Como vender no Walmart
7 dicas para gerenciar loja online em poucas horas do dia

É possível abrir uma empresa e ter um emprego formal? Leia e descubra!

Publicado em: • Última Atualização:

O forte desejo de abrir uma empresa vem ganhando espaço diante de sonhos como “encontrar um trabalho estável” ou “trabalhar em uma empresa de sucesso”. No entanto, muitas pessoas ainda não podem ou não estão prontas para largar tudo e investir exclusivamente em um novo negócio.

E é aí que as coisas se tornam mais difíceis, porque enquanto o mercado nos recomenda a não esperar para tirar sonhos do papel, a realidade nos mostra que se dividir entre trabalhar e empreender, simultaneamente, é uma missão quase impossível.

Se você também vive este dilema, reunimos 8 dicas para conciliar um negócio sem abrir mão do seu emprego. Confira!

1. Trace um plano de negócios realista

Um negócio não nasce do nada. É preciso fazer pesquisas de mercado, definir o capital disponível para investir em produtos e fornecedores, e assim por diante. E isso exige um plano de negócios estruturado e realista.

Ele deve conter informações completas sobre o tipo de empresa que você deseja criar, suas metas, ferramentas disponíveis para alcançá-las, público-alvo e concorrentes que já oferecem o mesmo que você.

A medida que a sua empresa for crescendo é bem provável que esse plano também mude. O mais importante é não dar o primeiro passo sem ele. Caso você não saiba por onde começar, a internet oferece modelos gratuitos e o mercado conta com consultorias especializadas que podem te ajudar.

2. Dê preferência a um negócio online

Estar em dois lugares ao mesmo tempo é impossível quando você já tem um trabalho e quer abrir uma empresa. Para resolver esse impasse o melhor caminho é investir em um negócio online, como um e-commerce, por exemplo.

De acordo com dados do Sebrae, os segmentos de vestuário, alimentos, bebidas e serviços especializados serão os nichos mais promissores neste ano.

Por meio do computador ou do smartphone é possível controlar todo o seu funcionamento, de qualquer lugar e a qualquer hora, com mais flexibilidade para resolver problemas e atender aos clientes.

3. Tenha um planejamento diário bem-feito

Um dos maiores problemas em trabalhar e empreender é a falta de tempo. Quando você se dedica inteiramente ao seu negócio, por exemplo, é muito mais fácil resolver qualquer situação assim que ela surge. Mas quem tem um emprego precisa esperar até fim do expediente ou finais de semana.

Para evitar esse cenário é essencial se planejar muito bem. Crie diariamente uma lista de tarefas — com prazos e horários específicos — e mantenha separado o que precisa ser feito em seu emprego e na sua empresa. Essa organização deixará as coisas mais fáceis para o dia a dia e reduzirá as possibilidades de que algo dê errado.

4. Domine os conhecimentos necessários

Antes de abrir uma empresa busque todo o conhecimento necessário para garantir a sua sobrevivência no mercado.Dentre os assuntos mais indicados estão: noções de administração, gestão de pessoas, controle de finanças, design e tecnologia, além de temas específicos da sua área de atuação.

Quem quer trabalhar com vestuário por exemplo, precisa saber o que é tendência e o que está “fora de moda”. E nem é preciso fazer uma graduação ou se tornar um especialista para isso.

No mercado já são oferecidos diversos cursos de curta duração, informações relevantes e material de formação empreendedora, que darão a base necessária para administrar um negócio. Muitos deles gratuitos e online.

Se você sabe o que está fazendo e já criou uma estrutura sólida para o seu negócio será mais fácil conciliar outras atividades com a gestão dele, vender mais, além de resolver os problemas do dia a dia sem perder a cabeça e comprometer o seu trabalho atual.

5. Evite misturar finanças

Para não comprometer as finanças pessoais com o capital que você precisa ter disponível para repor estoque, pagar fornecedores e investir em melhorias na sua empresa, é importante não misturar finanças. Sem equilíbrio você pode ver o seu salário ir embora e se afogar em um mar de dívidas.

O primeiro passo é analisar a sua situação financeira atual e determinar quanto é necessário para fazer o negócio prosperar. Com esse planejamento em mente invista em estratégias de gestão que te ajudem a poupar para o seu empreendimento, sem abrir mão dos gastos diários: aluguel, alimentação, transporte e contas a pagar.

6. Delegue responsabilidades quando necessário

Por causa do seu emprego você não estará inteiramente disponível para o seu negócio. Por isso, talvez seja necessário delegar responsabilidades e terceirizar tarefas a amigos, familiares e funcionários.

Monopolizar todas as responsabilidades pode tornar o seu dia a dia mais exaustivo e diminuir a qualidade do que está sendo feito.

Outra questão importante é que você não é um especialista em todos os assuntos necessários para fazer a empresa crescer e terá que contar com a ajuda de outros profissionais.

Eles podem atuar na prestação de consultorias, na realização de serviços ou na reparação da infraestrutura do seu negócio — algo muito comum para quem atua em ambientes virtuais, por exemplo.

7. Revise as suas metas diariamente

Ter um emprego e abrir uma empresa ao mesmo tempo é uma tarefa que exige muita motivação. É inevitável não pensar em desistir no meio do caminho e continuar na mesma situação em que está, por isso renove e se conecte com suas metas diariamente.

O que você busca ao ter um negócio próprio? Se livrar de um chefe ditador, ter estabilidade financeira, se expressar criativamente, ajudar outras pessoas ou ter tempo livre para viver melhor?

Não importa o que seja, tenha esses objetivos sempre bem definidos e tire uns minutos do dia para pensar em como eles são importantes para você e sua qualidade de vida.

Com o passar do tempo isso trará a motivação necessária para superar qualquer dificuldade que você venha a encontrar e para te ajudar a entender que todo esforço vale a pena.

8. Busque atividades que renovem a sua disposição

Não adianta tentar abraçar o mundo com as mãos e comprometer sua saúde e equilíbrio pessoal. Todo mundo precisa de momentos de descanso e tempo para fazer atividades físicas, ler, sair para dançar, jantar com a família ou ir ao cinema.

Mesmo parecendo uma perda de tempo diante da loucura do seu dia a dia, são eles que trarão a disposição necessária para que você continue dando o seu melhor.

E então, ficou mais fácil abrir uma empresa? Então, que tal compartilhar este artigo com os amigos nas redes sociais? Ajude outras pessoas a também tirarem sonhos do papel!

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

É possível abrir uma empresa e ter um emprego formal? Leia e descubra!
Avalie esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *