Passo a passo: montando um e-commerce automotivo de sucesso
Planejamento empresarial: saiba como fazer para um negócio online

8 técnicas de vendas para colocar em prática no e-commerce

Publicado em: • Última Atualização:

Assim como existem diversas técnicas de vendas que podem ser colocadas em prática no mundo offline, também há táticas online que, quando aplicadas adequadamente, ajudam a aumentar as vendas do e-commerce e a fidelizar os clientes.

A seguir, abordaremos 8 estratégias e explicaremos como elas funcionam, para que você consiga melhorar os resultados da sua loja virtual. Quer saber quais são elas e como vão contribuir para o seu negócio? Continue conosco e confira agora mesmo!

1. Chat online

O atendimento ao cliente é uma das principais formas de conseguir reter os consumidores e criar uma boa imagem no mercado. Para garantir um bom relacionamento é interessante disponibilizar um chat no site para que o público consiga tirar dúvidas sobre os produtos e o processo de compra, por exemplo.

Com isso, diminui-se a quantidade de incertezas — que também influenciam no índice de abandono de carrinho. Além disso, a ferramenta garante uma experiência direta e em tempo real, tornando o contato entre empresa e cliente mais próximo e pessoal. Esses fatores deixam o consumidor mais seguro e inclinado a realizar a compra.

2. Campanhas personalizadas

Você pode segmentar seus clientes em grupos de acordo com características semelhantes — idade, ocupação, renda, faixa etária, localização, entre outras — e os hábitos de consumo. Um bom exemplo disso é criar categorias como:

  • clientes que compram regularmente;
  • clientes que geram um ticket maior que R$ “X”;
  • clientes inativos por mais de 1 ano.

Essa classificação ajuda a otimizar a comunicação e personalizá-la, criando campanhas direcionadas para cada grupo e ​melhorando a promoção dos produtos no site. Com a estratégia, aumenta-se as chances de atrair o público desejado e alavancar as vendas.

3. Programa de fidelização

Um dos principais desafios das empresas é conseguir fidelizar os clientes. Para que isso se torne possível, é necessário investir na satisfação do público e encantá-lo, de forma que as pessoas pensem em comprar novamente em outras oportunidades.

Investir em recursos que contribuem para atrair novos consumidores é fundamental, mas deve haver um equilíbrio entre conquistar e reter — já que a fidelização é menos custosa.

Assim, com os programas adequados, cria-se condições para que os clientes voltem a comprar na sua loja online, aumentando as vendas sem ampliar consideravelmente os investimentos. Para isso, deve-se gerar a ideia de valor, o que pode ser feito de algumas formas, como:

  • ganho de pontos por cada compra efetuada (que podem ser trocados por descontos ou produtos);
  • condições especiais para consumidores frequentes (como extensão de garantia e descontos diferenciados);
  • pacotes de benefícios de acordo com o tempo de permanência do cliente.

4. E-mail marketing

O e-mail marketing é uma excelente estratégia para manter contato com os compradores e atrair a atenção deles para o que está sendo divulgado. Também é muito utilizado para tentar recuperar o abandono de carrinho, reconquistar um cliente inativo e fazer a promoção de alguns produtos.

Para isso, o ideal é que eles sejam personalizados de acordo com o perfil do comprador e, de preferência, automáticos. O objetivo é superar os obstáculos que impediram o consumidor de finalizar a compra e alavancar o faturamento com a apresentação de itens em oferta — que sejam do interesse do cliente em questão.

5. Cross selling

O cross selling é uma técnica utilizada pelas lojas virtuais e físicas para tentar aumentar o ticket médio. Consiste em oferecer produtos relacionados aos que estão sendo comprados.

Para isso, alguns e-commerces criam kits com itens semelhantes (oferecendo descontos na compra conjunta) ou apenas fazem a sugestão de outra mercadoria. Por exemplo: ofertar um mouse para completar a compra de um computador.

Assim, muitas lojas utilizam expressões como “produtos recomendados”, “pessoas que viram isso também viram” e “outros produtos que você pode gostar”. Porém, é preciso entender as necessidades do cliente e atendê-las por meio das sugestões. E lembre-se: não ofereça muitos produtos ao mesmo tempo nem utilize a prática como um recurso para diminuir o nível do estoque.

6. Up selling

O up selling também é uma técnica de venda voltada para aumentar o ticket médio e a lucratividade das vendas. Consiste em oferecer adicionais para melhorar a compra — que podem ser serviços, extensão de garantia ou um produto melhor, por exemplo. Na prática, a estratégia dos fast-foods de oferecer mais batata frita por R$ 1 ilustra muito bem como funciona o up selling.

Apesar de ser vantajoso, ele deve ser usado com cuidado. É preciso entender o que os clientes buscam para só então oferecer as opções adicionais. Se usado sem critério, ele pode transmitir a sensação de que a loja quer empurrar itens que o consumidor não precisa ou não quer — gerando uma imagem negativa.

7. Recuperação de carrinho

O abandono de carrinho deve ser monitorado e analisado, a fim de identificar as possíveis causas e o que pode ser feito para corrigi-las. Entre os principais motivos estão o valor do frete, o prazo para entrega e a dificuldade em realizar o pagamento.

Para resolver parte do problema, envie notificações via e-mail lembrando o cliente de que o processo de compra ficou parado no meio do caminho. Com isso, ele pode se sentir motivado a adquirir o item. Para facilitar ainda mais a finalização, inclua um link direto para o carrinho.

Lembre-se de mandar mensagens personalizadas, incluindo o nome, as opções de entrega e formas de pagamento disponíveis. Uma boa aposta para aumentar as chances de conversão é oferecer descontos — caso seja possível, é claro.

8. Aviso de produto disponível

Adote esse recurso em seu site para informar ao comprador que um produto pesquisado já está disponível. É uma técnica que visa aumentar as conversões e melhorar o relacionamento com o cliente — pois mostra preocupação e transmite confiabilidade.

Vale destacar que quando um produto não estiver no estoque o botão de comprar não deve aparecer na tela — para evitar o constrangimento de vender um item que não será entregue no prazo informado. No lugar dele, insira um campo para que o consumidor possa informar o e-mail para o qual o aviso será enviado.

No artigo de hoje, apresentamos as principais técnicas de vendas existentes. Porém, há diversas opções que podem ser aplicadas no seu e-commerce e que vão ajudar a aumentar o faturamento e melhorar a relação com seus clientes.

Gostou das nossas sugestões? Então compartilhe este post em suas redes sociais e deixe que mais pessoas tomem conhecimento dessas técnicas!

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

8 técnicas de vendas para colocar em prática no e-commerce
Avalie esse artigo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10% de desconto
50% de desconto
10% de desconto
30% de desconto
20% de desconto
30% desconto
50% de desconto
20% de desconto
30% de desconto
50% desconto
30% de desconto
50% de desconto
Gire e ganhe desconto no ingresso
Digite seu endereço de e-mail e gire a roda. Esta é sua chance de ganhar descontos incríveis!

Escolha a cidade para o desconto!

Regras:
  • Uma chance por email
  • Não acumula para outra cidade
  • Enquanto durarem os ingressos free.