produtos, até que você crie sua campanha e tenha dados e histórico para poder analisar e fazer uma média, a partir disso, poderá começar a otimizar suas campanhas para gastar com o que realmente vale a pena para você vender!

Concluindo

Não basta apenas vincular os seus produtos, criar suas campanhas, e esperar que a mágica aconteça sozinha! É necessário acompanhamento, ter uma visão do mercado (concorrentes, preços, frete), toda ação que você realizar em sua loja virtual, impactará no sucesso ou fracasso de suas campanhas.

Espero que agora você consiga iniciar essa caminhada no Google Shopping, e em breve teremos mais conteúdos sobre esse assunto, aqui, na Escola de E-commerce. Fique ligado!

Webinar: Os segredos de quem saiu do zero para um faturamento de 200 mil em 11 meses

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

Anunciar no Google Shopping: Como funciona e quanto custa?
5 (100%) 2 votos

One thought on “Anunciar no Google Shopping: Como funciona e quanto custa?



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10% de desconto
50% de desconto
10% de desconto
30% de desconto
20% de desconto
30% desconto
50% de desconto
20% de desconto
30% de desconto
50% desconto
30% de desconto
50% de desconto
Gire e ganhe desconto no ingresso
Digite seu endereço de e-mail e gire a roda. Esta é sua chance de ganhar descontos incríveis!

Escolha a cidade para o desconto!

Regras:
  • Uma chance por email
  • Não acumula para outra cidade
  • Enquanto durarem os ingressos free.