70% das grandes marcas estarão dentro do Metaverso em cinco anos, aponta pesquisa

Lançado há pouco tempo, o metaverso é promissor para os e-commerces. Entenda tudo sobre esse universo de realidade aumentada, grande tendência para 2022.

Um estudo realizado pela Wildbytes acredita que dentro de cinco anos, cerca de 70% das grandes marcas estarão presentes no Metaverso.

Uma forte tendência para 2022, o Metaverso vem ganhando espaço no meio digital e muitos especialistas acreditam que essa será a “nova internet”.

O que trará impacto em tudo que conhecemos hoje, e claro, atingirá também o mundo do e-commerce.

Afinal o que é Metaverso? 

O projeto, que antes parecia algo muito futurista encontrado apenas em filmes de ficção científica, promete ser, de forma simplificada, um espaço virtual compartilhado de realidade aumentada.

Ou seja, algo bem semelhante ao que já conhecemos nos jogos de videogames, por exemplo com avatares interagindo entre si, porém algo muito mais grandioso e completo.

De que forma o Metaverso irá impactar o e-commerce?

Os estudos são recentes, mas especialistas acreditam que o Metaverso terá espaço para as mais diversas marcas.

Hoje, quem mais aposta nele são os setores de entretenimento, videogames e vestuário.

Aliás, o setor de moda tem investido de forma pesada no novo conceito e por isso tem passado por uma grande revolução.

Confira também: Guia completo para planejar sua loja virtual de moda!

Seu investimento em tecnologia para melhor atender as necessidades dos clientes online tem sido impressionante.

Já houve até mesmo, a criação de peças de vestuário que só podem ser usadas em ambientes virtuais, como explica Julio Obelleiro, CEO da Wildbytes.

“O mundo da moda está vivendo uma revolução histórica, tanto em termos de impacto econômico como de experiências geradas e de psicologia associada.

“ O valor das peças digitais que só podem ser usadas em ambientes virtuais, por exemplo, já estão ultrapassando o valor de peças físicas em muitos casos“, afirma o CEO.

É importante destacar também, que setores como o de beleza e automóvel, por exemplo, também possuem marcas avançando dentro desta ideia.

Eles estão começando a explorar as diferentes possibilidades dentro do Metaverso, então isto é apenas o começo.

Confira estas informações em: Wildbytes.

Não há comentários ainda. Seja o primeiro a escrever um.

Deixe seu comentário