Entenda a importância cada vez maior do ​Social Selling

O Social Selling, também conhecido como venda social, é o processo de criação de relacionamento e vendas a partir das redes sociais […]

O Social Selling, também conhecido como venda social, é o processo de criação de relacionamento e vendas a partir das redes sociais online. Hoje em dia, temos diversas plataformas disponíveis, entre elas as mais famosas: Facebook, Instagram, TikTok, LinkedIn e Twitter​. Se você não está em nenhuma delas, corre o risco de estar desconectado da realidade do mundo. 

As redes sociais são espaços de sociabilidade que respondem a uma demanda da contemporaneidade. As empresas estão nas redes para interagir com as pessoas e estabelecer relacionamento com o público, o que não significa que elas também não possam vender: elas podem, e muito! 

Na atualidade, as pessoas também estão nas redes para seguir e conhecer novas marcas, produtos e serviços; com isso, as empresas têm aproveitado essas novas dinâmicas para fazer os seus negócios por ali. Além da facilidade, isso também pode gerar engajamento e vendas, claro. 

A venda via redes sociais, não pode, no entanto, ser aquela de maneira tradicional, a do “direto ao ponto” O ambiente das redes sociais é diferente e precisa ser aproveitado em sua forma plena. Aproveitar a interatividade é a principal característica, porque, afinal, essa é sua principal potencialidade. Você está fazendo seu social selling da maneira correta? 

Uma das principais e mais importantes funções do Social Selling​, é fazer o lead evoluir no funil, mas elas também contribuem para pesquisar possível clientela, fazer análise de concorrência e vendas de maneira generalista. 

A partir de pesquisas realizadas pelo LinkedIn, sabemos que mais de 60% dos compradores estão conectados a vendedores que possuem a rede social como trampolim de oportunidades de produto. Segundo a mesma pesquisa, 48% deles já compraram algum serviço a partir de um produto que conheceram nas mídias online.

Qual é de fato a importância do Social Selling?

Se resgatarmos a história do sistema material em que vivemos, será fácil perceber que todo tipo de venda tem uma “relação social”, ou seja, a necessidade é um fenômeno anterior à solução. Faz sentido, então, que todas as vendas tenham esta característica, né? 

A diferença crucial do Social Selling é a possibilidade de fazer isso com a instantaneidade e velocidade das redes sociais digitais. Com elas, a forma de vender modificou-se, e sendo assim, a maneira de se relacionar: e aqui subentende-se a da marca com o cliente, mas também o cliente com a marca. 

Sendo assim, o Social Selling põe os vendedores próximos às pessoas quando elas estão à procura de soluções para posicioná-las para as vendagens. Unindo o útil ao agradável e sabendo das necessidades dos clientes em potenciais, os vendedores criam chances maiores e mais prováveis de fechar negócios.

Seja o primeiro a comentar

Deixe seu comentário