Saiba como vender produtos importados online em 6 passos
Como o design da loja online impacta na conversão?

5 vantagens de optar pelo dropshipping em uma loja online

Publicado em: • Última Atualização:

Alcançar diferenciais competitivos que tornem a loja online mais atraente para os consumidores é um desafio constante, que exige atenção máxima sobre as tendências do e-commerce. O dropshipping, por exemplo, é uma alternativa que vem ganhando cada vez mais adesão no mercado. Mas você sabe exatamente do que se trata e quando ele é realmente vantajoso? A seguir, vamos explicar tudo isso e muito mais. Então continue conosco!

O que é dropshipping?

O dropshipping é uma prática que consiste em enviar as mercadorias do fornecedor do e-commerce diretamente para o cliente que fez a compra na loja virtual. Nesse caso, portanto, o lojista não precisa ter um estoque próprio, pois atua basicamente como um intermediador entre público e empresa fornecedora.

Com a solução, a loja virtual passa a receber os pedidos de compra dos clientes e encaminhá-los diretamente para o fornecedor parceiro, que é quem efetivamente cuidará das etapas de separação e envio do pedido ao consumidor.

A estratégia possui bastante adesão entre empreendedores individuais que atuam com marketplaces. Mas esse recurso também pode se mostrar bastante eficaz para lojas que estão no processo de consolidação de uma expansão online, viu?

É importante destacar, entretanto, que nesse tipo de estratégia o lojista continua como responsável pela venda, inclusive pelos problemas que possam vir a surgir. Após o despacho do produto feito pelo parceiro, o fornecedor encaminha para a loja virtual os dados de rastreio do pedido, ficando a cargo do lojista encaminhar essas informações para o cliente final.

Com essa opção de venda, o lucro do lojista se refere à diferença entre o preço do fornecedor e o disponível para o cliente. Vale destacar aqui que, devido à alta concorrência, a margem de lucro por venda costuma ser menor. Contudo, há também menos gastos relacionados com estoque, infraestrutura e logística, o que equilibra a balança.

Assista ao Escola Responde e veja mais dicas sobre Dropshipping :

 

Quais as vantagens da prática?

O dropshipping é indicado principalmente para pequenos empreendedores, quem ainda está começando a atuar com vendas online. De toda forma, empresas já mais consolidadas no meio físico, mas que estão buscando um posicionamento digital, podem sim se beneficiar da prática. Nesses casos, as principais vantagens estão associadas a uma maior disponibilidade de produtos no e-commerce e à redução de custos na área logística.

Continue acompanhando para conhecer as principais vantagens do dropshipping para o e-commerce!

1. Relação entre custo e benefício

Como dissemos, o dropshipping gera uma margem menor para a loja vendedora. No entanto, permite economias em outras áreas, como logística e infraestrutura. Na soma das vantagens e desvantagens, o custo-benefício tende a ser positivo quando a estratégia é implantada corretamente. Um cenário em que essa prática pode se mostrar extremamente eficiente é para empresas que iniciaram no e-commerce, mas ainda não alcançaram os resultados desejados.

Algumas brechas do estoque podem ser complementadas com esse tipo de solução, atraindo clientes por determinados produtos e incentivando o aumento do ticket médio ou o retorno para compras futuras, por meio de uma estratégia de segmentação no e-mail marketing.

2. Ausência de estoque

A extinção do estoque: esse é um grande benefício gerado pelo dropshipping principalmente para lojistas que estão iniciando sua atuação online ou para aquelas empresas já consolidadas interessadas em diversificar sua atuação, mas que não podem fazer um investimento grande nessa expansão. Como a loja virtual atua apenas como uma mediadora entre cliente e fornecedor, o lojista não precisa armazenar nenhum produto internamente, facilitando o processo.

3. Variedade de produtos

Por não demandar que o lojista tenha um estoque físico ou sequer precise se preocupar com controles internos de estoque e logística, o dropshipping viabiliza que mais produtos sejam adicionados ao portfólio da loja virtual. Com isso, torna-se possível firmar parcerias com diversos fornecedores, aumentando as opções para os consumidores, atraindo um público mais amplo e fidelizando clientes.

Outro diferencial desse modelo é que o e-commerce não fica dependente do estoque. Assim, se uma mercadoria tem mais saída, mas a empresa só consegue armazenar 50 unidades por vez, recorrentemente precisa recusar vendas porque o produto está em falta, certo? O fluxo é, então, interrompido. Já com o dropshipping, a loja deixa de ter problemas de indisponibilidade, não perdendo vendas graças à sua limitação de espaço ou à falta de variedade do e-commerce.

4. Integração com a plataforma

A integração é um aspecto essencial para que lojas virtuais possam expandir suas vendas, mas, para isso, é preciso contar com ferramentas e plataformas específicas, propícias ao desenvolvimento do e-commerce, de forma a permitir a integração e a automatização de processos. No caso do dropshipping, a integração da loja virtual com marketplaces, aliada a um sistema de automatização, permite que, em vez de o lojista ter que encaminhar manualmente cada pedido feito, o próprio sistema efetue essas solicitações.

Toda essa facilidade faz com que o lojista consiga receber mais pedidos, demandando menos tempo em atividades operacionais. A agilidade para encaminhar o pedido para a transportadora é essencial para efetuar uma entrega dentro do prazo e de acordo com as expectativas do cliente.

As ferramentas de integração permitem gerenciar de forma prática e rápida todas as demandas associadas à loja virtual. No caso de e-commerce que opta pelo dropshipping, também é possível diminuir o ônus com atividades manuais, restando ao lojista ainda mais tempo para se dedicar a atividades estratégicas e à expansão do negócio.

5. Escalabilidade das vendas

Devido às facilidades proporcionadas pelo dropshipping, a escalada de vendas é agilizada. Imagine uma loja virtual que tem que gerenciar o próprio estoque, acompanhando etapas logísticas de despacho e entregas. Nesse caso, o gestor deve ter um bom controle da quantidade de vendas para que não extrapole as capacidades estruturais da loja. Já para e-commerces que atuam com dropshipping, a margem para a escalabilidade das vendas é muito maior, pois o trabalho não aumenta proporcionalmente ao volume de vendas. Assim, o lojista pode vender muito mais dedicando o mesmo tempo à loja virtual.

Essa facilidade também se estende às lojas que estão buscando uma consolidação no ambiente digital. Caso as vendas não tenham atingido o crescimento esperado, optar pelo dropshipping reduz os custos operacionais e ajuda a aumentar as vendas, tudo isso sem afetar a saúde financeira do negócio.

Quer conhecer outras estratégias que certamente o ajudarão a incrementar as vendas do seu e-commerce? Então siga nossas páginas nas redes sociais para receber novidades em primeira mão!

Ficou com alguma dúvida? Faça parte do nosso grupo no Facebook com especialistas em e-commerce e outros lojistas e envie sua pergunta.

Está pensando em criar uma loja virtual? Faça o teste e descubra se você está pronto!

5 vantagens de optar pelo dropshipping em uma loja online
Avalie esse artigo!

One thought on “5 vantagens de optar pelo dropshipping em uma loja online



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10% de desconto
50% de desconto
10% de desconto
30% de desconto
20% de desconto
30% desconto
50% de desconto
20% de desconto
30% de desconto
50% desconto
30% de desconto
50% de desconto
Gire e ganhe desconto no ingresso
Digite seu endereço de e-mail e gire a roda. Esta é sua chance de ganhar descontos incríveis!

Escolha a cidade para o desconto!

Regras:
  • Uma chance por email
  • Não acumula para outra cidade
  • Enquanto durarem os ingressos free.