6 dicas para não errar na escolha da sua agência de marketing digital!

Com inúmeras opções no mercado, a contratação de uma agência de marketing digital pode parecer relativamente simples. No entanto, se você não […]

Com inúmeras opções no mercado, a contratação de uma agência de marketing digital pode parecer relativamente simples. No entanto, se você não souber exatamente o que precisa, algumas agências podem conduzir e manipular a negociação (geralmente a favor delas).

A escolha do parceiro digital certo é crucial para seus resultados — já o errado pode drenar seu orçamento e impactar negativamente a marca. Descubra a seguir as estratégias recomendadas para proteger sua empresa e encontrar a agência perfeita!

A importância de uma agência de marketing digital

As companhias de marketing ajudam empresas a melhorar seus resultados comerciais, seja com análises e consultoria ou tarefas práticas, como gerenciamento de campanhas e criação de conteúdos.

Em geral, as agências consistem em um grupo de pessoas com habilidades complementares para garantir a máxima performance em cada caso. Você pode contar com especialistas em:

  • marketing de conteúdo;
  • lojas virtuais e marketplaces;
  • anúncios pagos;
  • tráfego orgânico (SEO);
  • redes sociais;
  • e-mail marketing.

Diferentes tipos de empresas podem se beneficiar desse serviço. Se você está começando um novo negócio, pode descobrir as melhores práticas e economizar com tentativas e erros, mas se você já possui uma empresa, pode acelerar seu crescimento ao corrigir e automatizar seu marketing.

Uns dos principais motivos para terceirizar a operação é o fato de ser mais econômico e, em muitos casos, é a única forma de acesso a serviços profissionais para pequenas empresas. Uma equipe interna, instalações, sistemas, treinamentos e benefícios podem consumir seu orçamento de marketing.

Uma boa agência investe muito tempo estudando e entendendo os valores da empresa. Em seguida, ela desenvolve estratégias personalizadas, que não apenas promovem o valor de sua marca, mas também ajudam a construir uma base sólida de clientes fiéis.

Algumas empresas de marketing oferecem serviços específicos, como telemarketing ou pesquisa de mercado. Você também pode contratar consultores individuais ou freelancers com habilidades especializadas para planejar e gerenciar projetos.

6 dicas para não errar na contratação

O comércio eletrônico é uma das indústrias mais competitivas. Não importa o que você esteja vendendo, a concorrência é acirrada e sua empresa precisa de um plano de marketing sólido para se destacar e obter tráfego.

Muitos empresários não possuem experiência (ou tempo) para gerenciar campanhas e criar conteúdos, e as agências surgiram para suprir essa necessidade. Veja agora como escolher a sua!

1. Entenda suas necessidades e seu orçamento

O primeiro passo no processo é entender seus objetivos. Quanto melhor você descrever suas necessidades de negócios em termos de site, SEO, publicidade, mídias sociais e design gráfico, melhores serão suas conversas com os possíveis parceiros.

Você também deve entender sobre seu orçamento e o quanto está disposto a investir. Um bom profissional de marketing deve trabalhar com qualquer orçamento razoável e definir suas expectativas de acordo.

Por exemplo, um restaurante pode ter um grande trabalho nas mídias sociais e não muita publicidade, enquanto uma empresa de encanamento, normalmente, gasta muito em publicidade e tem baixa necessidade de mídia social.

2. Exija total transparência

A transparência é um dos pontos mais negligenciados. Analise o site da agência, procure por endereços comerciais, especializações, lista de clientes etc.

Se a empresa parece estar escondendo algo, provavelmente está. Entrar em contato com algum cliente da agência é a forma mais fácil de eliminar qualquer dúvida (e desconfiança). Em poucos minutos de conversa, você terá todas as informações necessárias. Procure também por avaliações nas redes sociais e em sites como Reclame Aqui.

A transparência total deve ser o primeiro critério ao escolher um parceiro para o seu negócio. E isso deve continuar após a contratação: exija sempre um relatório mensal sobre todas as campanhas e investimentos.

3. Verifique a credibilidade

Ao avaliar a credibilidade da empresa de marketing, verifique se ela apresenta os mesmos resultados que vende:

  • O site é profissional, com bom visual e navegação?
  • Ele está bem posicionado no Google?
  • As redes sociais são alimentadas com conteúdos de qualidade?
  • Os seguidores são engajados?
  • Você descobriu a agência por um anúncio bem elaborado?

A lógica é simples: se todos os pontos de marketing da empresa são incríveis, você também pode esperar (e cobrar) os mesmos resultados.

4. Analise a experiência no setor

Cada segmento apresenta suas particularidades. Verifique se a agência tem experiência em seu setor. Se sim, analise os resultados obtidos e se as condições são semelhantes (orçamento, região, persona, concorrentes etc.).

Uma dica importante: não tome sua decisão com base apenas no volume de clientes. Algumas companhias de marketing criam métodos padronizados para escalar sua atuação, e isso pode reduzir os custos do serviço, mas prejudica todos os envolvidos. Cada empresa precisa de uma estratégia única e dinâmica.

5. Considere o lado técnico

Há um outro fator importante que geralmente é esquecido: a experiência técnica. Compreender as tecnologias e ferramentas de desenvolvimento de sites é fundamental para qualquer estratégia de marketing. De nada adianta atrair tráfego qualificado se o site é lento, oferece recursos limitados ou um layout dos anos 90.

O site é seu principal ponto de contato, em poucos segundos o cliente decide se é um local confiável ou não. Qualquer barreira na navegação reduz suas conversões, ou seja, seu investimento em marketing está sendo desperdiçado. A experiência mobile também deve ser considerada com recursos nativos para cada dispositivo.

Prefira uma agência que ofereça suporte para todas essas necessidades.

6. Equilibre os custos

Contratar uma agência é apenas uma parcela dos custos, já que os maiores investimentos ainda estão em campanhas no Google, Facebook, YouTube, parcerias com influencers etc. O preço da empresa de marketing não deve consumir a maior parte do seu orçamento.

Mas tome cuidado para não colocar muita ênfase nos preços, pois isso pode afastar você de empresas de qualidade. O segredo está em equilibrar os gastos com operação e anúncios para garantir a máxima performance.

Diferente de lojas físicas, um site não recebe tráfego sem algum trabalho de marketing. Em troca da economia com aluguel, você precisa alocar esse investimento para divulgações. As agências de marketing digital vêm para otimizar suas campanhas e direcionar esforços para ações efetivas de longo prazo.

Não importa se for uma grande empresa com centenas de profissionais ou uma pequena equipe especializada: se a agência de marketing digital pode alcançar seu público-alvo e convertê-lo em clientes, o investimento será uma decisão comercial inteligente.

Seu site é capaz de aproveitar 100% do tráfego recebido? Veja agora como identificar uma boa plataforma de e-commerce!

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário